BLOG DE NOTICIAS DE SANTA CRUZ DE SALINAS

Notícias e Assuntos de Interesse da Cidade

Últimas notícias de SANTA CRUZ DE SALINAS MG:

Natan acredita que Santa Cruz está no caminho correto para o acesso à Série A em 2015


Renan Fonseca: 'A marcação do Santa Cruz começa no ataque'



ÔĽŅ Atl√©tico-GO pode ter at√© quatro mudan√ßas contra Boa-MG Além da derrota para o Santa Cruz, o Atlético-GO também perdeu dois dos seus principais jogadores por suspensão para o duelo contra o Boa Esporte-MG, nesta terça-feira, às 19h30 (de Brasília), no Serra Dourada. O lateral direito Jonas e o atacante ...
Ainda morna, Pingo cobra uma maior participa√ß√£o da torcida do Santa Cruz A partida contra o América-MG também aconteceu nos Aflitos, mas foi realizada com portões fechados por conta de uma punição aplicada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O Santa Cruz teria jogado em casa contra o Bragantino ...

Consiga um emprego AGORA MESMO em SANTA CRUZ DE SALINAS MG:

Empregos Manager Online
Santa Cruz e Ava√≠ carregam maior sequ√™ncia invicta do momento na S√©rie B Santa Cruz e Avaí se enfrentaram há 18ª rodada e ficaram no empate ... Agora, o defensor quer aproveitar o momento para embalar de vez na competição e espera conseguir mais um bom resultado contra o ABC, às 16h10 do próximo sábado, antes que ...

No Arruda, Santa Cruz vence Atl√©tico-GO por 2 a 0 e encerra primeiro turno com 27 pontos Nem perto de ser bonita ... Arcanjo (MG-Fifa) Jose Carlos Oliveira dos Santos (BA). Gols: Wescley (7’ do 1ºT) e Pingo (47’ do 2ºT). Cartões amarelos: Jonas e André Luis (Atlético - GO); Tony, Everton Sena e Sandro Manoel (Santa Cruz).
Santa Cruz em jogo de "seis pontos" O técnico Sérgio Guedes faz segredo sobre a escalação do time, tanto que realizou um treino fechado na tarde da quinta-feira (28), mas garante que o Santa Cruz será um time agressivo ... Assistentes: Janette Mara Arcanjo (Fifa/MG) e José Carlos ...

Tempo e Temperatura:

Ainda morna, Pingo cobra uma maior participa√ß√£o da torcida do Santa Cruz A partida contra o América-MG também aconteceu nos Aflitos, mas foi realizada com portões fechados por conta de uma punição aplicada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O Santa Cruz teria jogado em casa contra o Bragantino ...
Santa Cruz e Ava√≠ carregam maior sequ√™ncia invicta do momento na S√©rie B Santa Cruz e Avaí se enfrentaram há 18ª rodada e ficaram no empate ... Agora, o defensor quer aproveitar o momento para embalar de vez na competição e espera conseguir mais um bom resultado contra o ABC, às 16h10 do próximo sábado, antes que ...
Am√©rica-MG sofre, mas segue na lideran√ßa; Joinville vence e √© 2¬ļ na S√©rie B O América-MG empatou com o Sampaio ... No Estádio do Arruda, o Santa Cruz venceu o Atlético-GO por 2 a 0 e chegou aos 27 pontos ganhos. O gol foi marcado por Wescley, logo aos sete minutos do primeiro, após cruzamento de bola mal afastada pela zaga ...
Santa Cruz amarga prejuízos por ser "campeão" de empates na Série B Figurando na zona intermediária da tabela, os jogadores do Santa Cruz lamentam as perdas, que poderiam ter colocado o Tricolor no G-4. - Tivemos empates que poderíamos ter vencido. Contra Oeste e América-MG (ambos 1 a 1), tivemos muitas chances de ...
Natan acredita que Santa Cruz est√° no caminho correto para o acesso √† S√©rie A em 2015 Os cinco jogos sem perder do Santa Cruz já provaram que o time tem potencial para mudar de posição na tabela. Entrar no G4 não é um sonho, mas uma realidade palpável. Resta acabar evitar uma nova série de empates e não se acomodar. Ao menos esta é ...
Renan Fonseca: 'A marcação do Santa Cruz começa no ataque' Com o primeiro turno terminado na última rodada, o Santa Cruz está entre as defesas menos vazadas da competição, ao lado de América-MG, Vasco e Avaí. Para Renan, quanto mais jogos sem tomar gols, melhor para o time. "Temos que manter essa pegada ...
Atl√©tico-GO pode ter at√© quatro mudan√ßas contra Boa-MG Além da derrota para o Santa Cruz, o Atlético-GO também perdeu dois dos seus principais jogadores por suspensão para o duelo contra o Boa Esporte-MG, nesta terça-feira, às 19h30 (de Brasília), no Serra Dourada. O lateral direito Jonas e o atacante ...
Ainda morna, Pingo cobra uma maior participa√ß√£o da torcida do Santa Cruz A partida contra o América-MG também aconteceu nos Aflitos, mas foi realizada com portões fechados por conta de uma punição aplicada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O Santa Cruz teria jogado em casa contra o Bragantino ...
300x250 Santa Cruz empata em 0 a 0 com o Ava√≠ Assim, o empate do Santa Cruz com o Avaí em ... E o camisa 1 coral apareceu de forma decisiva no lance seguinte, num chute de Marquinhos. Estádio: Ressacada (Florianópolis-SC) . Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG). Assistentes: Marconi Vieira ... ÔĽŅ
MG: governo paga shows de marqueteiro tucano Gestores de hospitais de Salvador e municípios baianos se reúnem nesta terça-feira (2) com a candidata ao Governo do Estado,... Avião pega fogo ao cair em Curitiba: assista ao vídeo. O Portal G1, da Globo, divulgou nesta segunda-feira (1º) vídeo de ...
Padre é flagrado pelo 'Olho Vivo' em ato obsceno com mendigo em MG Um padre de 38 anos foi detido após ser flagrado pelo sistema de monitoramento 'Olho Vivo', da Polícia Militar, praticando atos obscenos com um morador de rua, no Centro de Montes Claros (MG), na madrugada desta segunda-feira (1º). Duas câmeras ...
Fora de casa, jogadores do Atl√©tico-MG consideram empate bom Atlético-MG e Coritiba fizeram um jogo fraco tecnicamente, mas os jogadores do Galo deixaram o gramado do Couto Pereira mais satisfeitos por terem empatado fora de casa em um dia que faltou futebol. O destaque do jogo foi o goleiro Victor que fez grandes ...
300x250 Museu re√ļne objetos pr√©-hist√≥ricos ind√≠genas encontrados em MG Público confere pinturas rupestres expostas no Museu Arqueológico do Carste do Alto São Francisco (Foto: MAC/Divulgaç&atild e;o) Um museu arqueológico localizado em Pains, no Centro-Oeste mineiro, reúne objetos e materiais produzidos por sociedades ...
Coritiba 0 x 0 Atl√©tico-MG: Times desperdi√ßam oportunidades e n√£o mexem no placar no Couto Pereira Coxa apertou, criou chances e parou nas defesas de Victor. Galo jogou mal o primeiro tempo, melhorou na etapa complementar, mas também não conseguiu marcar Em um jogo bastante movimentado na tarde domingo, Coritiba e Atlético-MG não saíram do zero, no ...
Jogadores do Am√©rica-MG festejam t√≠tulo da Ta√ßa BH de Futebol J√ļnior Os jogadores do América-MG comemoram muito o título da Taça BH de Futebol Júnior, conquistado sobre o Atlético-MG, após uma vitória de 3 a 2, de virada, na noite de sábado, no estádio Independência (veja os gols da partida no vídeo ao lado).
Am√©rica-MG vira sobre Atl√©tico-MG e conquista o segundo t√≠tulo da Ta√ßa BH O América-MG é o dono do Independência. Pelo menos, na decisão da Taça BH de Futebol Júnior, o Coelho fez valer o melhor futebol e sacramentou a condição de proprietário e mandante no estádio. O placar de 3 a 2 (veja os gols no vídeo ao lado ...

SANTA CRUZ DE SALINAS MG tspan:3m SANTA CRUZ DE SALINAS MG
Selecionamos as principais not√≠cias da cidade de SANTA CRUZ DE SALINAS MG. Os acontecimentos pol√≠ticos, acidentes de tr√Ęnsito nas rodovias, fatos do centro, dos bairros e do interior. Pesquisamos tamb√©m os jornais locais e as redes sociais, bem como o site da prefeitura.

O trabalho jornal√≠stico consiste em capta√ß√£o e tratamento escrito, oral, visual ou gr√°fico, da informa√ß√£o em qualquer uma de suas formas e variedades. O trabalho √© normalmente dividido em quatro etapas distintas, cada qual com suas fun√ß√Ķes e particularidades: pauta, apura√ß√£o, reda√ß√£o e edi√ß√£o.A pauta √© a sele√ß√£o dos assuntos que ser√£o abordados. √Č a etapa de escolha sobre quais ind√≠cios ou sugest√Ķes devem ser considerados para a publica√ß√£o final. A apura√ß√£o √© o processo de averiguar informa√ß√£o em estado bruto (dados, nomes, n√ļmeros etc.). A apura√ß√£o √© feita com documentos e pessoas que fornecem informa√ß√Ķes, chamadas de fontes. A intera√ß√£o de jornalistas com suas fontes envolve freq√ľentemente quest√Ķes de confidencialidade.A reda√ß√£o √© o tratamento das informa√ß√Ķes apuradas em forma de texto verbal. Pode resultar num texto para ser impresso (em jornais, revistas e sites) ou lido em voz alta (no r√°dio, na TV e no cinema). A edi√ß√£o √© a finaliza√ß√£o do material redigido em produto de comunica√ß√£o, hierarquizando e coordenando o conte√ļdo de informa√ß√Ķes na forma final em que ser√° apresentado. Muitas vezes, √© a edi√ß√£o que confere sentido geral √†s informa√ß√Ķes coletadas nas etapas anteriores. No jornalismo impresso (jornais e revistas), a edi√ß√£o consiste em revisar e cortar textos de acordo com o espa√ßo de impress√£o pr√©-definido. A diagrama√ß√£o √© a disposi√ß√£o gr√°fica do conte√ļdo e faz parte da edi√ß√£o de impressos. No radiojornalismo, editar significa cortar e justapor trechos sonoros junto a textos de locu√ß√£o, o que no telejornalismo ganha o adicional da edi√ß√£o de imagens em movimento.

Tags: √öltimas Not√≠cias, SANTA CRUZ DE SALINAS MG, Cidade, Interior, Segunda, Ter√ßa, Quarta, Quinta, Sexta, S√°bado, Domingo, Carro, Elei√ß√Ķes, Crime, Estrada, Rodovia, Acesso, Greve, Elei√ß√Ķes, Festa, Granizo, Chuva, Enchente,Anivers√°rio, Pr√™mio, M√™s, Fim de Semana, Hoje, Ontem, Anteontem, Hora, Pouco Tempo, Agora h√° Pouco, Mulher, Homem, Fam√≠lia, Crian√ßa, Portal,Pessoas, Como saber, Onde eu Acho, Site, Blog, Di√°rio,Protesto,Inaugura√ß√£o, Cassa√ß√£o, Cassado, Show, Apresenta√ß√£o, Espet√°culo, Fotos, V√≠deos, Imagens, Previs√£o, Caminh√£o, V√≠timas, Situa√ß√£o, Oposi√ß√£o, Elei√ß√Ķes, Enquete, Votos, Apura√ß√£o, Tr√Ęnsito, Opera√ß√£o, PF, Delegacia, Praia, Localidade, Animais, Ver Fotos.

Como fazer para registrar um boletim de ocorrência em Minas?

1. O que é a Delegacia Virtual?

A Delegacia Virtual √© um servi√ßo de solicita√ß√£o de registros de ocorr√™ncia disponibilizado ao cidad√£o pela internet.  

2. Quais são os tipos de ocorrências cujo registro pode ser solicitado pela Delegacia Virtual?

Atualmente √© poss√≠vel solicitar o registro de ocorr√™ncia para a natureza de Acidente de Tr√Ęnsito Sem V√≠tima e Perda de Documentos e Objetos Pessoais. Em breve tamb√©m ser√£o disponibilizadas as seguintes naturezas: Pessoa Localizada, Pessoa Desaparecida e Danos.  

3. O que é preciso para solicitar um registro de ocorrência pela Delegacia Virtual?

Para solicitar um registro de ocorr√™ncia pela Delegacia Virtual √© preciso, no m√≠nimo, fornecer as seguintes comunica√ß√Ķes do solicitante: Nome Completo, Documento de Identidade, Passaporte ou RNE, Data De Nascimento, Escolaridade, Sexo, Estado Civil, Nacionalidade, Endere√ßo Completo, Telefone Celular e E-mail. Os demais dados solicitados v√£o depender do tipo da ocorr√™ncia.  

4. A solicitação de registro pela Delegacia Virtual tem o mesmo valor que o registro feito presencialmente em uma Unidade Policial?

Sim. A sua solicita√ß√£o ser√° analisada por uma equipe da Delegacia Virtual e, assim que for validada, torna-se um Boletim de Ocorr√™ncia e possui o mesmo valor que um registro realizado presencialmente em uma Unidade Policial.  

5. Por que é necessário comunicar o e-mail e telefone celular para solicitar um registro de ocorrência na Delegacia Virtual?

√Č necess√°rio fornecer um e-mail e telefone celular para confirmar a autoria do registro ap√≥s a valida√ß√£o de preenchimento das comunica√ß√Ķes da Solicita√ß√£o de Registro de Ocorr√™ncia, visando evitar fraudes.  

6. Como fazer uma solicitação de registro por meio da Delegacia Virtual?

A solicita√ß√£o de registro deve ser iniciada pela escolha do tipo da ocorr√™ncia na p√°gina inicial da Delegacia Virtual. Os procedimentos de registro de comunica√ß√Ķes pessoais e da ocorr√™ncia buscam ser de f√°cil compreens√£o. Ser√° disponibilizado ainda um manual andamento a andamento¬†clicando aqui.  

7. Em qual horário posso solicitar o registro de uma ocorrência na Delegacia Virtual?

A solicita√ß√£o pode ser realizada na Delegacia Virtual, pela internet, 24 horas por dia.  

8. A solicitação de registro de ocorrência pela Delegacia Virtual pode não ser validada?

Caso a equipe da Delegacia Virtual verifique que os dados comunicados n√£o conferem com as comunica√ß√Ķes cadastradas nos sistemas de comunica√ß√Ķes policiais ou se as comunica√ß√Ķes sobre a natureza da ocorr√™ncia solicitada n√£o forem compat√≠veis para atendimento na Delegacia Virtual, a solicita√ß√£o n√£o ser√° validada, portanto n√£o haver√° o registro da ocorr√™ncia. Nestas situa√ß√Ķes o Solicitante dever√° verificar as pend√™ncias para que o registro possa ser confirmado.  

9. Outras naturezas de registros tais como furto ou roubo, podem ser registradas na Delegacia Virtual?

N√£o. Estes registros dever√£o ser realizados junto √†s Unidades Policias Civil e Militar, indicadas no portal da Delegacia Virtual.  

10. √Č poss√≠vel fazer uma den√ļncia an√īnima no site da Delegacia Virtual?

N√£o. As den√ļncias an√īnimas dever√£o ser comunicadas atrav√©s do Disque Den√ļncia, pelo telefone 181. Se voc√™ tem conhecimento de algum crime que esteja sendo praticado e que ainda n√£o foi denunciado, fa√ßa a sua parte, denuncie.  

11. Menores de 18 anos podem solicitar um registro de ocorrência pela Delegacia Virtual?

N√£o. Para solicitar um registro de ocorr√™ncia, √© obrigat√≥rio que o solicitante seja maior de 18 anos de idade. Caso o fato tenha ocorrido com um menor de 18 anos, √© preciso que o respons√°vel legal fa√ßa o registro.  

12. √Č poss√≠vel um terceiro, parente, amigo ou interessado solicitar o registro de uma ocorr√™ncia via Delegacia Virtual?

N√£o. A Solicita√ß√£o de Ocorr√™ncia dever ser feita pelo pr√≥prio solicitante ou seu representante legal.  

13. Posso modificar a minha solicitação de registro criada na Delegacia Virtual após tê-la finalizado no sistema?

Sim, caso a solicita√ß√£o ainda n√£o tenha sido validada pela equipe da Delegacia Virtual, o solicitante poder√° alter√°-la. √Č poss√≠vel verificar a situa√ß√£o da solicita√ß√£o por meio da consulta do¬†link  

14. Ao finalizar a solicitação de registro, posso imprimir o Boletim de Ocorrência?

A impress√£o do Boletim Eletr√īnico de Ocorr√™ncia/REDS - Registro de Evento de Defesa Social somente poder√° ser realizada ap√≥s sua valida√ß√£o pela equipe da Delegacia Virtual, que comunicar√° o solicitante pelo e-mail comunicado no periodo de a solicita√ß√£o do registro. √Č poss√≠vel verificar a situa√ß√£o da solicita√ß√£o por meio da consulta do link (adicionar link).  

15. Em quanto tempo estar√° finalizado o meu Boletim Eletr√īnico de Ocorr√™ncia ou REDS - Registro de Evento de Defesa Social?

Assim que a solicita√ß√£o de registro de Boletim de Ocorr√™ncia for validada, ser√° enviado um e-mail comunicando sua disponibiliza√ß√£o.  

16. Em caso de não recebimento da validação da solicitação de registro da ocorrência via email, como devo proceder?

Primeiramente, verifique em seu email se a mensagem n√£o foi direcionada como lixo eletr√īnico ou "spam". Caso n√£o tenha sido, entre em contato com a equipe da Delegacia Virtual pela op√ß√£o¬†"Fale Conosco"¬†e relate o problema.  

17. Que tipo de acidente de tr√Ęnsito pode ser registrado na Delegacia Virtual?

Na Delegacia Virtual, somente √© poss√≠vel registrar acidentes de tr√Ęnsito sem v√≠timas. As demais ocorr√™ncias que envolverem v√≠timas, ainda que seja o pr√≥prio condutor, dever√£o ser realizadas em uma unidade da Pol√≠cia Civil ou da Pol√≠cia Militar.  

18. Não possuo ou perdi meu telefone celular. Para criar uma solicitação de registro na Delegacia Virtual, como proceder?

Voc√™ deve fornecer o celular, preferencialmente, de uma pessoa com quem conviva, ou de uma pessoa pr√≥xima que possa receber o SMS e comunicar o c√≥digo de verifica√ß√£o (token) recebido.  

19. Qual a diferença entre a Solicitação de Registro de Ocorrência e o Boletim de Ocorrência?

A Solicita√ß√£o de Registro de Ocorr√™ncia precede o Boletim de Ocorr√™ncia e ainda n√£o possui validade legal. Ap√≥s a an√°lise e valida√ß√£o pela equipe da Delegacia Virtual, a solicita√ß√£o se torna um Boletim de Ocorr√™ncia e passa a ter a mesma validade de um registro realizado em uma Unidade Policial.  

20. Recebi um e-mail de validação da minha Solicitação de Ocorrência, com a qual eu não concordo ou fui mal entendido. Como proceder?

Nesses casos, compare√ßa a uma Unidade Policial com o n√ļmero de protocolo da Solicita√ß√£o de Ocorr√™ncia em quest√£o.  

21. Fiz a Solicitação de ocorrência na Delegacia Virtual, mas também pretendo fazê-lo na Unidade Física. Isso é possível?

A Delegacia Virtual √© uma alternativa de solicita√ß√£o de registro, n√£o h√° necessidade de buscar uma Delegacia F√≠sica para o registro da ocorr√™ncia, pois esta ser√° disponibilizada via e-mail ao solicitante.  

22. Não quero abrir uma Solicitação de Ocorrência na Delegacia Virtual. Posso ir a uma Unidade Policial?

Sim. O Portal da Delegacia Virtual disponibiliza uma lista com as unidades policiais de cada localidade, caso o cidad√£o opte por fazer o relato presencial.  

23. Sou de outro estado ou de outro país. Posso abrir uma Solicitação de Ocorrência na Delegacia Virtual de Minas Gerais?

Sim, desde que o fato a ser registrado tenha acontecido no Estado de Minas Gerais e o solicitante tenha os dados necess√°rios para realizar a solicita√ß√£o.  

24. Desejo dar uma sugest√£o, fazer uma cr√≠tica ou retirar uma d√ļvida sobre a Delegacia Virtual, como proceder?

Entre em contato com a equipe da Delegacia Virtual pela op√ß√£o¬†"Fale Conosco"¬†e registre a d√ļvida, cr√≠tica ou sugest√£o.  

25. Perdi meu Protocolo de Solicitação de Ocorrência. Como consultá-la?

As Solicita√ß√Ķes de Ocorr√™ncia podem ser consultadas fornecendo as seguintes comunica√ß√Ķes: Data de Solicita√ß√£o, RG, CPF, Nome da M√£e e Telefone Celular. A mensagem √© reenviada ao e-mail cadastrado no Registro de Dados Pessoais e a Chave de Acesso √© gerada novamente.  

26. Recebi um e-mail da Delegacia Virtual e n√£o fiz nenhum registro. √Č v√≠rus?

Primeiramente, certifique-se que o e-mail recebido √© de fato da Delegacia Virtual (o √ļnico e-mail de contato que utilizamos √© o contato@delegaciavirtual.mg.gov.br). Se n√£o for este o caso, √© poss√≠vel que algu√©m tenha usado seu endere√ßo de e-mail para registro. Colabore e nos avise atrav√©s da op√ß√£o¬†"Fale Conosco".  

27. Quero registrar um Acidente de Tr√Ęnsito Sem V√≠tima com mais de um envolvido, por√©m n√£o tenho as comunica√ß√Ķes do outro condutor ou do outro ve√≠culo. Como proceder?

Caso o outro envolvido tenha evadido do local sem prestar esclarecimentos, nem prover comunica√ß√Ķes para o registro da ocorr√™ncia, √© necess√°rio que o registro seja efetuado presencialmente em uma Unidade Policial.  

28. Perdi meu animal de estimação. Posso registrá-lo como desaparecido?

N√£o. O registro disponibilizado na Delegacia Virtual √© apenas para Pessoas Desaparecidas.  
[18]


Como fazer para registrar um boletim de ocorrência em Minas?

1. O que é a Delegacia Virtual?

A Delegacia Virtual √© um servi√ßo de solicita√ß√£o de registros de ocorr√™ncia disponibilizado ao cidad√£o pela internet.  

2. Quais são os tipos de ocorrências cujo registro pode ser solicitado pela Delegacia Virtual?

Atualmente √© poss√≠vel solicitar o registro de ocorr√™ncia para a natureza de Acidente de Tr√Ęnsito Sem V√≠tima e Perda de Documentos e Objetos Pessoais. Em breve tamb√©m ser√£o disponibilizadas as seguintes naturezas: Pessoa Localizada, Pessoa Desaparecida e Danos.  

3. O que é preciso para solicitar um registro de ocorrência pela Delegacia Virtual?

Para solicitar um registro de ocorr√™ncia pela Delegacia Virtual √© preciso, no m√≠nimo, fornecer as seguintes comunica√ß√Ķes do solicitante: Nome Completo, Documento de Identidade, Passaporte ou RNE, Data De Nascimento, Escolaridade, Sexo, Estado Civil, Nacionalidade, Endere√ßo Completo, Telefone Celular e E-mail. Os demais dados solicitados v√£o depender do tipo da ocorr√™ncia.  

4. A solicitação de registro pela Delegacia Virtual tem o mesmo valor que o registro feito presencialmente em uma Unidade Policial?

Sim. A sua solicita√ß√£o ser√° analisada por uma equipe da Delegacia Virtual e, assim que for validada, torna-se um Boletim de Ocorr√™ncia e possui o mesmo valor que um registro realizado presencialmente em uma Unidade Policial.  

5. Por que é necessário comunicar o e-mail e telefone celular para solicitar um registro de ocorrência na Delegacia Virtual?

√Č necess√°rio fornecer um e-mail e telefone celular para confirmar a autoria do registro ap√≥s a valida√ß√£o de preenchimento das comunica√ß√Ķes da Solicita√ß√£o de Registro de Ocorr√™ncia, visando evitar fraudes.  

6. Como fazer uma solicitação de registro por meio da Delegacia Virtual?

A solicita√ß√£o de registro deve ser iniciada pela escolha do tipo da ocorr√™ncia na p√°gina inicial da Delegacia Virtual. Os procedimentos de registro de comunica√ß√Ķes pessoais e da ocorr√™ncia buscam ser de f√°cil compreens√£o. Ser√° disponibilizado ainda um manual andamento a andamento¬†clicando aqui.  

7. Em qual horário posso solicitar o registro de uma ocorrência na Delegacia Virtual?

A solicita√ß√£o pode ser realizada na Delegacia Virtual, pela internet, 24 horas por dia.  

8. A solicitação de registro de ocorrência pela Delegacia Virtual pode não ser validada?

Caso a equipe da Delegacia Virtual verifique que os dados comunicados n√£o conferem com as comunica√ß√Ķes cadastradas nos sistemas de comunica√ß√Ķes policiais ou se as comunica√ß√Ķes sobre a natureza da ocorr√™ncia solicitada n√£o forem compat√≠veis para atendimento na Delegacia Virtual, a solicita√ß√£o n√£o ser√° validada, portanto n√£o haver√° o registro da ocorr√™ncia. Nestas situa√ß√Ķes o Solicitante dever√° verificar as pend√™ncias para que o registro possa ser confirmado.  

9. Outras naturezas de registros tais como furto ou roubo, podem ser registradas na Delegacia Virtual?

N√£o. Estes registros dever√£o ser realizados junto √†s Unidades Policias Civil e Militar, indicadas no portal da Delegacia Virtual.  

10. √Č poss√≠vel fazer uma den√ļncia an√īnima no site da Delegacia Virtual?

N√£o. As den√ļncias an√īnimas dever√£o ser comunicadas atrav√©s do Disque Den√ļncia, pelo telefone 181. Se voc√™ tem conhecimento de algum crime que esteja sendo praticado e que ainda n√£o foi denunciado, fa√ßa a sua parte, denuncie.  

11. Menores de 18 anos podem solicitar um registro de ocorrência pela Delegacia Virtual?

N√£o. Para solicitar um registro de ocorr√™ncia, √© obrigat√≥rio que o solicitante seja maior de 18 anos de idade. Caso o fato tenha ocorrido com um menor de 18 anos, √© preciso que o respons√°vel legal fa√ßa o registro.  

12. √Č poss√≠vel um terceiro, parente, amigo ou interessado solicitar o registro de uma ocorr√™ncia via Delegacia Virtual?

N√£o. A Solicita√ß√£o de Ocorr√™ncia dever ser feita pelo pr√≥prio solicitante ou seu representante legal.  

13. Posso modificar a minha solicitação de registro criada na Delegacia Virtual após tê-la finalizado no sistema?

Sim, caso a solicita√ß√£o ainda n√£o tenha sido validada pela equipe da Delegacia Virtual, o solicitante poder√° alter√°-la. √Č poss√≠vel verificar a situa√ß√£o da solicita√ß√£o por meio da consulta do¬†link  

14. Ao finalizar a solicitação de registro, posso imprimir o Boletim de Ocorrência?

A impress√£o do Boletim Eletr√īnico de Ocorr√™ncia/REDS - Registro de Evento de Defesa Social somente poder√° ser realizada ap√≥s sua valida√ß√£o pela equipe da Delegacia Virtual, que comunicar√° o solicitante pelo e-mail comunicado no periodo de a solicita√ß√£o do registro. √Č poss√≠vel verificar a situa√ß√£o da solicita√ß√£o por meio da consulta do link (adicionar link).  

15. Em quanto tempo estar√° finalizado o meu Boletim Eletr√īnico de Ocorr√™ncia ou REDS - Registro de Evento de Defesa Social?

Assim que a solicita√ß√£o de registro de Boletim de Ocorr√™ncia for validada, ser√° enviado um e-mail comunicando sua disponibiliza√ß√£o.  

16. Em caso de não recebimento da validação da solicitação de registro da ocorrência via email, como devo proceder?

Primeiramente, verifique em seu email se a mensagem n√£o foi direcionada como lixo eletr√īnico ou "spam". Caso n√£o tenha sido, entre em contato com a equipe da Delegacia Virtual pela op√ß√£o¬†"Fale Conosco"¬†e relate o problema.  

17. Que tipo de acidente de tr√Ęnsito pode ser registrado na Delegacia Virtual?

Na Delegacia Virtual, somente √© poss√≠vel registrar acidentes de tr√Ęnsito sem v√≠timas. As demais ocorr√™ncias que envolverem v√≠timas, ainda que seja o pr√≥prio condutor, dever√£o ser realizadas em uma unidade da Pol√≠cia Civil ou da Pol√≠cia Militar.  

18. Não possuo ou perdi meu telefone celular. Para criar uma solicitação de registro na Delegacia Virtual, como proceder?

Voc√™ deve fornecer o celular, preferencialmente, de uma pessoa com quem conviva, ou de uma pessoa pr√≥xima que possa receber o SMS e comunicar o c√≥digo de verifica√ß√£o (token) recebido.  

19. Qual a diferença entre a Solicitação de Registro de Ocorrência e o Boletim de Ocorrência?

A Solicita√ß√£o de Registro de Ocorr√™ncia precede o Boletim de Ocorr√™ncia e ainda n√£o possui validade legal. Ap√≥s a an√°lise e valida√ß√£o pela equipe da Delegacia Virtual, a solicita√ß√£o se torna um Boletim de Ocorr√™ncia e passa a ter a mesma validade de um registro realizado em uma Unidade Policial.  

20. Recebi um e-mail de validação da minha Solicitação de Ocorrência, com a qual eu não concordo ou fui mal entendido. Como proceder?

Nesses casos, compare√ßa a uma Unidade Policial com o n√ļmero de protocolo da Solicita√ß√£o de Ocorr√™ncia em quest√£o.  

21. Fiz a Solicitação de ocorrência na Delegacia Virtual, mas também pretendo fazê-lo na Unidade Física. Isso é possível?

A Delegacia Virtual √© uma alternativa de solicita√ß√£o de registro, n√£o h√° necessidade de buscar uma Delegacia F√≠sica para o registro da ocorr√™ncia, pois esta ser√° disponibilizada via e-mail ao solicitante.  

22. Não quero abrir uma Solicitação de Ocorrência na Delegacia Virtual. Posso ir a uma Unidade Policial?

Sim. O Portal da Delegacia Virtual disponibiliza uma lista com as unidades policiais de cada localidade, caso o cidad√£o opte por fazer o relato presencial.  

23. Sou de outro estado ou de outro país. Posso abrir uma Solicitação de Ocorrência na Delegacia Virtual de Minas Gerais?

Sim, desde que o fato a ser registrado tenha acontecido no Estado de Minas Gerais e o solicitante tenha os dados necess√°rios para realizar a solicita√ß√£o.  

24. Desejo dar uma sugest√£o, fazer uma cr√≠tica ou retirar uma d√ļvida sobre a Delegacia Virtual, como proceder?

Entre em contato com a equipe da Delegacia Virtual pela op√ß√£o¬†"Fale Conosco"¬†e registre a d√ļvida, cr√≠tica ou sugest√£o.  

25. Perdi meu Protocolo de Solicitação de Ocorrência. Como consultá-la?

As Solicita√ß√Ķes de Ocorr√™ncia podem ser consultadas fornecendo as seguintes comunica√ß√Ķes: Data de Solicita√ß√£o, RG, CPF, Nome da M√£e e Telefone Celular. A mensagem √© reenviada ao e-mail cadastrado no Registro de Dados Pessoais e a Chave de Acesso √© gerada novamente.  

26. Recebi um e-mail da Delegacia Virtual e n√£o fiz nenhum registro. √Č v√≠rus?

Primeiramente, certifique-se que o e-mail recebido √© de fato da Delegacia Virtual (o √ļnico e-mail de contato que utilizamos √© o contato@delegaciavirtual.mg.gov.br). Se n√£o for este o caso, √© poss√≠vel que algu√©m tenha usado seu endere√ßo de e-mail para registro. Colabore e nos avise atrav√©s da op√ß√£o¬†"Fale Conosco".  

27. Quero registrar um Acidente de Tr√Ęnsito Sem V√≠tima com mais de um envolvido, por√©m n√£o tenho as comunica√ß√Ķes do outro condutor ou do outro ve√≠culo. Como proceder?

Caso o outro envolvido tenha evadido do local sem prestar esclarecimentos, nem prover comunica√ß√Ķes para o registro da ocorr√™ncia, √© necess√°rio que o registro seja efetuado presencialmente em uma Unidade Policial.  

28. Perdi meu animal de estimação. Posso registrá-lo como desaparecido?

N√£o. O registro disponibilizado na Delegacia Virtual √© apenas para Pessoas Desaparecidas.  
[19]

Comer bem durante a gravidez vai influenciar durante toda a vida do bebê

Alimenta√ß√£o deve ser equilibrada durante a gravidezA alimenta√ß√£o equilibrada √© um h√°bito recomendado para toda a vida. Durante a gesta√ß√£o, a responsabilidade quanto √† alimenta√ß√£o aumenta, uma vez que implica diretamente no perfeito desenvolvimento do feto. As nutricionistas da Coordena√ß√£o T√©cnica de Nutri√ß√£o do Instituto Nacional de Sa√ļde da Mulher, da Crian√ßa e do Adolescente, Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) Daniele Marano, Marcela Knibel e Roseli Costa, explicam como o consumo dos alimentos saud√°veis durante a gravidez influencia a sa√ļde dos beb√™s.

Qual a import√Ęncia de uma boa alimenta√ß√£o na gravidez?

A alimentação adequada ao longo do período gestacional exerce papel determinante sobre os desfechos relacionados à mãe e ao bebê. Contribui para prevenção de uma série de ocorrências negativas, assegura reservas biológicas necessárias ao parto e pós-parto, garante substrato para o período da lactação, como também favorece o ganho de peso adequado de acordo com o estado nutricional pré-gestacional. Ressalta-se que a inadequação do ganho de peso durante a gestação tem sido apontada como fator de risco tanto para a mãe quanto para a criança, contribuindo para a elevação da prevalência de uma série de problemas.

O que n√£o pode faltar no prato?

As refei√ß√Ķes devem contemplar todos os grupos alimentares existentes. A gestante dever√° ingerir vegetais (folhosos e legumes), frutas, carne bovina, frango, f√≠gado (uma vez por semana), ovos e peixes (sardinha, salm√£o, atum, pescada, cavalinha), leguminosas (feij√£o, gr√£o de bico, lentilha, ervilha), cereais (arroz integral, batata, milho, entre outros), azeites (de prefer√™ncia extra virgem), leite e derivados do leite (fora do hor√°rio do almo√ßo e jantar).

As carnes dever√£o ser assadas, grelhadas, ensopadas ou cozidas, evitando as frituras. Recomenda-se n√£o ingerir gordura vegetal hidrogenada, que pode comprometer o crescimento e o desenvolvimento fetal.

Como devem ser distribu√≠das as refei√ß√Ķes ao longo dos dias?

As refei√ß√Ķes devem ser distribu√≠das em seis vezes ao dia: desjejum, cola√ß√£o, almo√ßo, lanche, jantar e ceia. Os intervalos em m√©dia s√£o de tr√™s horas entre uma e outra refei√ß√£o.

Há uma estimativa de quantos quilos a mulher deve engordar durante a gestação?  

O ganho de peso na gesta√ß√£o deve ser suficiente para promover o desenvolvimento fetal completo e tamb√©m para armazenar nutrientes adequados no organismo materno para o aleitamento. Nenhuma mulher deve perder peso durante a gravidez, independente do seu √ćndice de Massa Corporal (IMC) antes de engravidar. O Institute of Medicine (IOM) recomenda as faixas de ganho de peso ideal durante a gesta√ß√£o.

No caso de gesta√ß√£o de feto √ļnico, o ganho de peso (Kg) recomendado √©:

- Gestantes com baixo peso pré-gestacional: 15,0kg (média); - Gestantes com peso adequado pré-gestacional (eutróficas): 12,5Kg (média); - Gestantes com sobrepeso pré-gestacional: 9,0Kg (média); - Gestantes com obesidade pré-gestacional: 7,0Kg (média).

No caso de gesta√ß√£o m√ļltipla (dois ou mais fetos), o ganho de peso tamb√©m depender√° do estado nutricional pr√©-gestacional, podendo variar de 11,0 Kg (obesidade pr√©-gestacional) a 27,9 Kg (baixo peso pr√©-gestacional).

A gestante dever√° ter acompanhamento nutricional no pr√©-natal, para avalia√ß√£o do estado nutricional, detec√ß√£o de poss√≠veis inadequa√ß√Ķes diet√©ticas, desmistifica√ß√£o de mitos e realiza√ß√£o da educa√ß√£o alimentar e nutricional. As consultas devem ser iniciadas, preferencialmente, no primeiro trimestre da gesta√ß√£o.

Algumas mulheres, especialmente com gêmeos, perdem bastante peso durante e após a gestação por causa dos filhos. Nesses casos, é recomendada a utilização de suplementos nutricionais?

Tanto em mulheres com gesta√ß√£o de feto √ļnico quanto nas gravidezes gemelares pode ocorrer diminui√ß√£o de peso devido √†s adapta√ß√Ķes hormonais. A a√ß√£o do estrog√™nio pode causar n√°useas, v√īmitos e anorexia, principalmente, no primeiro trimestre. A perda de peso ap√≥s o parto ocorre, geralmente, em maior intensidade nos primeiros tr√™s meses e naquelas que amamentam exclusivamente. Os suplementos nutricionais s√£o recomendados nas situa√ß√Ķes em que a demanda nutricional n√£o √© atendida por meio da dieta.


Conceitos de Educação Ambiental

   
"Entendem-se por educa√ß√£o ambiental os processos por meio dos quais o indiv√≠duo e a coletividade constroem valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e compet√™ncias voltadas para a conserva√ß√£o do meio ambiente, bem de uso comum do povo, essencial √† sadia qualidade de vida e sua sustentabilidade." Pol√≠tica Nacional de Educa√ß√£o Ambiental - Lei n¬ļ 9795/1999, Art 1¬ļ. ¬ďA Educa√ß√£o Ambiental √© uma dimens√£o da educa√ß√£o, √© atividade intencional da pr√°tica social, que deve imprimir ao desenvolvimento individual um car√°ter social em sua rela√ß√£o com a natureza e com os outros seres humanos, visando potencializar essa atividade humana com a finalidade de torn√°-la plena de pr√°tica social e de √©tica ambiental.¬Ē Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educa√ß√£o Ambiental, Art. 2¬į. ¬ďA educa√ß√£o ambiental √© a a√ß√£o educativa permanente pela qual a comunidade educativa tem a tomada de consci√™ncia de sua realidade global, do tipo de rela√ß√Ķes que os homens estabelecem entre si e com a natureza, dos problemas derivados de ditas rela√ß√Ķes e suas causas profundas. Ela desenvolve, mediante uma pr√°tica que vincula o educando com a comunidade, valores e atitudes que promovem um comportamento dirigido a transforma√ß√£o superadora dessa realidade, tanto em seus aspectos naturais como sociais, desenvolvendo no educando as habilidades e atitudes necess√°rias para dita transforma√ß√£o.¬Ē Confer√™ncia Sub-regional de Educa√ß√£o Ambiental para a Educa√ß√£o Secund√°ria ¬Ė Chosica/Peru (1976) ¬ďA educa√ß√£o ambiental √© um processo de reconhecimento de valores e clarifica√ß√Ķes de conceitos, objetivando o desenvolvimento das habilidades e modificando as atitudes em rela√ß√£o ao meio, para entender e apreciar as inter-rela√ß√Ķes entre os seres humanos, suas culturas e seus meios biof√≠sicos. A educa√ß√£o ambiental tamb√©m est√° relacionada com a pr√°tica das tomadas de decis√Ķes e a √©tica que conduzem para a melhora da qualidade de vida¬Ē Confer√™ncia Intergovernamental de Tbilisi (1977) ¬ďA Educa√ß√£o Ambiental deve proporcionar as condi√ß√Ķes para o desenvolvimento das capacidades necess√°rias; para que grupos sociais, em diferentes contextos socioambientais do pa√≠s, intervenham, de modo qualificado tanto na gest√£o do uso dos recursos ambientais quanto na concep√ß√£o e aplica√ß√£o de decis√Ķes que afetam a qualidade do ambiente, seja f√≠sico-natural ou constru√≠do, ou seja, educa√ß√£o ambiental como instrumento de participa√ß√£o e controle social na gest√£o ambiental p√ļblica.¬Ē QUINTAS, J. S., Salto para o Futuro, 2008 ¬ďA Educa√ß√£o Ambiental nasce como um processo educativo que conduz a um saber ambiental materializado nos valore s√©ticos e nas regras pol√≠ticas de conv√≠vio social e de mercado, que implica a quest√£o distributiva entre benef√≠cios e preju√≠zos da apropria√ß√£o e do uso da natureza. Ela deve, portanto, ser direcionada para a cidadania ativa considerando seu sentido de pertencimento e co-responsabilidade que, por meio da a√ß√£o coletiva e organizada, busca a compreens√£o e a supera√ß√£o das causas estruturais e conjunturais dos problemas ambientais.¬Ē¬† SORRENTINO et all, Educa√ß√£o ambiental como pol√≠tica p√ļblica, 2005 ¬ďA Educa√ß√£o Ambiental, apoiada em uma teoria cr√≠tica que exponha com vigor as contradi√ß√Ķes que est√£o na raiz do modo de produ√ß√£o capitalista, deve incentivar a participa√ß√£o social na forma de uma a√ß√£o pol√≠tica. Como tal, ela deve ser aberta ao di√°logo e ao embate, visando √† explicita√ß√£o das contradi√ß√Ķes te√≥rico-pr√°ticas subjacentes a projetos societ√°rios que est√£o permanentemente em disputa.¬Ē¬† TREIN, E., Salto para o Futuro, 2008 ¬ďA EA deve se configurar como uma luta pol√≠tica, compreendida em seu n√≠vel mais poderoso de transforma√ß√£o: aquela que se revela em uma disputa de posi√ß√Ķes e proposi√ß√Ķes sobre o destino das sociedades, dos territ√≥rios e das desterritorializa√ß√Ķes; que acredita que mais do que conhecimento t√©cnico-cient√≠fico, o saber popular igualmente consegue proporcionar caminhos de participa√ß√£o para a sustentabilidade atrav√©s da transi√ß√£o democr√°tica¬Ē.¬† SATO, M. et all, Insurg√™ncia do grupo-pesquisador na educa√ß√£o ambiental sociopoi√©tica, 2005 ¬ďUm processo educativo eminentemente pol√≠tico, que visa ao desenvolvimento nos educandos de uma consci√™ncia cr√≠tica acerca das institui√ß√Ķes, atores e fatores sociais geradores de riscos e respectivos conflitos socioambientais. Busca uma estrat√©gia pedag√≥gica do enfrentamento de tais conflitos a partir de meios coletivos de exerc√≠cio da cidadania, pautados na cria√ß√£o de demandas por pol√≠ticas p√ļblicas participativas conforme requer a gest√£o ambiental democr√°tica.¬Ē¬† LAYRARGUES; P.P. Crise ambiental e suas implica√ß√Ķes na educa√ß√£o, 2002. "Processo em que se busca despertar a preocupa√ß√£o individual e coletiva para a quest√£o ambiental, garantindo o acesso √† informa√ß√£o em linguagem adequada, contribuindo para o desenvolvimento de uma consci√™ncia cr√≠tica e estimulando o enfrentamento das quest√Ķes ambientais e sociais. Desenvolve-se num contexto de complexidade, procurando trabalhar n√£o apenas a mudan√ßa cultural, mas tamb√©m a transforma√ß√£o social, assumindo a crise ambiental como uma quest√£o √©tica e pol√≠tica." MOUSINHO, P. Gloss√°rio. In: Trigueiro, A. (Coord.) Meio ambiente no s√©culo 21.Rio de Janeiro: Sextante. 2003.
[0]

A comida na mira do consumidor: Atenção aos preços e a qualidade

Mesmo ao tomar um refrigerante ou comer um sanduíche, o consumidor deve exigir seus direitos.

Por isso, a aten√ß√£o deve ser redobrada na hora de adquirir e consumir alimentos para evitar problemas, principalmente doen√ßas e intoxica√ß√Ķes alimentares.

Algumas precau√ß√Ķes iniciais s√£o: verificar as condi√ß√Ķes de higiene e limpeza dos estabelecimentos e dos atendentes.

Bares, lanchonetes e restaurantes devem afixar uma c√≥pia do card√°pio, com o pre√ßo dos servi√ßos e refei√ß√Ķes ofertados, em uma das portas de entrada do estabelecimento, como determina o C√≥digo de Defesa do Consumidor.

Na hora de pagar a conta, conferir o valor total dos itens consumidos e verificar se o ¬ďcouvert¬Ē art√≠stico est√° inclu√≠do.

Este s√≥ pode ser cobrado por estabelecimentos que tenham m√ļsica ao vivo ou apresenta√ß√Ķes art√≠sticas a cada quatro horas de funcionamento.

Os cuidados valem também na hora das compras de alimentos.

Aqui √© preciso observar, al√©m das condi√ß√Ķes de higiene, o armazenamento dos produtos nos pontos de venda e as condi√ß√Ķes em que ele se encontra.

  O alimento estragado ou deteriorado tem gosto e cheiro diferentes do normal.

O consumidor deve se habituar a ler as informa√ß√Ķes nas embalagens antes de fazer sua compra.

√Č nos r√≥tulos, que devem conter os dados em letras leg√≠veis, que est√£o dados como a data de fabrica√ß√£o, prazo de validade, composi√ß√£o, peso, carimbos de inspe√ß√£o, origem e fabricante/produtor, entre outros.

Estas informa√ß√Ķes devem constar em todos os tipos de alimentos: in natura, industrializados e congelados.

Produtos industrializados que apresentem embalagens estufadas, enferrujadas, amassadas, furadas, rasgadas, violadas ou com vazamento n√£o devem ser adquiridos.

Se o consumidor só notar o problema quando chegar em casa, deve retornar ao estabelecimento onde efetuou a compra a exigir a sua troca.

Quanto aos congelados, a exist√™ncia de uma n√©voa sobre eles indica a baixa temperatura do balc√£o e boa condi√ß√£o de refrigera√ß√£o, j√° o ac√ļmulo de √°gua ou umidade nos balc√Ķes frigor√≠ficos significa que a temperatura de conserva√ß√£o est√° incorreta.

  A aquisição destes produtos deve ser feita no final das compras.

Exigir a nota fiscal ou ticket de caixa, pois sem este documento n√£o h√° como trocar o produto ou abrir reclama√ß√Ķes junto aos √≥rg√£os de defesa do consumidor.

[10]

SANTA CRUZ DE SALINAS MG tspan:3m SANTA CRUZ DE SALINAS MG

E o cadastramento escolar deste ano?

O cadastro escolar é realizado anualmente pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), em conjunto com as prefeituras municipais. Devem se inscrever crianças com seis anos completos ou a completar até 30 de junho do ano em que vão começar a estudar, candidatos às vagas nos demais anos do ensino fundamental que estão se transferindo de outros Estados, municípios ou escolas particulares e, ainda, alunos que vão retomar seus estudos.

Em 2014, a inscrição para o Cadastro Escolar será realizada no período de 21/07/2014 a 25/07/2014, nas agências dos Correios em Belo Horizonte e nos Postos de Inscrição definidos pela Comissão Municipal de Cadastramento, nas cidades do interior. Os documentos necessários ao cadastramento estão listados abaixo. Os alunos já matriculados no ensino fundamental de escolas públicas não precisam se cadastrar.

Documentos necessários: Certidão de nascimento (original e cópia); Conta de luz recente (original e cópia); Comprovante de escolaridade, em caso de transferência para a rede pública ou retorno aos estudos. Valor: Gratuito


Já pensou em fazer carreira militar?

As Forças Armadas Brasileiras não são compostas apenas por militares originários do serviço militar obrigatório. É possível ingressar no Exército, Marinha ou Aeronáutica e seguir carreira nos níveis escolares fundamental, médio ou superior e em diversas áreas de atuação, como medicina, comunicação e engenharia, entre outras.

Cada uma das Forças Armadas possui peculiaridades no processo de seleção, porém, homens e mulheres têm a possibilidade de ingressar no serviço militar a partir da adolescência, mediante aprovação em concurso público, de âmbito nacional, em alguma das Escolas de Formação específicas de cada Força.

A situação do jovem que presta o serviço militar obrigatório, cumprindo o que determina a Lei do Serviço Militar, é diferente da situação do jovem que se inscreve para prestar concurso para uma das Escolas da Força. O primeiro, por força da lei, permanece em alguma das Forças Armadas por um período temporário de no máximo oito anos, diferentemente do jovem aprovado em concurso, que poderá seguir a carreira das Armas e permanecerá na Força até passar para a Reserva Remunerada (uma espécie de aposentadoria militar).



*noticiasdeminas.net - todos os direitos reservados.