BLOG DE NOTICIAS DE LAGAMAR

Notícias e Assuntos de Interesse da Cidade



Proposta inclui 22 municípios mineiros em região de desenvolvimento Lagamar, Lagoa Grande, Natalândia, Paracatu, Pintópolis, Presidente Olegário, Riachinho, Santa Fé de Minas, São Gonçalo do Abaeté, São Romão, Uruana de Minas, Urucuia, Varjão de Minas, Vazante e Chapada Gaúcha, todos localizados em Minas Gerais.
Obituário - 06 de setembro de 2014 Natural de São João da Mata (MG). Dia 5. Cemitério Nossa Senhora do Carmo, Curuçá. YOLANDA TIEPO, 77. Natural de Serra Negra (SP). Dia 4. Cemitério da Saudade, Vila Assunção. ETELVINA ALVES FAURA, 77. Natural de Lagamar (MG). Dia 4. Cemitério ... 

Últimas notícias de LAGAMAR MG:


Guilherme celebra vitória sobre Goiás e dois primeiros gols no Brasileirão O meia Guilherme desencantou! Nesta quinta-feira, o jogador marcou duas vezes e ajudou o Atlético-MG a vencer o Goiás por 3 a 2, no Serra Dourada, em Goiânia, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro (confira os gols da partida no vídeo ao lado).
Atlético-MG Com um primeiro tempo perfeito, o Atlético-MG superou os vários desfalques em campo e, mesmo fora de casa, conseguiu bater o Goiás por 3 a 2, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, jogando no Serra Dourada, a equipe mineira ...

Em 45 minutos Atlético-MG supera Goiás e volta a sonhar com G4 O Atlético-MG se deu o luxo de poupar alguns jogadores importantes na partida desta quinta-feira, contra o Goiás, no Serra Dourada, e mesmo assim, encontrou muita facilidade para vencer os esmeraldinos por 3 a 2, em noite terrível da defesa goiana.
Goiás x Atlético-MG: Terra acompanha minuto a minuto O Atlético-MG não consegue engrenar no Campeonato Brasileiro, e a cada rodada vê o G-4 mais distante. Para manter vivo o sonho de ao menos chegar ao grupo dos quatro primeiros, o Galo precisa começar a vencer fora de casa. Uma boa oportunidade será ...
Atlético-MG supera Goiás e volta a sonhar com G-4 GOIÂNIA - O Atlético-MG se deu o luxo de poupar alguns jogadores importantes na partida desta quinta-feira, contra o Goiás, no Serra Dourada, e mesmo assim, encontrou muita facilidade para vencer os esmeraldinos por 3 a 2, em noite terrível da defesa ...

Tempo e Temperatura:

Atlético-MG Com um primeiro tempo perfeito, o Atlético-MG superou os vários desfalques em campo e, mesmo fora de casa, conseguiu bater o Goiás por 3 a 2, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, jogando no Serra Dourada, a equipe mineira ...
Em 45 minutos Atlético-MG supera Goiás e volta a sonhar com G4 O Atlético-MG se deu o luxo de poupar alguns jogadores importantes na partida desta quinta-feira, contra o Goiás, no Serra Dourada, e mesmo assim, encontrou muita facilidade para vencer os esmeraldinos por 3 a 2, em noite terrível da defesa goiana.
Atlético-MG poupa Tardelli, Luan e Leonardo Silva e terá a volta de Jô 13.fev.2013 - Jô comemora após abrir o placar pelo Atlético-MG contra o São Paulo Marcus Desimoni/UOL Mais Atacante Jô participa de jogo-treino do Atlético-MG na Cidade do Galo (23/1/2013) Bruno Cantini/site oficial do Atlético-MG Mais Jô e Rosinei ...
América-MG sente dura punição e perde para Bragantino O América-MG não conseguiu se reabilitar no Campeonato Brasileiro da Série B, nesta terça-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte, e perdeu para o Bragantino por 2 a 0 - com gols de Sandro, de falta, e de Cesinha, de cabeça - pela 23.
Proposta inclui 22 municípios mineiros em região de desenvolvimento Lagamar, Lagoa Grande, Natalândia, Paracatu, Pintópolis, Presidente Olegário, Riachinho, Santa Fé de Minas, São Gonçalo do Abaeté, São Romão, Uruana de Minas, Urucuia, Varjão de Minas, Vazante e Chapada Gaúcha, todos localizados em Minas Gerais.
Obituário - 06 de setembro de 2014 Natural de São João da Mata (MG). Dia 5. Cemitério Nossa Senhora do Carmo, Curuçá. YOLANDA TIEPO, 77. Natural de Serra Negra (SP). Dia 4. Cemitério da Saudade, Vila Assunção. ETELVINA ALVES FAURA, 77. Natural de Lagamar (MG). Dia 4. Cemitério ... 
Guilherme celebra vitória sobre Goiás e dois primeiros gols no Brasileirão O meia Guilherme desencantou! Nesta quinta-feira, o jogador marcou duas vezes e ajudou o Atlético-MG a vencer o Goiás por 3 a 2, no Serra Dourada, em Goiânia, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro (confira os gols da partida no vídeo ao lado).
Atlético-MG Com um primeiro tempo perfeito, o Atlético-MG superou os vários desfalques em campo e, mesmo fora de casa, conseguiu bater o Goiás por 3 a 2, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, jogando no Serra Dourada, a equipe mineira ...
Bragantino vence abalado América-MG e 'segura' adversário na lanterna América aguarda resposta do STJD ao pedido de efeito suspensivo da punição Recurso do América-MG tentará responsabilizar CBF por atleta irregular STJD tira 21 pontos por uso irregular de lateral e América-MG vira lanterna Irmão de Castán se redime ...
América-MG confia em reviravolta após perda de 21 pontos na Série B O América-MG recebe o Bragantino na noite desta terça-feira. Mas o assunto no Independência é a perda de 21 pontos na Série B em punição do STJD pela escalação irregular do lateral Eduardo. Antes da partida, o advogado Henrique Saliba concedeu ...
Atlético-MG e Grêmio empatam em 0 a 0 BELO HORIZONTE - No Estádio Independência, em Belo Horizonte, o Atlético-MG recebeu o Grêmio e a partida ficou no 0 a 0. Com este resultado, os mineiros perderam uma boa oportunidade de encostar no G-4, e com 31 pontos estão na oitava colocação.< /li>

LAGAMAR MG tspan:3m LAGAMAR MG
Selecionamos as principais notícias da cidade de LAGAMAR MG. Os acontecimentos políticos, acidentes de trânsito nas rodovias, fatos do centro, dos bairros e do interior. Pesquisamos também os jornais locais e as redes sociais, bem como o site da prefeitura.

O trabalho jornalístico consiste em captação e tratamento escrito, oral, visual ou gráfico, da informação em qualquer uma de suas formas e variedades. O trabalho é normalmente dividido em quatro etapas distintas, cada qual com suas funções e particularidades: pauta, apuração, redação e edição.A pauta é a seleção dos assuntos que serão abordados. É a etapa de escolha sobre quais indícios ou sugestões devem ser considerados para a publicação final. A apuração é o processo de averiguar informação em estado bruto (dados, nomes, números etc.). A apuração é feita com documentos e pessoas que fornecem informações, chamadas de fontes. A interação de jornalistas com suas fontes envolve freqüentemente questões de confidencialidade.A redação é o tratamento das informações apuradas em forma de texto verbal. Pode resultar num texto para ser impresso (em jornais, revistas e sites) ou lido em voz alta (no rádio, na TV e no cinema). A edição é a finalização do material redigido em produto de comunicação, hierarquizando e coordenando o conteúdo de informações na forma final em que será apresentado. Muitas vezes, é a edição que confere sentido geral às informações coletadas nas etapas anteriores. No jornalismo impresso (jornais e revistas), a edição consiste em revisar e cortar textos de acordo com o espaço de impressão pré-definido. A diagramação é a disposição gráfica do conteúdo e faz parte da edição de impressos. No radiojornalismo, editar significa cortar e justapor trechos sonoros junto a textos de locução, o que no telejornalismo ganha o adicional da edição de imagens em movimento.

Tags: Últimas Notícias, LAGAMAR MG, Cidade, Interior, Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado, Domingo, Carro, Eleições, Crime, Estrada, Rodovia, Acesso, Greve, Eleições, Festa, Granizo, Chuva, Enchente,Aniversário, Prêmio, Mês, Fim de Semana, Hoje, Ontem, Anteontem, Hora, Pouco Tempo, Agora há Pouco, Mulher, Homem, Família, Criança, Portal,Pessoas, Como saber, Onde eu Acho, Site, Blog, Diário,Protesto,Inauguração, Cassação, Cassado, Show, Apresentação, Espetáculo, Fotos, Vídeos, Imagens, Previsão, Caminhão, Vítimas, Situação, Oposição, Eleições, Enquete, Votos, Apuração, Trânsito, Operação, PF, Delegacia, Praia, Localidade, Animais, Ver Fotos.

O número de mortos em acidentes de trânsito no país cresceu 38,3% no período de 2002 a 2012, de acordo com dados do Mapa da Violência 2014.

Mapa da Violência 2014Brasil registrou em 2012 o maior número absoluto de assassinatos e a taxa mais alta de homicídios desde 1980. Nada menos do que 56.337 pessoas foram mortas naquele ano, num acréscimo de 7,9% frente a 2011. A taxa de homicídios, que leva em conta o crescimento da população, também aumentou 7%, totalizando 29 vítimas fatais para cada 100 mil habitantes. É o que revela a mais nova versão do Mapa da Violência, que será lançada nas próximas semanas com dados que vão até 2012.

 

O levantamento é baseado no Sistema de Informações de Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, que tem como fonte os atestados de óbito emitidos em todo o país. O autor do mapa, o sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, diz que o sistema do Ministério da Saúde foi criado em 1979 e que produz dados confiáveis desde 1980. As estatísticas referentes a homicídios em 2012, portanto, são recordes dentro da série histórica do SIM.

 

Trânsito

 

Já o número de mortos em acidentes de trânsito no país cresceu 38,3% no período de 2002 a 2012, de acordo com dados do Mapa.

 

Considerando o aumento populacional no período, o crescimento foi de 24,5%.

 

O crescimento das mortes por acidentes de transporte no país em 2012 frente a 2011 foi de 2,5%. A taxa vem crescendo gradativamente desde o ano 2000.

 

Os Estados de Paraíba, Pará, Maranhão e Rondônia tiveram crescimento superior a 10% em 2012, enquanto que Amapá e Distrito Federal conseguiram reduzir suas taxas em 18% e 13%, respectivamente.

 

Roraima tem a maior taxa de mortes no trânsito por 100 mil habitantes: 42,4, frente 23,7 da média nacional. O Amazonas possui o menor índice, com 14,2.

 

Veja a prévia do Mapa da Violência 2014, clique aqui.


Desmame natural propicia uma transição mais tranquila, menos estressante para mãe e criança

Desmame natural propicia uma transição mais tranquila, menos estressante para mãe e criança

O leite materno protege e diminui o risco da criança elaborar doenças crônicas. Há evidências de que o aleitamento contribui para o desenvolvimento cognitivo e, por isso, crianças amamentadas com leite materno tendem a ser mais inteligentes. A amamentação é recomendada até os dois anos de idade ou mais.

É usual que a criança, aos poucos, com a ingestão de novos alimentos, perca o interesse pela mama. O desmame é um processo natural definido pela mãe e pelo bebê. No desmame natural, a criança se autodesmama, o que pode ocorrer em diferentes idades, em média entre os dois e quatro anos.

Luciana Martins, mãe do Victor Hugo de 2 anos e 1 mês, garante que seu filho só deixará de mamar quando demonstrar o desinteresse pelo leite materno. “Sempre ouço dizerem que está na hora do meu filho parar de mamar e eu sempre digo que a hora é ele quem vai escolher”, afirma. O desmame costuma ser gradual, mas também pode ser súbito, mas é a mãe e criança que definirão participando ativamente desse processo.

Alguns sinais ajudam a entender que a criança está madura e deseja parar de mamar, como a diminuição e perda de interesse nas mamadas, quando aceita não ser amamentada em certas ocasiões e locais e às vezes dorme sem mamar no peito ou prefere brincar ou fazer outra atividade com a mãe em vez de mamar.

O desmame natural propicia uma transição mais tranquila, menos estressante para mãe e criança. O desmame abrupto deve ser desencorajado, pois se a criança não está pronta, ela pode se sentir rejeitada pela mãe, ocasionando intranquilança. Para a mãe, o desmame abrupto pode precipitar o ingurgitamento mamário, tristeza ou depressão e alterações hormonais.

Em alguns casos, o desmame pode ocorrer sem o desejo da mãe ou sem que a criança esteja pronta, como: rejeição do seio pela criança, trabalho da mãe fora do lar, hospitalização da criança, complicadores nas mamas. Muitos desses complicadores podem ser manejados e evitados. Em todos os casos cabe ao profissional de saúde estar apto a orientar a mãe nesse processo, respeitando o desejo e a decisão dela.

 

“Se permanecermos no andamento atual, caminhamos para nos colocar entre os três países do mundo que mais matam pessoas no trânsito”

A Assembleia-Geral das Nações Unidas editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de ações para a tranquilança no trânsito". O documento foi elaborado com base em estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) que contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Aproximadamente 50 milhões de pessoas sobreviveram com sequelas.

São 3 mil vidas perdidas por dia nas estradas e ruas ou a nona maior causa de mortes no mundo. Os acidentes de trânsito são o primeiro responsável por mortes na faixa de 15 a 29 anos de idade, o segundo na faixa de 5 a 14 anos e o terceiro na faixa de 30 a 44 anos. Atualmente, esses acidentes já representam um custo de US$ 518 bilhões por ano, ou um percentual entre 1% e 3% do produto interno bruto de cada país.

Se nada for feito, a OMS estima que 1,9 milhão de pessoas devem morrer no trânsito em 2020 (passando para a quinta maior causa) e 2,4 milhões, em 2030. Nesse período, entre 20 milhões e 50 milhões de pessoas sobreviverão aos acidentes a cada ano com traumatismos e ferimentos. A intenção da ONU com a "Década de ação para a tranquilança no trânsito" é poupar, por meio de planos nacionais, regionais e mundial, 5 milhões de vidas até 2020.

O Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, precedido por Índia, China, EUA e Rússia e seguido por Irã, México, Indonésia, África do Sul e Egito. Juntas, essas dez nações são responsáveis por 62% das mortes por acidente no trânsito.

O problema é mais grave nos países de média e baixa renda. A OMS estima que 90% das mortes acontecem em países em desenvolvimento, entre os quais se inclui o Brasil. Ao mesmo tempo, esse grupo possui menos da metade dos veículos do planeta (48%), o que demonstra que é muito mais arriscado dirigir um veículo — especialmente uma motocicleta — nesses lugares.

As previsões da OMS indicam que a situação se agravará mais justamente nesses países, por conta do aumento da frota, da falta de planejamento e do baixo investimento na tranquilança das vias públicas. “Se permanecermos no andamento atual, caminhamos para nos colocar entre os três países do mundo que mais matam pessoas no trânsito”, afirma o especialista de trânsito Eduardo Biavati.

  

Você sabia que toda bagagem que entra no Brasil deve ser declarada?

Na vinda ao País, todo viajante maior de 16 anos de idade é obrigado a apresentar sua própria declaração de bagagem acompanhada (DBA), devidamente assinada, para a devida tributação, se for o caso.

Porém, é permitida a entrada sem pagamentos de tributos em bagagem acompanhada de livros, folhetos e periódicos, bens de uso ou consumo pessoal do viajante, bens nacionais ou nacionalizados que estejam retornando ao país e outros bens adquiridos no exterior, observando o limite de valor global, de US$ 500,00 (quinhentos dólares dos Estados Unidos), e do limite quantitativo.

Conheça as regras:

Como procedo em relação a bens que comprei no exterior?

Na vinda ao Brasil, todo viajante maior de 16 anos de idade é obrigado a apresentar sua própria declaração de bagagem acompanhada (DBA), devidamente assinada. Os formulários são fornecidos gratuitamente pelas empresas de transporte internacional de passageiros e nas repartições aduaneiras. As instruções de preenchimento constam no próprio formulário. Em caso de preenchimento incompleto ou inexato da DBA ou escolha indevida do canal “nada a declarar”, além da cobrança do imposto devido, será aplicada multa de 50% sobre o valor excedente ao limite de isenção, sem prejuízo de outras sanções, inclusive penais, quando for o caso.

O que eu posso trazer do exterior sem pagar tributos?

Em bagagem acompanhada, é permitida a entrada, sem pagamentos de tributos, de livros, folhetos e periódicos, bens de uso ou consumo pessoal do viajante, bens nacionais ou nacionalizados que, comprovadamente, estejam retornando ao país, e outros bens adquiridos no exterior, observando o limite de valor global e o limite quantitativo.

Quais são os bens de consumo pessoal?

São apenas os artigos de vestuário, higiene e demais bens de caráter manifestamente pessoal, de natureza e em quantidade compatíveis com as circunstâncias da viagem.

Exemplos: roupas, calçados, óculos, um relógio usado, uma máquina fotográfica usada, um telefone celular usado. Notebooks e filmadoras não são isentos.

Como eu posso comprovar que eu não comprei um bem no periodo de a viagem?

A comprovação de que um bem não foi adquirido no periodo de a viagem pode ser feita utilizando qualquer meio idôneo.

Exemplos: nota fiscal emitida por estabelecimento domiciliado no Brasil, apresentação de DBA, devidamente desembaraçada, contendo a descrição detalhada de bens adquiridos no exterior em outra viagem etc. A Receita Federal do Brasil não emite documentos para comprovação da saída ao exterior de bens constantes da bagagem do viajante.

Eu posso somar o meu limite de isenção tributária ao de outra pessoa que esteja comigo?

Não. O limite de isenção tributária é pessoal, intransferível e só pode ser utilizado uma vez a cada intervalo de um mês. Não é possível somar os limites de isenção de um casal, exemplificativamente, para trazer bens de valor superior ao limite individual, sem o pagamento de tributos.

Preciso declarar valores em dinheiro?

Na vinda ou saída do Brasil, o viajante que estiver portando valores em espécie (dinheiro) superiores a R$ 10.000,00 (dez mil reais) ou o equivalente em outra moeda deverá apresentar declaração de porte de valores (e-DPV), via internet, no site da Receita Federal. A fiscalização aduaneira verificará a exatidão da declaração e exigirá documentos específicos que comprovem a aquisição lícita dos valores.

E as compras que realizei no free shop?

Compras realizadas a bordo, em free shop, no exterior ou na saída do Brasil são consideradas bens adquiridos no exterior. Não são computadas no limite de isenção tributária de US$ 500,00 (quinhentos dólares dos Estados Unidos) compras no free shop de vinda ao Brasil.


[20]



Vamos acabar com a sacolinha na cidade?

Erradicar a sacolinha Há um grupo de trabalho do Meio Ambiente que estuda opções viáveis a serem apresentadas ao consumidor. Se o cidadão for às compras com sacola retornável (como as de feira), ecobags(reutilizável e feita em material renovável), carrinho de feira, caixa de madeira ou mochila, o custo será zero. Poderá reutilizar caixas de papelão cedidas pelo supermercado, informa a Apas.

Mas se preferir a sacola descartável, o consumidor terá de pagar pelo uso da embalagem ecologicamente correta e disponível no supermercado. "A ideia não é vender sacolinha, mas incentivar o consumidor a utilizar as retornáveis. O supermercado não terá margem de lucro porque repassará o mesmo valor cobrado pelo fabricante da embalagem", frisa o vice-presidente da Apas. O supermercado venderá, também, caixas de papelão novas para montagem.

Sacola biodegradável, feita de amido de milho, está sendo comercializada a R$ 0,19 em Jundiaí, a primeira cidade de São Paulo a por fim à circulação de sacolas plásticas. A maioria dos moradores de Jundiaí optou por levar sacolas retornáveis e carrinhos de feira e poucos desembolsaram pela embalagem biodegradável. Iniciada no final do ano passado, a substituição de embalagem teve adesão de 95% dos supermercados de Jundiaí e recebeu a aprovação de 75% da população, informa a Apas. A prática foi adotada, também, na cidade de Monte Mor.

Estilo de vida sustentável "Jundiaí e Monte Mor são exemplos de que é possível criar práticas sustentáveis. Campanhas de conscientização e a contribuição da população e do governo são fundamentais", argumenta Morando. A pasta do Meio Ambiente diz que essa discussão é antiga e cada vez mais os países mudam o estilo de vida em favor de produtos ecologicamente corretos. "É fundamental para diminuir os impactos ambientais e São Paulo tem a responsabilidade de conscientizar a população sobre as consequências dos seus próprios hábitos de consumo".

O uso das atuais sacolas descartáveis traz diversos impactos ambientais. Começa por ser derivada do petróleo, que é uma fonte de energia não renovável. No Brasil são produzidas 210 mil toneladas anuais de plástico filme (matéria-prima da sacola) que resultam em 18 bilhões de sacolas. Segue pela produção que utiliza grande volume de água e gera resíduos industriais. Há ainda o uso inadequado e descarte na rua, o que leva o material às galerias e bueiros. Isso causa entupimentos e enchentes, polui a água e o solo e traz prejuízo à vida de animais marinhos. Por fim, há também um descarte considerável em aterros sanitários, onde as sacolas ficam por 100 anos (tempo necessário para se decompor e se misturar ao solo).

Embalagem alternativa A sacola biodegrável é feita de material renovável (amido de milho, mandioca, batata) e se desfaz em até 180 dias em usina de compostagem e em dois anos em aterro. Quem utiliza as sacolas derivadas de petróleo no armazenamento de lixo caseiro terá de substituí-las pelos sacos pretos (feito de plástico reciclado) ou aprender a fazer sacola com o jornal (acomodar resíduos orgânico na lixeira) ou comprar as biodegradáveis. 

Segundo a Secretaria do Meio Ambiente, não há medida única para solucionar o impacto ambiental, mas sim ações que minimizam o problema da produção de resíduos sólidos e que passam pela coleta seletiva, educação ambiental e conscientização, principalmente dos jovens, sobre a importância de uso e consumo sustentáveis. Ainda de acordo com a Secretaria, a mão-de-obra utilizada na produção das sacolas derivadas de petróleo poderá ser aproveitada na produção de embalagens alternativas.

Destino final poluente O destino final das sacolas plásticas derivadas de petróleo são aterros sanitários ou as ruas e os bueiros quando há descarte inadequado. Nos aterros, as sacolas não se desintegram (demora 100 anos para se desfazer), mas os resíduos contidos dentro delas sim o que gera gás metano. Quando chega à atmosfera o gás causa o efeito estufa. Das vias públicas - onde entope bueiros e provoca enchentes - a sacola segue para galerias, tubulações e chega aos rios e mares prejudicando a vida aquática. [21]

A servidora pública Maria Zélia Barbosa Garcia voltou a trabalhar 8 anos após a aposentadoria

Volta ao mercado de trabalhadores aposentados é um fenômeno recente no Brasil e está associado às melhorias nas condições de saúde da população.

Já se foi o tempo em que pessoas com mais de 65 anos não conseguiam uma colocação no mercado de trabalho. Segundo o Ministério do Trabalho, os setores público e privados contrataram 320 mil maiores de 65 anos em vagas formais em 2009 – 7,08%  mais do que no ano anterior.

Para a pesquisadora do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), Ana Amélia Camarano, a volta de trabalhadores aposentados é um fenômeno recente no Brasil e está fortemente associado às melhorias nas condições de saúde da população. “Os 70 anos de hoje equivalem aos 50 de décadas atrás”, diz. Além disso, dois motivos levam as pessoas de voltarem à ativa: as de escolaridade mais baixa precisam complementar a renda e as escolarizadas estão sendo procuradas pelo mercado. “Basta observar que todos sempre procuram médicos e advogados com mais experiência, a qual só é alcançada com a idade”, analisa Camarano.

Além dos constantes recordes de geração de empregos, as empresas optam por esses profissionais quando a atividade exige mais lentidão, responsabilidade, disponibilidade e respeito ao horário. “As pessoas estão chegando à velhice com muita capacidade, o que faz com que elas não queiram ficar em casa, e podem se dedicar muito mais do que um jovem, que tem sua atenção dividida entre festas, estudos e outros empregos”, explica Sílvia Regina Mendes Pereira, presidente da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia.

Para os geriatras, o trabalho pode proporcionar longevidade, pois a rotina imposta ajuda a inserir o idoso na sociedade, cria círculos de amizades, estimula a memória e a concentração. Mas os especialistas lembram que é importante analisar se a atividade demanda grande esforço físico: carregar peso, ficar muito tempo em pé ou se é muito cansativa. “Não existe idade máxima para se trabalhar, existe a capacidade que a pessoa tem”, avalia Sílvia Regina.

O auditor aposentado Dílson Senna Souza, aos 82 anos, optou por trabalhar voluntariamente no sindicato de sua categoria. “Queria dar a minha contribuição”, diz o diretor do Sindicato dos Auditores Fiscais do Trabalho do Estado da Bahia.
[8]

Nunca é demais relembrar alguns conselhos úteis para não se cair em golpes. A Polícia Militar de Minas catalogou alguns desses conselhos:

Golpes Diversos
  • Não compre tapetes havidos como de procedência estrangeira de "turistas" desconhecidos em aperturas financeiras... É o conto do Magliari; são produtos nacionais de baixa qualidade, desprovidos de etiquetas, negociados como falso contrabando, por preços várias vezes superiores ao real;
  • Cuidado com benzedeiras, rezas, e despachos. Denuncie os exploradores da credulidade pública e jamais permita que um deles entre em sua casa;
  • Não acredite em "honrosas ofertas" de compra de lotes de terreno por telefone. Há malandros que vivem à custa do chamado trabalho de macaco, ou seja, conversa fiada pelo telefone para impingir terrenos "frios" aqueles que crêem estar falando com pessoas de projeção;
  • Reserve seus donativos para entidades idôneas credenciadas pelo Serviço Social do Estado e Serviço de Fiscalização das Associações de Caridade. Não confie na conversa de angariadores que não exibam credenciais legítimas;
  • Não acredite em "Revelações" e Profecias feitas por ciganas que apareçam em sua casa. Elas só desejam se apropriar de seus valores. Chame a polícia;
  • Uísque falsificado é antes de tudo um produto nocivo a sua saúde. Acautele-se contra os espertalhões que vendem gato por lebre;
  • Quando estiver transportando valores não se deixe distrair por qualquer motivo. Cuidado com os descuidistas que vigiam e que querem furtá-lo;
  • Não dê esmolas pelo telefone ou pelo correio. No geral quem solicita dessa forma não tem coragem de fazê-lo pessoalmente. É vigarice.
  • Ao vender qualquer de seus bens, não se impressione com o alto preço ofertado, investigue antes a idoneidade do comprador;
  • Não se deixe levar pelas promessas de curandeiros e charlatões que falam em curas milagrosas. Eles só querem apropriar-se de seu dinheiro em prejuízo de sua saúde;
  • Desconfie sempre do fiscal rigoroso que rapidamente se prontifica a quebrar o galho mediante propina - é um malandro. Chame o policial mais próximo;
  • Não confie a guarda ou o transporte de valores a menores ou pessoas inexperientes. Se for obrigado a fazê-lo, alerte-os contra a ação dos vigaristas que agem nos centros bancários;
  • Ao fazer negócios com desconhecidos não se deixe embair por referências favoráveis colhidas em fontes igualmente desconhecidas. Procure confirmar as informações recebidas com pessoas de sua confiança;
  • Ao investir suas economias em um consórcio, não acredite em todas as promessas do vendedor e leia com atenção o contrato que vai assinar para não se arrepender mais tarde;
  • Pessoa simplória que o aborda na rua com um bilhete premiado para receber é um malandro que deseja lesá-lo. Chame o policial mais próximo;
  • Se você for interpelado por alguém que se diz policial, exija a exibição de sua cédula de identidade funcional. É um direito seu e sua garantia;
  • Cheque visado dado em pagamento por desconhecidos, fora do expediente bancário, deve ser confirmado pelo banco sacado antes de ser aceito como dinheiro em espécie;
  • A Casa da Moeda não tem filial. Não acredite em métodos especiais de reproduzir dinheiro verdadeiro. É o conto da guitarra, chame a polícia;
  • Agências de emprego que cobram taxas antecipadas, a pretexto de conseguir colocações, não passam de arapucas disfarçadas. Denunciem-nas.
  • Desconfie sempre do providencial mecânico que aparece quando seu carro enguiça na rua sem motivo aparente. É o conto do mergulho;
  • Seu carnê foi premiado? Parabéns! Todavia não pague nada a ninguém até certificar-se sobre o resultado do sorteio;
  • A ambição desmedida do lucro fácil favorece o engodo preparado pelos vigaristas. Não se deixe levar por ofertas fabulosas e negócios da China;
  • Ao ser procurado por um desconhecido que lhe dá uma notícia trágica, não se precipite. Procure antes a confirmação e não lhe entregue dinheiro;
  • Não confie sua carga a carreteiros desconhecidos, portadores de documentação duvidosa. O frete poderá custar mais caro do que você pensa;
  • Negócios muito vantajosos que surgem da noite para o dia geralmente dissimulam um bem engendrado conto do vigário. Tenha cuidado!
[4]

LAGAMAR MG tspan:3m LAGAMAR MG

E o cadastramento escolar deste ano?

O cadastro escolar é realizado anualmente pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), em conjunto com as prefeituras municipais. Devem se inscrever crianças com seis anos completos ou a completar até 30 de junho do ano em que vão começar a estudar, candidatos às vagas nos demais anos do ensino fundamental que estão se transferindo de outros Estados, municípios ou escolas particulares e, ainda, alunos que vão retomar seus estudos.

Em 2014, a inscrição para o Cadastro Escolar será realizada no período de 21/07/2014 a 25/07/2014, nas agências dos Correios em Belo Horizonte e nos Postos de Inscrição definidos pela Comissão Municipal de Cadastramento, nas cidades do interior. Os documentos necessários ao cadastramento estão listados abaixo. Os alunos já matriculados no ensino fundamental de escolas públicas não precisam se cadastrar.

Documentos necessários: Certidão de nascimento (original e cópia); Conta de luz recente (original e cópia); Comprovante de escolaridade, em caso de transferência para a rede pública ou retorno aos estudos. Valor: Gratuito


Já pensou em fazer carreira militar?

As Forças Armadas Brasileiras não são compostas apenas por militares originários do serviço militar obrigatório. É possível ingressar no Exército, Marinha ou Aeronáutica e seguir carreira nos níveis escolares fundamental, médio ou superior e em diversas áreas de atuação, como medicina, comunicação e engenharia, entre outras.

Cada uma das Forças Armadas possui peculiaridades no processo de seleção, porém, homens e mulheres têm a possibilidade de ingressar no serviço militar a partir da adolescência, mediante aprovação em concurso público, de âmbito nacional, em alguma das Escolas de Formação específicas de cada Força.

A situação do jovem que presta o serviço militar obrigatório, cumprindo o que determina a Lei do Serviço Militar, é diferente da situação do jovem que se inscreve para prestar concurso para uma das Escolas da Força. O primeiro, por força da lei, permanece em alguma das Forças Armadas por um período temporário de no máximo oito anos, diferentemente do jovem aprovado em concurso, que poderá seguir a carreira das Armas e permanecerá na Força até passar para a Reserva Remunerada (uma espécie de aposentadoria militar).


Acidente LAGAMAR MG
Crime LAGAMAR MG
Policia LAGAMAR MG
Eleicao LAGAMAR MG


*noticiasdeminas.net - todos os direitos reservados.