BLOG DE NOTICIAS DE MONTE ALEGRE DE MINAS

Notícias e Assuntos de Interesse da Cidade



Lanterna América-MG desafia líder Joinville por "vingança" fora do tribunal Depois de uma série de resultados ruins, o América-MG voltou a vencer na Série B do Brasileiro, mas ainda segue na lanterna na competição. Nesta terça-feira, o Coelho terá verdadeira prova de fogo ao visitar o líder Joinville, às 19h30 (de ...
Helic√≥ptero que caiu em MG n√£o podia fazer voos panor√Ęmicos, diz Cenipa O helicóptero que caiu no Lago de Furnas, em Fama (MG), na tarde do último sábado (20), não tinha autorização para fazer voos panorâmicos. A informação foi confirmada por uma equipe do Centro de Investigaçã o e Prevenção de Acidentes ...

Últimas notícias de MONTE ALEGRE DE MINAS MG:

Luan fratura duas costelas e fica fora de combate no Atl√©tico-MG O departamento médico do Atlético-MG ganhou um novo integrante nesta segunda-feira. Trata-se do atacante Luan, que fraturou duas costelas em jogada com o cruzeirense Egídio. O árbitro da partida, Marcelo de Lima Henrique, não enxergou o lance e não ...
Atl√©tico-MG n√£o admite culpa na confus√£o no Mineir√£o, mas espera julgamento Cruzeiro não teme punição e culpa torcida rival por incidentes no clássico Atlético-MG analisa imagens de 'ataque' a ônibus na chegada ao Mineirão Kalil 'isenta' clubes e pede prisão de torcedores que atiram bombas Relato em súmula de violência ...

Aécio classifica programa de Marina como "colagem modificada ao sabor dos ventos" Com uma melhora em sua situação na corrida presidencial apontada pelas últimas pesquisas eleitorais, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) aumentou nesta segunda-feira (22) o tom das críticas à candidata do PSB no pleito, Marina Silva, na tentativa de ...
Atlético-MG analisa imagens de 'ataque' a ônibus na chegada ao Mineirão Kalil 'isenta' clubes e pede prisão de torcedores que atiram bombas Relato em súmula de violência no Mineirão ameaça rivais mineiros de punição Após vencer Goiás e Cruzeiro, Atlético mira série inédita para chegar ao G4 O Atlético-MG já ...
Caminhoneiro morre em acidente na MG-447 em Guiricema, MG Um motorista de 49 anos morreu em um acidente na noite deste domingo (21) no Km 42 da MG-447, em Guiricema, na Zona da Mata. Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMR) de Dona Euzébia, a vítima dirigia um caminhão baú com placas de Espírito Santo ...

Tempo e Temperatura:

Atl√©tico-MG n√£o admite culpa na confus√£o no Mineir√£o, mas espera julgamento Cruzeiro não teme punição e culpa torcida rival por incidentes no clássico Atlético-MG analisa imagens de 'ataque' a ônibus na chegada ao Mineirão Kalil 'isenta' clubes e pede prisão de torcedores que atiram bombas Relato em súmula de violência ...
Aécio classifica programa de Marina como "colagem modificada ao sabor dos ventos" Com uma melhora em sua situação na corrida presidencial apontada pelas últimas pesquisas eleitorais, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) aumentou nesta segunda-feira (22) o tom das críticas à candidata do PSB no pleito, Marina Silva, na tentativa de ...
Presidente do Atl√©tico-MG ironiza o rival Cruzeiro: ‚ÄėN√£o √© nem fregu√™s, √© cliente‚Äô A vitória do Atlético-MG sobre o Cruzeiro fez o presidente do Galo debochar do rival após o 3 a 2 no clássico, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Alexandre Kalil não perdeu a oportunidade de ironizar a Raposa e preferiu trocar o velho termo ...
Tupi-MG goleia, garante vaga e complica S√£o Caetano na S√©rie C O primeiro objetivo do Tupi-MG foi conquistado. Na tarde deste domingo, o Galo Carijó goleou o São Caetano por 4 a 0 no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora, e garantiu presença nas quartas de final da Série C do Campeonato ...
Lanterna América-MG desafia líder Joinville por "vingança" fora do tribunal Depois de uma série de resultados ruins, o América-MG voltou a vencer na Série B do Brasileiro, mas ainda segue na lanterna na competição. Nesta terça-feira, o Coelho terá verdadeira prova de fogo ao visitar o líder Joinville, às 19h30 (de ...
Helic√≥ptero que caiu em MG n√£o podia fazer voos panor√Ęmicos, diz Cenipa O helicóptero que caiu no Lago de Furnas, em Fama (MG), na tarde do último sábado (20), não tinha autorização para fazer voos panorâmicos. A informação foi confirmada por uma equipe do Centro de Investigaçã o e Prevenção de Acidentes ...
Luan fratura duas costelas e fica fora de combate no Atl√©tico-MG O departamento médico do Atlético-MG ganhou um novo integrante nesta segunda-feira. Trata-se do atacante Luan, que fraturou duas costelas em jogada com o cruzeirense Egídio. O árbitro da partida, Marcelo de Lima Henrique, não enxergou o lance e não ...
Atl√©tico-MG n√£o admite culpa na confus√£o no Mineir√£o, mas espera julgamento Cruzeiro não teme punição e culpa torcida rival por incidentes no clássico Atlético-MG analisa imagens de 'ataque' a ônibus na chegada ao Mineirão Kalil 'isenta' clubes e pede prisão de torcedores que atiram bombas Relato em súmula de violência ...
Am√©rica-MG ganha do Vila Nova no duelo dos lanternas Com o técnico Christian Lauria efetivado no cargo, time goiano desperdiça chance de conseguir a segunda vitória consecutiva No duelo dos dois últimos colocados da Série B, o América-MG levou a melhor e, mesmo jogando fora de casa, venceu o Vila Nova ...

MONTE ALEGRE DE MINAS MG tspan:3m MONTE ALEGRE DE MINAS MG

A import√Ęncia do alongamento para quem tem dores nas costas

Problemas na coluna, como dores na lombar, s√£o reclama√ß√Ķes constantes em consult√≥rios m√©dicos. A Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS)tem a estimativa de que cerca de 80% da popula√ß√£o mundial sofrer√° pelo menos um epis√≥dio de dor na coluna no periodo de a vida.

A psicóloga Maira Mesquita sofre de dores na coluna, cervical, atrás do ombro e nos braços diariamente há cinco anos. Ela conta que já procurou diversos especialistas, mas atualmente não realiza nenhum tratamento específico para a lombalgia. De acordo com o ortopedista especializado em coluna vertebral do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into), Luis Eduardo Carelli, lombalgia é toda dor que afeta a coluna vertebral na parte lombar baixa.

Quem permanece sentado por longos per√≠odos, como pessoas que trabalham em escrit√≥rios, tem a necessidade de trabalhar em uma mesa de boa altura e uma cadeira ajust√°vel e com encosto. Segundo o m√©dico Carelli, √© necess√°rio identificar a melhor maneira de sentar, com a postura correta. ¬ďTamb√©m √© recomendado que, ao longo do dia, sejam feitos exerc√≠cios leves, como andar, caminhar e gin√°stica laboral. Isso para todas as pessoas, mas preferencialmente pessoas com mais idade¬Ē, explica o ortopedista.

No caso de Maira, que fica muito tempo sentada estudando, as dores s√£o frequentes. ¬ďSinto dores quase todos os dias, principalmente quando passo muito tempo sentada e quando vou dormir¬Ē, afirma. A psic√≥loga tem o costume de transformar o lugar do estudo, para aliviar um pouco as dores, e tamb√©m utiliza uma cadeira diferenciada, onde ela se encaixa melhor e fica mais confort√°vel na hora do estudo.

Para pessoas que trabalham em p√©, como vendedores e comerciantes, √© recomend√°vel que a postura seja mais ereta poss√≠vel, evitando a queda dos ombros e a postura relaxada. Em caso de trabalhadores que carregam peso, √© relevante lembrar que ¬ďo melhor quando abaixar para pegar objetos no ch√£o √© flexionar os joelhos e trazer o objeto pr√≥ximo ao corpo¬Ē, explica o ortopedista Luis Eduardo Carelli.

A flex√£o excessiva dos joelhos e poss√≠vel tor√ß√£o, em conjunto com o excesso de peso carregado, podem elaborar h√©rnias de disco. √Č necess√°ria a preven√ß√£o e alguns cuidados rotineiros para que os discos n√£o sejam sobrecarregados e, assim, evitar doen√ßas degenerativas do disco.

A colaboradora da CTIS M√°rcia Veiga, 45 anos, aos 9 anos de idade sofreu um traumatismo na coluna, ao levar um tombo. Apenas aos 15 anos foi descoberto que ela, na verdade, sofria de espondilose lombar, uma doen√ßa reum√°tica cr√īnica e progressiva. As dores s√£o di√°rias e ela j√° aprendeu a conviver com elas.

M√°rcia se tratou com ortopedistas no Hospital Sarah Kubitschek e, hoje em dia, realiza diversas atividades para auxiliar na diminui√ß√£o das dores de coluna. ¬ďFa√ßo acupuntura, pilates, academia. A dor √© constante, mas j√° procurei m√©dicos para tratar tamb√©m a fibromialgia. Isso n√£o me impede de viver, n√£o posso deixar as dores ou a doen√ßa tomarem conta de mim¬Ē, afirma M√°rcia.

De acordo com o médico, os tratamentos para dores na coluna são indicados após diagnóstico específico e realização de exames. Após esse processo, pode ser indicado o repouso, a restrição da atividade física, atividades físicas específicas, fisioterapia, evitar o sedentarismo, se alongar a cada duas horas, ter uma boa qualidade de vida e alimentação saudável.

Segundo o m√©dico, a correta postura √© necess√°ria sempre, em casa, no periodo de as atividades de lazer, no sof√°. ¬ďS√£o recomendadas atividades f√≠sicas, gin√°sticas laborais, alongamentos em casa e no trabalho. A preven√ß√£o √© a chave do sucesso para a sa√ļde da coluna¬Ē, diz o ortopedista Carelli.

[24]





Campanha "√ďleo usado e doado, Brasil preservado" incentiva o p√ļblico a juntar os res√≠duos e fazer a doa√ß√£o a cooperativas

√ďleo de cozinha pode contaminar 20 mil litros de √°guaA Usina de Biodiesel de Quixad√° (CE) processa por m√™s, cerca de, 14 mil litros de √ďleos e Gorduras Residuais (OGR), o √≥leo de cozinha usado, transformando-o em biocombust√≠vel. A subsidi√°ria pretende avan√ßar no projeto e ampliar a produ√ß√£o a partir desta mat√©ria-prima que garante produ√ß√£o sustent√°vel a pre√ßos competitivos, al√©m de relevantes benef√≠cios ambientais e sociais.

Para otimizar o trabalho de conscientiza√ß√£o popular, foi lan√ßada h√° cinco meses a campanha <<√ďleo usado e doado, Brasil preservado>>, que atinge toda a capital cearense. O projeto foi formatado em parceria com a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicl√°veis de Fortaleza e Regi√£o Metropolitana (Coopmares) e com oito revendas da Liquig√°s. O escopo √© incentivar o p√ļblico a juntar o √≥leo de cozinha e fazer a doa√ß√£o para a cooperativa por meio do entregador de botij√£o de g√°s.

Com a campanha, ao receber o g√°s em casa, o morador tem acesso a folhetos explicativos sobre as vantagens ambientais e sociais do reaproveitamento do √≥leo de fritura. O material orienta ainda que os interessados em participar poder√£o armazenar este res√≠duo l√≠quido em garrafa de pl√°stico e entregar a um colaborador das revendas autorizadas da Liquig√°s em Fortaleza. ¬ďEste √© um trabalho de conscientiza√ß√£o social e de mudan√ßa de cultura. √Č um processo lento, mas j√° tivemos avan√ßos. J√° houve revendas que nos trouxe 265 litros de √≥leo, como a unidade de Quintino Cunha. A expectativa √© que esse n√ļmero aumente¬Ē, destaca o gerente setorial de Produ√ß√£o Agr√≠cola Semi√°rido Norte da Petrobras Biocombust√≠vel, Paulo Roberto Dias. Com escopo de incrementar o uso dessa fonte de suprimento, foi estruturado o Programa Cuidar, que tem como escopo a produ√ß√£o de biodiesel a partir de OGR. O programa visa a alertar a popula√ß√£o para os perigos do descarte inadequado, pois cada litro de √≥leo de cozinha pode contaminar 20 mil litros de √°gua.

A iniciativa inclui difus√£o de conhecimento, apoio √† gest√£o e treinamento dos catadores e gestores. √Č esse, exemplificativamente, o trabalho realizado, em Fortaleza, com a Rede de Catadores de Res√≠duos S√≥lidos Recicl√°veis do Estado do Cear√°, com catadores de 18 associa√ß√Ķes. A parceria j√° resultou na aquisi√ß√£o de 74 mil litros de √≥leo de janeiro a julho deste ano.

Como participar

Qualquer pessoa ou empresa que quiser doar o óleo e ainda contribuir com o meio ambiente, pode entrar em contato com a Petrobras Biocombustível, que indicará uma associação ou cooperativa de catadores mais próxima.

Envie sua mensagem para biocombustivel@petrobras.com.br, se possível, comunicando a quantidade e a qualidade do produto que deseja doar. A equipe do Programa Cuidar orientará cada andamento para tornar realidade a doação.

Confira abaixo os pontos de entrega em Fortaleza (CE): - Rua Verbena, 670, Bonsucesso - Rua General Muniz Aragão, 472, Barra do Ceará - Avenida Mozart Pinheiro de Lucena, 2991, Quintino Cunha - Rua Monsenhor Carneiro da Cunha. 130, Luciano Cavalcante - Rua Dr. João Amora, 1303, Vila Manoel Sátiro - Rua Padre Francisco Pita, 600, Jardim das Oliveiras - Avenida João Pessoa, 5727, Montese - Rua Valparaíso, 1600, Conjunto Palmeira

Coisas que s√£o mentira e coisas que s√£o verdade sobre a Dengue

Precisamos saber que o maior e melhor remédio para combater a doença é a atitude!

Basta secar os lugares onde tem √°gua parada?

Não adianta só secar os reservatórios de água parada, tem que limpar também. O ovo do mosquito pode se manter viável por mais de um ano sem água!

 

O mosquito da dengue pica apenas no periodo de o dia? O mosquito pica apenas no periodo de o dia, mas n√£o faz zumbido.

 

√Č verdade que apenas a f√™mea pica? Sim. Ela necessita do sangue em seu organismo para amadurecer seus ovos e assim dar seq√ľ√™ncia no seu ciclo de vida. Ela pode colocar at√© 500 ovos no periodo de o seu tempo de vida, que varia de 30 a 45 dias, tempo suficiente para picar at√© 300 pessoas.

 

Velas de citronela ou andiroba ajudam no combate ao mosquito? Não, pois esses recursos têm efeito temporário e indeterminado.

 

O inhame e o complexo B ajudam na prevenção da dengue? Não. As pessoas falam que principalmente o complexo B tem um cheiro muito forte e espanta o mosquito, mas não é verdade. Tomar vitamina B para evitar a aproximação do mosquito não se mostra eficaz, uma vez que o efeito varia de acordo com o metabolismo da pessoa, podendo não repelir o mosquito.

 

√Č poss√≠vel distinguir a picada do Aedes aegypti da picada de um mosquito usual? N√£o. A sensa√ß√£o de eventual coceira ou inc√īmodo √© semelhante √† picada de qualquer outro mosquito.

 

A água de piscinas pode servir de criadouro para o mosquito? A resposta é: depende. Se a água estiver bem tratada e com a concentração recomendada de cloro, o mosquito não se desenvolve. Já foi comprovado que a água com cloro e a água salgada funcionam como repelentes. Caso contrário, o mosquito pode se elaborar sim.

 

Aplicar borra de café na água das plantas e sobre a terra ajuda a combater o Aedes? Não. A eficácia da borra de café na dosagem de duas colheres de sopa para meio copo de água não foi comprovada (já foi verificado na prática que água suja de borra de café desenvolve a larva do mosquito) e a sua utilização não simplifica os cuidados atualmente recomendados que são: a eliminação pratos ou a utilização de pratos justos aos vasos, a colocação de areia até as bordas dos pratos ou eliminar a água e lavar os pratos com bucha e sabão semanalmente.

 

√Č verdade que o mosquito se reproduz mais r√°pido no calor? Que outros h√°bitos o Aedes tem? Sim. No calor, o per√≠odo reprodutivo do mosquito fica mais curto e ele se reproduz com maior velocidade. Isto explica o aumento de casos de dengue no ver√£o. O mosquito fica onde o homem estiver, prefere pic√°-lo a qualquer outra esp√©cie e gosta de √°gua acumulada para colocar seus ovos.

 

No período de inverno a população está livre da doença? Isso deve ser considerado um engano. Durante o frio, a larva entra no estado de hibernação e quando voltam as chuvas e as altas temperaturas, as larvas eclodem e há contaminação novamente. Portanto, o trabalho de vistoria de quintais, terrenos baldios, estabelecimentos e outros locais, assim como, a busca e eliminação de criadouros do mosquito da dengue deve ser constante.

 

O ideal √© usar um repelente ou os inseticidas para evitar as picadas do mosquito? Precisamos ter bastante aten√ß√£o quanto a isso! As duas op√ß√Ķes podem ser utilizadas, tanto passar o repelente ou fazer uso do inseticida, no entanto, temos que lembrar que o uso desses recursos s√£o paleativos, quer dizer, s√£o solu√ß√Ķes moment√Ęneas que n√£o resolvem realmente o problema da dengue. Estamos minimamente protegidos temporariamente, pois quando termina o efeito do repelente, exemplificativamente, estamos novamente expostos ao mosquito que continua nas redondezas e que n√£o teve seus criadouros eliminados. Portanto, o ideal √© atuarmos como vigilantes em nossa casa, no trabalho, na creche e na escola de nossos filhos e em outros locais em que tivermos acesso, com o intuito de eliminarmos os criadouros onde o mosquito deposita seus ovos e se prolifera.

 

√Č verdade que o mosquito n√£o consegue atingir locais altos? O que sabemos sobre os h√°bitos do Aedes aegypti √© que a f√™mea se alimenta de sangue no in√≠cio da manh√£ e mais no final da tarde, o que n√£o impede que nos outros hor√°rios tamb√©m aconte√ßa. Quanto √† capacidade de v√īo, sabemos que possui possibilidade de acesso a alturas como, exemplificativamente, chegar √† caixa d?√°gua de sua casa, √†s calhas e terra√ßos. Por sua vez, sua potencialidade de v√īo n√£o atingiria um pr√©dio de 4 andares. No entanto, ele pode chegar at√© alturas mais elevadas considerando que o mosquito tem possibilidades de usar como transporte elevadores, condu√ß√£o de embalagens de materiais em geral, brinquedos, caixas de ferramentas e uma infinidade de outros recursos que podem conduzi-lo at√© a cobertura de qualquer edif√≠cio. Mas suas prefer√™ncias ainda s√£o as baixas alturas, tendo em vista que, sem fazer muito esfor√ßo, consegue alimentar-se e proliferar-se.

 

Ar condicionado e ventilador impedem as picadas do mosquito? N√£o. O ar condicionado pode impedir a entrada do mosquito, j√° que o ambiente est√° fechado. O que existe de verdadeiro nessa hist√≥ria √© que, normalmente, o mosquito se direciona em fun√ß√£o da libera√ß√£o de g√°s carb√īnico, feita pelas vias a√©reas. Ent√£o, pelo fato de o ventilador ou o ar condicionado estarem ligados, o g√°s carb√īnico fica mais dilu√≠do e impediria que o mosquito localizasse a v√≠tima por conta disso.

 

Colocar √°gua sanit√°ria na √°gua ajuda a evitar as larvas? Ajuda. √Č uma das principais medidas. Colocar uma colherzinha de √°gua sanit√°ria na caixa d√°gua, na piscina, nas po√ßas e reten√ß√Ķes de √°gua ajuda a evitar as larvas.

 

Todas as pessoas picadas pelo mosquito transmissor irão elaborar a doença? Primeiro, é preciso que o mosquito esteja contaminado com o vírus.

 

A dengue pode ser contra√≠da mais de uma vez? Ao contrair dengue, a pessoa fica imunizada permanentemente para aquele sorotipo do v√≠rus, mas n√£o para os outros. Dessa forma, uma mesma pessoa pode ter dengue at√© quatro vezes. A segunda infec√ß√£o por qualquer sorotipo da dengue √©, na maioria das vezes, mais grave do que a primeira, independentemente dos sorotipos e de sua seq√ľ√™ncia. Contudo, o tipo 3 mostra-se mais virulento. √Č relevante lembrar, por√©m, que manifesta√ß√Ķes mais graves da dengue podem ocorrer na primeira infec√ß√£o.

 

Por que não se desenvolve uma vacina contra a dengue, da mesma forma que foi feito para a febre amarela? O desenvolvimento de uma vacina contra dengue é mais difícil, porque tem que proteger ao mesmo tempo contra quatro tipos. No caso da febre amarela,só existe um tipo de vírus.

 

Como √© feito o diagn√≥stico de dengue? O diagn√≥stico inicial de dengue √© cl√≠nico (hist√≥ria + exame f√≠sico da pessoa) feito essencialmente por exclus√£o de outras doen√ßas. √Č muito relevante, exemplificativamente, saber se a pessoa n√£o est√° com leptospirose ou doen√ßa meningoc√≥cica, que s√£o trat√°veis com antibi√≥ticos. Feito o diagn√≥stico cl√≠nico de dengue,alguns exames (hemat√≥crito, contagem de plaquetas) podem trazer comunica√ß√Ķes √ļteis quando analisados por um m√©dico,mas n√£o comprovam o diagn√≥stico, uma vez que tamb√©m podem estar alterados em v√°rias outras infec√ß√Ķes. A comprova√ß√£o do diagn√≥stico se for desejada por algum motivo, pode ser feita atrav√©s de sorologia (exame que detecta a presen√ßa de anticorpos contra o v√≠rus do dengue), que come√ßa a ficar reativa ("positiva") a partir do 5¬į dia de doen√ßa.

 

O que √© a "prova do la√ßo"? Ela √© √ļtil para determinar o diagn√≥stico de dengue? A "prova do la√ßo" √© um procedimento realizado com o aparelho de press√£o, na tentativa de verificar fragilidade dos capilares (pequenos vasos sang√ľ√≠neos). O aparelho √© mantido inflado por cinco minutos em uma press√£o intermedi√°ria entre a m√°xima e a m√≠nima (o que pode ser desconfort√°vel), com o escopo de verificar a produ√ß√£o de pet√©quias (pequenos pontos avermelhados). √Č considerado positivo quando aparecem mais de 20 pet√©quias por polegada quadrada. Esse m√©todo n√£o √© eficaz, uma vez que al√©m da dengue, a "prova do la√ßo" pode estar positiva em diversas outras doen√ßas como meningococcemia, leptospirose e rub√©ola e at√© em pessoas saud√°veis. Tamb√©m pode estar negativa nos casos de dengue, inclusive nos mais graves ("hemorr√°gicos"). N√£o ajuda, portanto, a concluir se a pessoa est√° ou n√£o com dengue ou se a dengue √© mais grave.

 

A dengue hemorrágica só ocorre nas pessoas que têm a dengue pela segunda vez? Não, isso é um folclore. Tudo ocorre de acordo com a virulência, quando o vírus tem a capacidade de provocar a doença mais forte. O vírus com essa virulência mais forte, vai depender da própria mutação que eles sofrem no ambiente, aquela que acontece pela seleção natural.

 

Nenhum medicamento cura a dengue? Verdade. Não existe nenhum antiviral que cure a dengue. Quando a pessoa é diagnosticada com dengue, seus sintomas é que são tratados de modo paliativo com analgésico, antitérmico e muita hidratação.

 

Hidrata√ß√£o ajuda a curar a dengue? Verdade. A hidrata√ß√£o √© fundamental para o tratamento da doen√ßa, no entanto, n√£o necessariamente com aplica√ß√£o de soro da veia, pois este recurso √© apenas usado em casos graves. √Č relevante a grande ingest√£o de l√≠quidos via oral mesmo.

 

Quais rem√©dios contra os sintomas da dengue podem acarretar outros complicadores? Por ser uma virose, o tratamento da dengue √© sintom√°tico, n√£o tem medica√ß√£o espec√≠fica para tratamento da doen√ßa. O tratamento da dengue √© baseado no diagn√≥stico adiantada, manejo cl√≠nico (condu√ß√£o m√©dica do caso), e boa hidrata√ß√£o. O uso recomendado de anti-t√©rmico e analg√©sico √© de paracetamol e dipirona. √Č proibido o uso de √°cido acetilsalic√≠lico (e todo o medicamento que contenha esse composto em sua f√≥rmula), pois provoca sangramentos, piorando o quadro de dengue hemorr√°gica. Um cuidado excepcional que necessitamos ter √© com o paracetamol, pois ele ataca o f√≠gado. Portanto, deve ser usado em baixas dosagens. O flavov√≠rus do Aedes aegypti tamb√©m provoca essa agress√£o hep√°tica. Ent√£o, se voc√™ estiver com o v√≠rus da dengue e tomando paracetamol, existe um comprometimento maior da fun√ß√£o hep√°tica e pode ter at√© hepatite. O ideal √© usar a dipirona, pois n√£o tem problema nenhum, exceto para os pacientes al√©rgicos a esse medicamento.

 

FONTES: - CMI Brasil - www.midiaindependente.org - DR. DIMILSON MIGOWSKI - Dengue/acessa.com - www.acessa.com/vidasaudavel/arquivo/saude/2008 - Clínico Geral e Geriatra Dr. lorivaldo Rocha -http://images.ig.com.br/infograficos/guia_da_dengue/especial.html

 

O n√ļmero de mortos em acidentes de tr√Ęnsito no pa√≠s cresceu 38,3% no per√≠odo de 2002 a 2012, de acordo com dados do Mapa da Viol√™ncia 2014.

Mapa da Viol√™ncia 2014Brasil registrou em 2012 o maior n√ļmero absoluto de assassinatos e a taxa mais alta de homic√≠dios desde 1980. Nada menos do que 56.337 pessoas foram mortas naquele ano, num acr√©scimo de 7,9% frente a 2011. A taxa de homic√≠dios, que leva em conta o crescimento da popula√ß√£o, tamb√©m aumentou 7%, totalizando 29 v√≠timas fatais para cada 100 mil habitantes. √Č o que revela a mais nova vers√£o do Mapa da Viol√™ncia, que ser√° lan√ßada nas pr√≥ximas semanas com dados que v√£o at√© 2012.

 

O levantamento √© baseado no Sistema de Informa√ß√Ķes de Mortalidade (SIM), do Minist√©rio da Sa√ļde, que tem como fonte os atestados de √≥bito emitidos em todo o pa√≠s. O autor do mapa, o soci√≥logo Julio Jacobo Waiselfisz, diz que o sistema do Minist√©rio da Sa√ļde foi criado em 1979 e que produz dados confi√°veis desde 1980. As estat√≠sticas referentes a homic√≠dios em 2012, portanto, s√£o recordes dentro da s√©rie hist√≥rica do SIM.

 

Tr√Ęnsito

 

J√° o n√ļmero de mortos em acidentes de tr√Ęnsito no pa√≠s cresceu 38,3% no per√≠odo de 2002 a 2012, de acordo com dados do Mapa.

 

Considerando o aumento populacional no período, o crescimento foi de 24,5%.

 

O crescimento das mortes por acidentes de transporte no país em 2012 frente a 2011 foi de 2,5%. A taxa vem crescendo gradativamente desde o ano 2000.

 

Os Estados de Para√≠ba, Par√°, Maranh√£o e Rond√īnia tiveram crescimento superior a 10% em 2012, enquanto que Amap√° e Distrito Federal conseguiram reduzir suas taxas em 18% e 13%, respectivamente.

 

Roraima tem a maior taxa de mortes no tr√Ęnsito por 100 mil habitantes: 42,4, frente 23,7 da m√©dia nacional. O Amazonas possui o menor √≠ndice, com 14,2.

 

Veja a prévia do Mapa da Violência 2014, clique aqui.


[25]



Coisas que s√£o mentira e coisas que s√£o verdade sobre a Dengue

Precisamos saber que o maior e melhor remédio para combater a doença é a atitude!

Basta secar os lugares onde tem √°gua parada?

Não adianta só secar os reservatórios de água parada, tem que limpar também. O ovo do mosquito pode se manter viável por mais de um ano sem água!

 

O mosquito da dengue pica apenas durante o dia? O mosquito pica apenas durante o dia, mas n√£o faz zumbido.

 

√Č verdade que apenas a f√™mea pica? Sim. Ela necessita do sangue em seu organismo para amadurecer seus ovos e assim dar seq√ľ√™ncia no seu ciclo de vida. Ela pode colocar at√© 500 ovos durante o seu tempo de vida, que varia de 30 a 45 dias, tempo suficiente para picar at√© 300 pessoas.

 

Velas de citronela ou andiroba ajudam no combate ao mosquito? Não, pois esses recursos têm efeito temporário e indeterminado.

 

O inhame e o complexo B ajudam na prevenção da dengue? Não. As pessoas falam que principalmente o complexo B tem um cheiro muito forte e espanta o mosquito, mas não é verdade. Tomar vitamina B para evitar a aproximação do mosquito não se mostra eficaz, uma vez que o efeito varia de acordo com o metabolismo da pessoa, podendo não repelir o mosquito.

 

√Č poss√≠vel distinguir a picada do Aedes aegypti da picada de um mosquito comum? N√£o. A sensa√ß√£o de eventual coceira ou inc√īmodo √© semelhante √† picada de qualquer outro mosquito.

 

A água de piscinas pode servir de criadouro para o mosquito? A resposta é: depende. Se a água estiver bem tratada e com a concentração recomendada de cloro, o mosquito não se desenvolve. Já foi comprovado que a água com cloro e a água salgada funcionam como repelentes. Caso contrário, o mosquito pode se desenvolver sim.

 

Aplicar borra de café na água das plantas e sobre a terra ajuda a combater o Aedes? Não. A eficácia da borra de café na dosagem de duas colheres de sopa para meio copo de água não foi comprovada (já foi verificado na prática que água suja de borra de café desenvolve a larva do mosquito) e a sua utilização não simplifica os cuidados atualmente recomendados que são: a eliminação pratos ou a utilização de pratos justos aos vasos, a colocação de areia até as bordas dos pratos ou eliminar a água e lavar os pratos com bucha e sabão semanalmente.

 

√Č verdade que o mosquito se reproduz mais r√°pido no calor? Que outros h√°bitos o Aedes tem? Sim. No calor, o per√≠odo reprodutivo do mosquito fica mais curto e ele se reproduz com maior velocidade. Isto explica o aumento de casos de dengue no ver√£o. O mosquito fica onde o homem estiver, prefere pic√°-lo a qualquer outra esp√©cie e gosta de √°gua acumulada para colocar seus ovos.

 

No período de inverno a população está livre da doença? Isso deve ser considerado um engano. Durante o frio, a larva entra no estado de hibernação e quando voltam as chuvas e as altas temperaturas, as larvas eclodem e há contaminação novamente. Portanto, o trabalho de vistoria de quintais, terrenos baldios, estabelecimentos e outros locais, bem como, a busca e eliminação de criadouros do mosquito da dengue deve ser constante.

 

O ideal √© usar um repelente ou os inseticidas para evitar as picadas do mosquito? Precisamos ter bastante aten√ß√£o quanto a isso! As duas op√ß√Ķes podem ser utilizadas, tanto passar o repelente ou fazer uso do inseticida, no entanto, temos que lembrar que o uso desses recursos s√£o paleativos, ou seja, s√£o solu√ß√Ķes moment√Ęneas que n√£o resolvem realmente o problema da dengue. Estamos minimamente protegidos temporariamente, pois quando termina o efeito do repelente, por exemplo, estamos novamente expostos ao mosquito que continua nas redondezas e que n√£o teve seus criadouros eliminados. Portanto, o ideal √© atuarmos como vigilantes em nossa casa, no trabalho, na creche e na escola de nossos filhos e em outros locais em que tivermos acesso, com o intuito de eliminarmos os criadouros onde o mosquito deposita seus ovos e se prolifera.

 

√Č verdade que o mosquito n√£o consegue atingir locais altos? O que sabemos sobre os h√°bitos do Aedes aegypti √© que a f√™mea se alimenta de sangue no in√≠cio da manh√£ e mais no final da tarde, o que n√£o impede que nos outros hor√°rios tamb√©m aconte√ßa. Quanto √† capacidade de v√īo, sabemos que possui possibilidade de acesso a alturas como, por exemplo, chegar √† caixa d?√°gua de sua casa, √†s calhas e terra√ßos. Por sua vez, sua potencialidade de v√īo n√£o atingiria um pr√©dio de 4 andares. No entanto, ele pode chegar at√© alturas mais elevadas considerando que o mosquito tem possibilidades de usar como transporte elevadores, condu√ß√£o de embalagens de materiais em geral, brinquedos, caixas de ferramentas e uma infinidade de outros recursos que podem conduzi-lo at√© a cobertura de qualquer edif√≠cio. Mas suas prefer√™ncias ainda s√£o as baixas alturas, tendo em vista que, sem fazer muito esfor√ßo, consegue alimentar-se e proliferar-se.

 

Ar condicionado e ventilador impedem as picadas do mosquito? N√£o. O ar condicionado pode impedir a entrada do mosquito, j√° que o ambiente est√° fechado. O que existe de verdadeiro nessa hist√≥ria √© que, normalmente, o mosquito se direciona em fun√ß√£o da libera√ß√£o de g√°s carb√īnico, feita pelas vias a√©reas. Ent√£o, pelo fato de o ventilador ou o ar condicionado estarem ligados, o g√°s carb√īnico fica mais dilu√≠do e impediria que o mosquito localizasse a v√≠tima por conta disso.

 

Colocar √°gua sanit√°ria na √°gua ajuda a evitar as larvas? Ajuda. √Č uma das principais medidas. Colocar uma colherzinha de √°gua sanit√°ria na caixa d√°gua, na piscina, nas po√ßas e reten√ß√Ķes de √°gua ajuda a evitar as larvas.

 

Todas as pessoas picadas pelo mosquito transmissor irão desenvolver a doença? Primeiro, é preciso que o mosquito esteja contaminado com o vírus.

 

A dengue pode ser contra√≠da mais de uma vez? Ao contrair dengue, a pessoa fica imunizada permanentemente para aquele sorotipo do v√≠rus, mas n√£o para os outros. Dessa forma, uma mesma pessoa pode ter dengue at√© quatro vezes. A segunda infec√ß√£o por qualquer sorotipo da dengue √©, na maioria das vezes, mais grave do que a primeira, independentemente dos sorotipos e de sua seq√ľ√™ncia. Contudo, o tipo 3 mostra-se mais virulento. √Č importante lembrar, por√©m, que manifesta√ß√Ķes mais graves da dengue podem ocorrer na primeira infec√ß√£o.

 

Por que não se desenvolve uma vacina contra a dengue, da mesma forma que foi feito para a febre amarela? O desenvolvimento de uma vacina contra dengue é mais difícil, porque tem que proteger ao mesmo tempo contra quatro tipos. No caso da febre amarela,só existe um tipo de vírus.

 

Como √© feito o diagn√≥stico de dengue? O diagn√≥stico inicial de dengue √© cl√≠nico (hist√≥ria + exame f√≠sico da pessoa) feito essencialmente por exclus√£o de outras doen√ßas. √Č muito importante, por exemplo, saber se a pessoa n√£o est√° com leptospirose ou doen√ßa meningoc√≥cica, que s√£o trat√°veis com antibi√≥ticos. Feito o diagn√≥stico cl√≠nico de dengue,alguns exames (hemat√≥crito, contagem de plaquetas) podem trazer informa√ß√Ķes √ļteis quando analisados por um m√©dico,mas n√£o comprovam o diagn√≥stico, uma vez que tamb√©m podem estar alterados em v√°rias outras infec√ß√Ķes. A comprova√ß√£o do diagn√≥stico se for desejada por algum motivo, pode ser feita atrav√©s de sorologia (exame que detecta a presen√ßa de anticorpos contra o v√≠rus do dengue), que come√ßa a ficar reativa ("positiva") a partir do 5¬į dia de doen√ßa.

 

O que √© a "prova do la√ßo"? Ela √© √ļtil para determinar o diagn√≥stico de dengue? A "prova do la√ßo" √© um procedimento realizado com o aparelho de press√£o, na tentativa de verificar fragilidade dos capilares (pequenos vasos sang√ľ√≠neos). O aparelho √© mantido inflado por cinco minutos em uma press√£o intermedi√°ria entre a m√°xima e a m√≠nima (o que pode ser desconfort√°vel), com o objetivo de verificar a produ√ß√£o de pet√©quias (pequenos pontos avermelhados). √Č considerado positivo quando aparecem mais de 20 pet√©quias por polegada quadrada. Esse m√©todo n√£o √© eficaz, uma vez que al√©m da dengue, a "prova do la√ßo" pode estar positiva em diversas outras doen√ßas como meningococcemia, leptospirose e rub√©ola e at√© em pessoas saud√°veis. Tamb√©m pode estar negativa nos casos de dengue, inclusive nos mais graves ("hemorr√°gicos"). N√£o ajuda, portanto, a concluir se a pessoa est√° ou n√£o com dengue ou se a dengue √© mais grave.

 

A dengue hemorrágica só ocorre nas pessoas que têm a dengue pela segunda vez? Não, isso é um folclore. Tudo ocorre de acordo com a virulência, quando o vírus tem a capacidade de provocar a doença mais forte. O vírus com essa virulência mais forte, vai depender da própria mutação que eles sofrem no ambiente, aquela que acontece pela seleção natural.

 

Nenhum medicamento cura a dengue? Verdade. Não existe nenhum antiviral que cure a dengue. Quando a pessoa é diagnosticada com dengue, seus sintomas é que são tratados de modo paliativo com analgésico, antitérmico e muita hidratação.

 

Hidrata√ß√£o ajuda a curar a dengue? Verdade. A hidrata√ß√£o √© fundamental para o tratamento da doen√ßa, no entanto, n√£o necessariamente com aplica√ß√£o de soro da veia, pois este recurso √© apenas usado em casos graves. √Č importante a grande ingest√£o de l√≠quidos via oral mesmo.

 

Quais rem√©dios contra os sintomas da dengue podem acarretar outros problemas? Por ser uma virose, o tratamento da dengue √© sintom√°tico, n√£o tem medica√ß√£o espec√≠fica para tratamento da doen√ßa. O tratamento da dengue √© baseado no diagn√≥stico precoce, manejo cl√≠nico (condu√ß√£o m√©dica do caso), e boa hidrata√ß√£o. O uso recomendado de anti-t√©rmico e analg√©sico √© de paracetamol e dipirona. √Č proibido o uso de √°cido acetilsalic√≠lico (e todo o medicamento que contenha esse composto em sua f√≥rmula), pois provoca sangramentos, piorando o quadro de dengue hemorr√°gica. Um cuidado excepcional que precisamos ter √© com o paracetamol, pois ele ataca o f√≠gado. Portanto, deve ser usado em baixas dosagens. O flavov√≠rus do Aedes aegypti tamb√©m provoca essa agress√£o hep√°tica. Ent√£o, se voc√™ estiver com o v√≠rus da dengue e tomando paracetamol, existe um comprometimento maior da fun√ß√£o hep√°tica e pode ter at√© hepatite. O ideal √© usar a dipirona, pois n√£o tem problema nenhum, exceto para os pacientes al√©rgicos a esse medicamento.

 

FONTES: - CMI Brasil - www.midiaindependente.org - DR. DIMILSON MIGOWSKI - Dengue/acessa.com - www.acessa.com/vidasaudavel/arquivo/saude/2008 - Clínico Geral e Geriatra Dr. lorivaldo Rocha -http://images.ig.com.br/infograficos/guia_da_dengue/especial.html

 

O n√ļmero de mortos em acidentes de tr√Ęnsito no pa√≠s cresceu 38,3% no per√≠odo de 2002 a 2012, de acordo com dados do Mapa da Viol√™ncia 2014.

Mapa da Viol√™ncia 2014Brasil registrou em 2012 o maior n√ļmero absoluto de assassinatos e a taxa mais alta de homic√≠dios desde 1980. Nada menos do que 56.337 pessoas foram mortas naquele ano, num acr√©scimo de 7,9% frente a 2011. A taxa de homic√≠dios, que leva em conta o crescimento da popula√ß√£o, tamb√©m aumentou 7%, totalizando 29 v√≠timas fatais para cada 100 mil habitantes. √Č o que revela a mais nova vers√£o do Mapa da Viol√™ncia, que ser√° lan√ßada nas pr√≥ximas semanas com dados que v√£o at√© 2012.

 

O levantamento √© baseado no Sistema de Informa√ß√Ķes de Mortalidade (SIM), do Minist√©rio da Sa√ļde, que tem como fonte os atestados de √≥bito emitidos em todo o pa√≠s. O autor do mapa, o soci√≥logo Julio Jacobo Waiselfisz, diz que o sistema do Minist√©rio da Sa√ļde foi criado em 1979 e que produz dados confi√°veis desde 1980. As estat√≠sticas referentes a homic√≠dios em 2012, portanto, s√£o recordes dentro da s√©rie hist√≥rica do SIM.

 

Tr√Ęnsito

 

J√° o n√ļmero de mortos em acidentes de tr√Ęnsito no pa√≠s cresceu 38,3% no per√≠odo de 2002 a 2012, de acordo com dados do Mapa.

 

Considerando o aumento populacional no período, o crescimento foi de 24,5%.

 

O crescimento das mortes por acidentes de transporte no país em 2012 frente a 2011 foi de 2,5%. A taxa vem crescendo gradativamente desde o ano 2000.

 

Os Estados de Para√≠ba, Par√°, Maranh√£o e Rond√īnia tiveram crescimento superior a 10% em 2012, enquanto que Amap√° e Distrito Federal conseguiram reduzir suas taxas em 18% e 13%, respectivamente.

 

Roraima tem a maior taxa de mortes no tr√Ęnsito por 100 mil habitantes: 42,4, frente 23,7 da m√©dia nacional. O Amazonas possui o menor √≠ndice, com 14,2.

 

Veja a prévia do Mapa da Violência 2014, clique aqui.


[26]

A Central de Atendimento √† Mulher atingiu 532.711 registros no ano passado, totalizando quase 3,6 milh√Ķes de liga√ß√Ķes desde que o servi√ßo foi criado em 2005.

Dados e estatísticas sobre violência contra as mulheres

Gráfico Balanço 2013 Disque 180 relação entre vítima e agressor (SPM-PR)

O ¬†√öltimo Balan√ßo ¬†da Central de Atendimento √† Mulher ¬Ė Disque 180, servi√ßo¬†prestado pela Secretaria de Pol√≠ticas para as Mulheres da Presid√™ncia da Rep√ļblica (SPM-PR),¬†aponta que¬†os autores das agress√Ķes relatadas s√£o, em 81% dos casos, pessoas que t√™m ou tiveram v√≠nculo afetivo com as v√≠timas.

Foi constatada uma queda no total de liga√ß√Ķes em 2013, por falta de uma campanha massiva e esgotamento do sistema frente √† demanda. Do total de 106.860 encaminhamentos para a rede de atendimento, 62% foram direcionados ao sistema de seguran√ßa e justi√ßa.

O levantamento aponta que em 2013 subiu de 50% para 70% o percentual de munic√≠pios de origem das chamadas. Cresceu tamb√©m ¬Ėem 20%¬Ė a porcentagem de mulheres que denunciou a viol√™ncia logo no primeiro epis√≥dio.

Os registros indicam tamb√©m que a viol√™ncia f√≠sica representa 54% dos casos relatados e a psicol√≥gica, 30%. No ano, houve 620 den√ļncias de c√°rcere privado e 340 de tr√°fico de pessoas. Foram registradas ainda 1.151 den√ļncias de viol√™ncia sexual em 2013, o que corresponde √† m√©dia de tr√™s liga√ß√Ķes por dia sobre o tema.¬†Leia mais sobre o Balan√ßo 2013 do Disque 180.

Pesquisa apoiada pela¬†Campanha Compromisso e Atitude, em parceria com a¬†Secretaria de Pol√≠ticas para as Mulheres da Presid√™ncia da Rep√ļblica, revela¬†98% da popula√ß√£o brasileira j√° ouviu falar na Lei Maria da Penha e 70% consideram que a mulher sofre mais viol√™ncia dentro de casa do que em espa√ßos p√ļblicos no Brasil. Saiba mais:¬†Pesquisa Percep√ß√£o da Sociedade sobre Viol√™ncia e Assassinatos de Mulheres (Data Popular/Instituto Patr√≠cia Galv√£o, 2013)

[16]

Companhias promovem a√ß√Ķes para estimular consci√™ncia ambiental e reduzir o impacto de suas produ√ß√Ķes no meio ambiente; mercado brasileiro j√° √© o segundo no ranking mundial de consumo sustent√°vel

Sejam p√ļblicas ou privadas, grandes empresas do pa√≠s j√° tomam a dianteira a√ß√Ķes de sustentabilidade com reconhecimento internacional. Cr√©dito: Dow Qu√≠mica/Divulga√ß√£o
Desde a √ļltima d√©cada, a sustentabilidade faz parte da agenda das principais empresas brasileiras p√ļblicas e particulares.
Os gestores do Pa√≠s j√° compreendem que a ado√ß√£o de solu√ß√Ķes sustent√°veis e ecologicamente respons√°veis s√£o cruciais n√£o apenas para melhorar a imagem de suas empresas, como tamb√©m para aumentar a competitividade e rentabilidade dos neg√≥cios.
Não à toa que seis em cada dez empresas sentem que as mudanças climáticas já produzem efeito diário em sua cadeia produtiva. Os dados são de estudo sobre o tema conduzido pelo Instituto Ilos, especializado em logística empresarial. Ainda segundo esse levantamento, quase metade das empresas brasileiras já possui políticas específicas para o setor de sustentabilidade.
As empresas acreditam que dois em cada tr√™s clientes j√° exigem solu√ß√Ķes mais verdes para os servi√ßos que contratam ou produtos que consomem.
E o mercado para o setor no Pa√≠s ainda tem muito para crescer. Segundo pesquisa realizada pela revista National Geographic em 2010, que investigou h√°bitos de 17 mil consumidores em 17 pa√≠ses, o Brasil ocupa a segunda posi√ß√£o no ranking de consumo sustent√°vel. Atr√°s apenas da √ćndia, o Pa√≠s apresenta bons √≠ndices no uso de materiais renov√°veis em suas constru√ß√Ķes e no emprego extensivo de biocombust√≠veis.
Sejam p√ļblicas ou privadas, grandes empresas brasileiras j√° encabe√ßam a√ß√Ķes de sustentabilidade com reconhecimento internacional, por meio de certifica√ß√Ķes espec√≠ficas.
Conheça abaixo algumas delas:
Petrobras
Integrante do Dow Jones Sustainability Index, √≠ndice de sustentabilidade utilizado como par√Ęmetro para an√°lise dos investidores social e ambientalmente respons√°veis, a empresa brasileira foi escolhida pela European Foundation for Management Development para promover um projeto-piloto para capacitar executivos com foco na responsabilidade social.
A Petrobras elaborou um documento, batizado de¬†Diretrizes da Sustentabilidade, que congrega e prioriza as a√ß√Ķes da companhia nesse segmento. As principais a√ß√Ķes se d√£o na √°rea de prote√ß√£o da biodiversidade, ecoefici√™ncia das atividades e opera√ß√Ķes, controle de conting√™ncias e interface social, econ√īmica e cultural das atividades de explora√ß√£o e produ√ß√£o de √≥leo e g√°s na Amaz√īnia.
Paralelamente, a empresa desenvolve diversos projetos de inserção social, como a Rede de Reciclagem de Resíduos, que beneficiou diretamente cerca de 7,2 mil catadores de materiais recicláveis em cinco anos, por meio de 26 projetos desenvolvidos em nove estados.
Banco do Brasil
O Banco firmou um compromisso junto ao Minist√©rio do Meio Ambiente para a realiza√ß√£o de a√ß√Ķes sustent√°veis em seus neg√≥cios, a¬†Agenda 21. Esse documento norteia as atua√ß√Ķes da empresa nessa √°rea, caso, por exemplo, do Desenvolvimento Regional Sustent√°vel (DRS), que oferece linhas de cr√©dito a empresas que promovam a sustentabilidade em suas linhas de produ√ß√£o. Al√©m disso, a¬†Funda√ß√£o Banco do Brasil¬†desenvolve diversas a√ß√Ķes sociais voltadas para o desenvolvimento sustent√°vel e o cuidado ambiental, como a¬†capacita√ß√£o dos apicultores do Piau√≠.
Caixa Econ√īmica Federal
A pol√≠tica ambiental da institui√ß√£o faz parte do¬†Projeto Corporativo de Responsabilidade Social, que desenvolve uma cultura organizacional de sustentabilidade e faz com que empregados, clientes, fornecedores e parceiros pratiquem a√ß√Ķes sustent√°veis, al√©m de estimular o uso de materiais recicl√°veis nas ag√™ncias.
Vale
Uma das empresas líderes globais no setor de mineração, a Vale iniciou em 2010 a implantação do Sistema de Gestão Ambiental (SGA), protocolo baseado nas diretrizes do ISO 14001. O modelo fornece ferramentas para garantir a conformidade legal das atividades, produtos e serviços.
A empresa também promove a recuperação de áreas degradadas e investe na pesquisa de novas tecnologias que permitem aprimorar os sistemas de controle ambiental, na gestão de resíduos e de produtos químicos.
Furnas
Colabora para o Programa de Reaproveitamento de √ďleo Vegetal do Estado do Rio de Janeiro (Prove), al√©m de encabe√ßar o projeto¬†Coleta Seletiva Solid√°ria, que j√° promoveu a reciclagem de 310 toneladas de materiais gerados na sede da empresa, no Rio, e em suas unidades regionais. Os materiais s√£o repassados a associa√ß√Ķes e cooperativas de catadores de lixo.
Itaipu
Bicampe√£ do Ranking Benchmarking dos Detentores de Melhores Pr√°ticas de Sustentabilidade do Pa√≠s, a Itaipu possui uma s√©rie de a√ß√Ķes voltadas ao setor, com destaque para o projetoCultivando √Āgua Boa, que re√ļne 22 associa√ß√Ķes de produtores agr√≠colas que investem em insumos org√Ęnicos e obt√™m renda ao praticar uma atividade que preserva o solo, sem aplica√ß√£o de agrot√≥xicos.
Braskem
Em parceria com a Pl√°sticos Suzuki, a Braskem usa as sobras de sua produ√ß√£o industrial para a confec√ß√£o de bancos, lixeiras e floreiras que j√° foram instalados em espa√ßos p√ļblicos das cidades de Paul√≠nia, em S√£o Paulo, e Macei√≥, nas Alagoas.
denovo
A empresa produz tecidos ecol√≥gicos obtidos a partir de res√≠duos, com especial destaque para o pl√°stico do tipo PET, respons√°vel por 30% dos res√≠duos s√≥lidos coletados nos munic√≠pios brasileiros. Al√©m desse material, a¬†denovo¬†lan√ßa m√£o de sobras e retalhos de outras ind√ļstrias t√™xteis, que seriam descartadas.
Dow Química
Criadas em 1995, as metas de sustentabilidade da empresa do ramo qu√≠mico foram superadas em 2005, ano em que a companhia lan√ßou novos objetivos para o ano de 2015. Reduzir o uso de energia em 25%, diminuir as emiss√Ķes de CO2 em 2,5% ao ano e descobrir ao menos tr√™s inova√ß√Ķes que aumentem a consci√™ncia sustent√°vel da empresa s√£o algumas das metas do grupo.
Natura
Al√©m de realizar a venda de refis em sua linha de produtos, a empresa agrega suas a√ß√Ķes sustent√°veis na marca Ekos. Em associa√ß√£o com 19 comunidades rurais espalhadas pelo Pa√≠s, a Natura promove o¬†manejo sustent√°vel¬†dos ativos envolvidos na produ√ß√£o dos artigos dessa linha.
Desde 2005, a empresa estimula a substituição de matérias-primas de origem animal por aquelas provenientes de fontes renováveis. Além disso, todas as embalagens dos condicionadores e dos refis são feitas com o chamado Plástico Verde, que é 100% reciclável e emite menos carbono em sua confecção que seus congêneres tradicionais.
Wallmart
A empresa de supermercados concentra suas a√ß√Ķes nas √°reas de sustentabilidade em tr√™s eixos: clima e energia, res√≠duos e produtos. O primeiro deles tenta reduzir em at√© 30% o consumo de energia dos pontos de venda; o segundo implementa esta√ß√Ķes para o tratamento e reciclagem de todo o lixo produzido pelas unidades de venda, bem como a redu√ß√£o no volume das embalagens.
O √ļltimo pilar da √°rea sustent√°vel do¬†Wallmart¬†procura estimular o uso de produtos com alta preocupa√ß√£o ambiental, al√©m de reduzir em at√© 70% a presen√ßa de fosfato em detergentes e sab√Ķes em p√≥ usados na limpeza da rede at√© o pr√≥ximo ano e oferecer ao menos um produto org√Ęnico para cada categoria de alimentos comercializada.
[7]

MONTE ALEGRE DE MINAS MG tspan:3m MONTE ALEGRE DE MINAS MG

E o cadastramento escolar deste ano?

O cadastro escolar é realizado anualmente pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), em conjunto com as prefeituras municipais. Devem se inscrever crianças com seis anos completos ou a completar até 30 de junho do ano em que vão começar a estudar, candidatos às vagas nos demais anos do ensino fundamental que estão se transferindo de outros Estados, municípios ou escolas particulares e, ainda, alunos que vão retomar seus estudos.

Em 2014, a inscrição para o Cadastro Escolar será realizada no período de 21/07/2014 a 25/07/2014, nas agências dos Correios em Belo Horizonte e nos Postos de Inscrição definidos pela Comissão Municipal de Cadastramento, nas cidades do interior. Os documentos necessários ao cadastramento estão listados abaixo. Os alunos já matriculados no ensino fundamental de escolas públicas não precisam se cadastrar.

Documentos necessários: Certidão de nascimento (original e cópia); Conta de luz recente (original e cópia); Comprovante de escolaridade, em caso de transferência para a rede pública ou retorno aos estudos. Valor: Gratuito


Já pensou em fazer carreira militar?

As Forças Armadas Brasileiras não são compostas apenas por militares originários do serviço militar obrigatório. É possível ingressar no Exército, Marinha ou Aeronáutica e seguir carreira nos níveis escolares fundamental, médio ou superior e em diversas áreas de atuação, como medicina, comunicação e engenharia, entre outras.

Cada uma das Forças Armadas possui peculiaridades no processo de seleção, porém, homens e mulheres têm a possibilidade de ingressar no serviço militar a partir da adolescência, mediante aprovação em concurso público, de âmbito nacional, em alguma das Escolas de Formação específicas de cada Força.

A situação do jovem que presta o serviço militar obrigatório, cumprindo o que determina a Lei do Serviço Militar, é diferente da situação do jovem que se inscreve para prestar concurso para uma das Escolas da Força. O primeiro, por força da lei, permanece em alguma das Forças Armadas por um período temporário de no máximo oito anos, diferentemente do jovem aprovado em concurso, que poderá seguir a carreira das Armas e permanecerá na Força até passar para a Reserva Remunerada (uma espécie de aposentadoria militar).


Acidente MONTE ALEGRE DE MINAS MG
Crime MONTE ALEGRE DE MINAS MG
Policia MONTE ALEGRE DE MINAS MG
Eleicao MONTE ALEGRE DE MINAS MG


*noticiasdeminas.net - todos os direitos reservados.