BLOG DE NOTICIAS DE ITURAMA

Notícias e Assuntos de Interesse da Cidade

Últimas notícias de ITURAMA MG:

Uberaba √© a primeira cidade do interior a receber a C√ļpula da Seguran√ßa P√ļblica em 2013




Dilma defende presidente da Petrobr√°s


ÔĽŅ

Dilma defende presidente da Petrobr√°s Ontem, em Iturama (MG), Dilma afirmou que suspeita de interesses obscuros no processo do TCU. "Acredito que tem por trás dele (do processo) outros interesses", disse durante visita a obras da Ferrovia Norte Sul, no Triângulo Mineiro. "Acho que é um ...
Veja como foi a sexta-feira (8) dos principais candidatos √† presid√™ncia De São Paulo, seguiu para Votuporanga, no noroeste paulista e depois para Iturama, em Minas Gerais, onde visitou obras da ferrovia norte-sul, que prometeu concluir. Nós temos que desmatar menos, cuidar das nascentes, fazer adutoras, barramentos ...
Dilma faz defesa p√ļblica de Foster Iturama, MG – A presidente Dilma Rousseff voltou a defender ontem a presidente da Petrobras, Graça Foster. Durante um evento de campanha em Iturama (MG), onde vistoriou obras da ferrovia Norte-Sul, ela disse que "não há qualquer processo que pese ...

Consiga um emprego AGORA MESMO em ITURAMA MG:

Empregos Manager Online
Dilma diz que julgamento de Pasadena pelo TCU ‚Äútem outros interesses‚ÄĚ ITURAMA (MG) - A presidente Dilma Rousseff defendeu nesta sexta-feira a presidente da Petrobras, Graça Foster, e classificou como um "absurdo" ela e os diretores da Petrobras serem submetidos a um pedido de indisponibilidade de bens realizado pelo Tribuna ...

Dilma se re√ļne com evang√©licas em S√£o Paulo e n√£o comenta pesquisa À tarde, ela segue para Iturama (MG) para uma visita às obras da Ferrovia Norte-Sul e às obras da ponte sobre o Rio Grande. Em uma agenda classificada como “mista” por assessores da Presidência e do comitê do PT, Dilma fará uma visita às obras ...
Sindicatos apoiam, mas cobram acordos Minas Gerais. A candidata Dilma volta a Minas Gerais hoje, para visitar as obras da extensão sul da ferrovia Norte-Sul. Dilma visita o município de Iturama, no Triângulo Mineiro, no trecho recém-constru&iacu te;do da ferrovia. Classe. A Confederaçã o ...

Tempo e Temperatura:

Dilma faz defesa p√ļblica de Foster Iturama, MG – A presidente Dilma Rousseff voltou a defender ontem a presidente da Petrobras, Graça Foster. Durante um evento de campanha em Iturama (MG), onde vistoriou obras da ferrovia Norte-Sul, ela disse que "não há qualquer processo que pese ...
Dilma diz que julgamento de Pasadena pelo TCU ‚Äútem outros interesses‚ÄĚ ITURAMA (MG) - A presidente Dilma Rousseff defendeu nesta sexta-feira a presidente da Petrobras, Graça Foster, e classificou como um "absurdo" ela e os diretores da Petrobras serem submetidos a um pedido de indisponibilidade de bens realizado pelo Tribuna ...
Dilma visita obras da Ferrovia Norte-Sul em MG em agenda de presidente A presidente Dilma Rousseff (PT), que disputa a reeleição à Presidência da República, esteve nesta sexta-feira (8) em Iturama (MG), onde vistoriou obras da Ferrovia Norte-Sul. A cidade fica a 780 quilômetros de Belo Horizonte (MG), na divisa com São ...
Dilma visita trecho de ferrovia embargada, na divisa de Minas com S√£o Paulo ITURAMA (MG) — A presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, vistoriou nesta sexta-feira à tarde em Iturama, na divisa de Minas Gerais com São Paulo, obras da Ferrovia Norte-Sul, que tem um trecho embargado pela Justiça Federal.
Uberaba √© a primeira cidade do interior a receber a C√ļpula da Seguran√ßa P√ļblica em 2013 De acordo com o Coronel Márcio Martins Santana, as cidades de Uberaba, Frutal, Fronteira, Iturama, Araxá ... em treinamento na Academia de Polícia Civil do Estado de Minas Gerais (Acadepol) deverão chegar a cidade em maio deste ano.
Dilma defende presidente da Petrobr√°s Ontem, em Iturama (MG), Dilma afirmou que suspeita de interesses obscuros no processo do TCU. "Acredito que tem por trás dele (do processo) outros interesses", disse durante visita a obras da Ferrovia Norte Sul, no Triângulo Mineiro. "Acho que é um ...
Veja como foi a sexta-feira (8) dos principais candidatos √† presid√™ncia De São Paulo, seguiu para Votuporanga, no noroeste paulista e depois para Iturama, em Minas Gerais, onde visitou obras da ferrovia norte-sul, que prometeu concluir. Nós temos que desmatar menos, cuidar das nascentes, fazer adutoras, barramentos ...
Dilma faz defesa p√ļblica de Foster Iturama, MG – A presidente Dilma Rousseff voltou a defender ontem a presidente da Petrobras, Graça Foster. Durante um evento de campanha em Iturama (MG), onde vistoriou obras da ferrovia Norte-Sul, ela disse que "não há qualquer processo que pese ...
300x250 Dilma grava programa eleitoral em obra atrasada Iturama (MG) - A presidente Dilma Rousseff, candidata do PT à reeleição, fez gravações para seu programa eleitoral na televisão, nesta sexta-feira, em uma obra atrasada da ponte da Ferrovia Norte Sul sobre o Rio Grande, em Iturama, na divisa dos ... ÔĽŅ
Ainda sob press√£o, Flamengo recebe o Atl√©tico-MG no Maracan√£ RIO - O Flamengo sofreu três meses para sair da zona de rebaixamento. E pode levar o mesmo período para apresentar um bom futebol. Ao dizer que a equipe jogaria bem quando deixasse o pelotão dos quatro últimos, o técnico Vanderlei Luxemburgo deu a ...
Am√©rica-MG reencontra a vit√≥ria e se mant√©m no G4 O América-MG fez as pazes com a vitória depois de duas derrotas seguidas e mostrou que o estádio Independência, em Belo Horizonte, é uma das principais armas na luta pelo acesso à elite do Campeonato Brasileiro. Nesta terça-feira, o time jogou para ...
Am√©rica-MG vence Luverdense, ultrapassa rival e entra no G4 Na noite desta terça-feira, o América-MG recebeu o Luverdense no Independência em confronto direto na parte de cima da tabela, na 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. E com gols de Manci e Obina, o Coelho venceu a partida por 2 a 0, chegou ...
300x250 Am√©rica-MG volta a mostrar for√ßa no Horto, bate o Luverdense e retorna ao G-4 O América-MG voltou a mostrar que o Estádio Independência costuma ser mortal para seus visitantes. Se nos últimos anos o rival Atlético-MG fez surgir a expressão “Caiu no Horto tá morto”, na Série B o Coelho tem tratado de garantir que os ...
Am√©rica-MG anuncia contrata√ß√£o de Renan Oliveira, emprestado pelo Atl√©tico O meia-atacante Renan Oliveira é o novo reforço do América-MG para a sequência da Série B do Brasileiro. O jogador, revelado pelo Atlético-MG e que estava no Sport, vai defender o time americano, por empréstimo. A confirmação foi dada pelo gerente ...
Diego Tardelli volta a ter chance na sele√ß√£o e preocupa o Atl√©tico-MG Ao lado de Diego Tardelli, Roberto Carlos observa companheiros do Anzhi em aula de dança russa Divulgação/ Site Oficial Anzhi Mais Diego Tardelli comemora um dos três gols que marcou pelo Atlético-MG no clássico contra o Cruzeiro CRISTIANO TRAD/O ...
Am√©rica-MG vence Luverdense e volta ao G-4 da S√©rie B O América-MG se recuperou na Série B do Brasileiro ao vencer o Luverdense por 2 a 0, em jogo realizado nesta terça-feira, no estádio Independência. A equipe mineira vinha perdendo rendimento nas últimas partidas, e depois de duas derrotas seguidas ...

ITURAMA MG tspan:3m ITURAMA MG
Selecionamos as principais not√≠cias da cidade de ITURAMA MG. Os acontecimentos pol√≠ticos, acidentes de tr√Ęnsito nas rodovias, fatos do centro, dos bairros e do interior. Pesquisamos tamb√©m os jornais locais e as redes sociais, bem como o site da prefeitura.

O trabalho jornal√≠stico consiste em capta√ß√£o e tratamento escrito, oral, visual ou gr√°fico, da informa√ß√£o em qualquer uma de suas formas e variedades. O trabalho √© normalmente dividido em quatro etapas distintas, cada qual com suas fun√ß√Ķes e particularidades: pauta, apura√ß√£o, reda√ß√£o e edi√ß√£o.A pauta √© a sele√ß√£o dos assuntos que ser√£o abordados. √Č a etapa de escolha sobre quais ind√≠cios ou sugest√Ķes devem ser considerados para a publica√ß√£o final. A apura√ß√£o √© o processo de averiguar informa√ß√£o em estado bruto (dados, nomes, n√ļmeros etc.). A apura√ß√£o √© feita com documentos e pessoas que fornecem informa√ß√Ķes, chamadas de fontes. A intera√ß√£o de jornalistas com suas fontes envolve freq√ľentemente quest√Ķes de confidencialidade.A reda√ß√£o √© o tratamento das informa√ß√Ķes apuradas em forma de texto verbal. Pode resultar num texto para ser impresso (em jornais, revistas e sites) ou lido em voz alta (no r√°dio, na TV e no cinema). A edi√ß√£o √© a finaliza√ß√£o do material redigido em produto de comunica√ß√£o, hierarquizando e coordenando o conte√ļdo de informa√ß√Ķes na forma final em que ser√° apresentado. Muitas vezes, √© a edi√ß√£o que confere sentido geral √†s informa√ß√Ķes coletadas nas etapas anteriores. No jornalismo impresso (jornais e revistas), a edi√ß√£o consiste em revisar e cortar textos de acordo com o espa√ßo de impress√£o pr√©-definido. A diagrama√ß√£o √© a disposi√ß√£o gr√°fica do conte√ļdo e faz parte da edi√ß√£o de impressos. No radiojornalismo, editar significa cortar e justapor trechos sonoros junto a textos de locu√ß√£o, o que no telejornalismo ganha o adicional da edi√ß√£o de imagens em movimento.

Tags: √öltimas Not√≠cias, ITURAMA MG, Cidade, Interior, Segunda, Ter√ßa, Quarta, Quinta, Sexta, S√°bado, Domingo, Carro, Elei√ß√Ķes, Crime, Estrada, Rodovia, Acesso, Greve, Elei√ß√Ķes, Festa, Granizo, Chuva, Enchente,Anivers√°rio, Pr√™mio, M√™s, Fim de Semana, Hoje, Ontem, Anteontem, Hora, Pouco Tempo, Agora h√° Pouco, Mulher, Homem, Fam√≠lia, Crian√ßa, Portal,Pessoas, Como saber, Onde eu Acho, Site, Blog, Di√°rio,Protesto,Inaugura√ß√£o, Cassa√ß√£o, Cassado, Show, Apresenta√ß√£o, Espet√°culo, Fotos, V√≠deos, Imagens, Previs√£o, Caminh√£o, V√≠timas, Situa√ß√£o, Oposi√ß√£o, Elei√ß√Ķes, Enquete, Votos, Apura√ß√£o, Tr√Ęnsito, Opera√ß√£o, PF, Delegacia, Praia, Localidade, Animais, Ver Fotos.

A comida na mira do consumidor: Atenção aos preços e a qualidade

Mesmo ao tomar um refrigerante ou comer um sanduíche, o consumidor deve exigir seus direitos.

Por isso, a aten√ß√£o deve ser redobrada na hora de adquirir e consumir alimentos para evitar problemas, principalmente doen√ßas e intoxica√ß√Ķes alimentares.

Algumas precau√ß√Ķes iniciais s√£o: verificar as condi√ß√Ķes de higiene e limpeza dos estabelecimentos e dos atendentes.

Bares, lanchonetes e restaurantes devem afixar uma c√≥pia do card√°pio, com o pre√ßo dos servi√ßos e refei√ß√Ķes ofertados, em uma das portas de entrada do estabelecimento, como determina o C√≥digo de Defesa do Consumidor.

Na hora de pagar a conta, conferir o valor total dos itens consumidos e verificar se o ¬ďcouvert¬Ē art√≠stico est√° inclu√≠do.

Este s√≥ pode ser cobrado por estabelecimentos que tenham m√ļsica ao vivo ou apresenta√ß√Ķes art√≠sticas a cada quatro horas de funcionamento.

Os cuidados valem também na hora das compras de alimentos.

Aqui √© preciso observar, al√©m das condi√ß√Ķes de higiene, o armazenamento dos produtos nos pontos de venda e as condi√ß√Ķes em que ele se encontra.

  O alimento estragado ou deteriorado tem gosto e cheiro diferentes do normal.

O consumidor deve se habituar a ler as informa√ß√Ķes nas embalagens antes de fazer sua compra.

√Č nos r√≥tulos, que devem conter os dados em letras leg√≠veis, que est√£o dados como a data de fabrica√ß√£o, prazo de validade, composi√ß√£o, peso, carimbos de inspe√ß√£o, origem e fabricante/produtor, entre outros.

Estas informa√ß√Ķes devem constar em todos os tipos de alimentos: in natura, industrializados e congelados.

Produtos industrializados que apresentem embalagens estufadas, enferrujadas, amassadas, furadas, rasgadas, violadas ou com vazamento n√£o devem ser adquiridos.

Se o consumidor só notar o problema quando chegar em casa, deve retornar ao estabelecimento onde efetuou a compra a exigir a sua troca.

Quanto aos congelados, a exist√™ncia de uma n√©voa sobre eles indica a baixa temperatura do balc√£o e boa condi√ß√£o de refrigera√ß√£o, j√° o ac√ļmulo de √°gua ou umidade nos balc√Ķes frigor√≠ficos significa que a temperatura de conserva√ß√£o est√° incorreta.

  A aquisição destes produtos deve ser feita no final das compras.

Exigir a nota fiscal ou ticket de caixa, pois sem este documento n√£o h√° como trocar o produto ou abrir reclama√ß√Ķes junto aos √≥rg√£os de defesa do consumidor.

[10]

 Os programas sociais pintando a cidadania e a liberdade.

Pintando a Liberdade - O programa promove a ressocialização de internos do Sistema Penitenciário por meio da fabricação de materiais esportivos. Além da profissionalização, os detentos reduzem um dia da pena para cada três dias trabalhados e recebem salário de acordo com a produção.

Pintando a Cidadania -¬†A a√ß√£o envolve pessoas em situa√ß√£o de risco social em f√°bricas de material esportivo. O programa objetiva a inclus√£o social de pessoas residentes emcomunidades carentes e o ingresso dos mesmos no mercado de trabalho. Os rendimentos s√£o divididos conforme a produ√ß√£o. O material feito nas f√°bricas dos dois programas (bolas, bolsas, redes, camisetas, bon√©s e bandeiras) √© utilizado pelo Minist√©rio do Esporte para a distribui√ß√£o em n√ļcleos dos programas Segundo Tempo e Esporte e Lazer na Cidade e em escolas e entidades sociais de todo o pa√≠s e do exterior.

No pres√≠dio Odenir Guimar√£es, em Aparecida de Goi√Ęnia (GO), o clima √© de muito trabalho. Foram retomadas as atividades desenvolvidas por cerca de 300 detentos do Pintando a Liberdade, programa de ressocializa√ß√£o de presos por meio da produ√ß√£o de mate...¬†Leia mais

Comer bem durante a gravidez vai influenciar durante toda a vida do bebê

Alimenta√ß√£o deve ser equilibrada durante a gravidezA alimenta√ß√£o equilibrada √© um h√°bito recomendado para toda a vida. Durante a gesta√ß√£o, a responsabilidade quanto √† alimenta√ß√£o aumenta, uma vez que implica diretamente no perfeito desenvolvimento do feto. As nutricionistas da Coordena√ß√£o T√©cnica de Nutri√ß√£o do Instituto Nacional de Sa√ļde da Mulher, da Crian√ßa e do Adolescente, Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) Daniele Marano, Marcela Knibel e Roseli Costa, explicam como o consumo dos alimentos saud√°veis durante a gravidez influencia a sa√ļde dos beb√™s.

Qual a import√Ęncia de uma boa alimenta√ß√£o na gravidez?

A alimentação adequada ao longo do período gestacional exerce papel determinante sobre os desfechos relacionados à mãe e ao bebê. Contribui para prevenção de uma série de ocorrências negativas, assegura reservas biológicas necessárias ao parto e pós-parto, garante substrato para o período da lactação, como também favorece o ganho de peso adequado de acordo com o estado nutricional pré-gestacional. Ressalta-se que a inadequação do ganho de peso durante a gestação tem sido apontada como fator de risco tanto para a mãe quanto para a criança, contribuindo para a elevação da prevalência de uma série de problemas.

O que n√£o pode faltar no prato?

As refei√ß√Ķes devem contemplar todos os grupos alimentares existentes. A gestante dever√° ingerir vegetais (folhosos e legumes), frutas, carne bovina, frango, f√≠gado (uma vez por semana), ovos e peixes (sardinha, salm√£o, atum, pescada, cavalinha), leguminosas (feij√£o, gr√£o de bico, lentilha, ervilha), cereais (arroz integral, batata, milho, entre outros), azeites (de prefer√™ncia extra virgem), leite e derivados do leite (fora do hor√°rio do almo√ßo e jantar).

As carnes dever√£o ser assadas, grelhadas, ensopadas ou cozidas, evitando as frituras. Recomenda-se n√£o ingerir gordura vegetal hidrogenada, que pode comprometer o crescimento e o desenvolvimento fetal.

Como devem ser distribu√≠das as refei√ß√Ķes ao longo dos dias?

As refei√ß√Ķes devem ser distribu√≠das em seis vezes ao dia: desjejum, cola√ß√£o, almo√ßo, lanche, jantar e ceia. Os intervalos em m√©dia s√£o de tr√™s horas entre uma e outra refei√ß√£o.

Há uma estimativa de quantos quilos a mulher deve engordar durante a gestação?  

O ganho de peso na gesta√ß√£o deve ser suficiente para promover o desenvolvimento fetal completo e tamb√©m para armazenar nutrientes adequados no organismo materno para o aleitamento. Nenhuma mulher deve perder peso durante a gravidez, independente do seu √ćndice de Massa Corporal (IMC) antes de engravidar. O Institute of Medicine (IOM) recomenda as faixas de ganho de peso ideal durante a gesta√ß√£o.

No caso de gesta√ß√£o de feto √ļnico, o ganho de peso (Kg) recomendado √©:

- Gestantes com baixo peso pré-gestacional: 15,0kg (média); - Gestantes com peso adequado pré-gestacional (eutróficas): 12,5Kg (média); - Gestantes com sobrepeso pré-gestacional: 9,0Kg (média); - Gestantes com obesidade pré-gestacional: 7,0Kg (média).

No caso de gesta√ß√£o m√ļltipla (dois ou mais fetos), o ganho de peso tamb√©m depender√° do estado nutricional pr√©-gestacional, podendo variar de 11,0 Kg (obesidade pr√©-gestacional) a 27,9 Kg (baixo peso pr√©-gestacional).

A gestante dever√° ter acompanhamento nutricional no pr√©-natal, para avalia√ß√£o do estado nutricional, detec√ß√£o de poss√≠veis inadequa√ß√Ķes diet√©ticas, desmistifica√ß√£o de mitos e realiza√ß√£o da educa√ß√£o alimentar e nutricional. As consultas devem ser iniciadas, preferencialmente, no primeiro trimestre da gesta√ß√£o.

Algumas mulheres, especialmente com gêmeos, perdem bastante peso durante e após a gestação por causa dos filhos. Nesses casos, é recomendada a utilização de suplementos nutricionais?

Tanto em mulheres com gesta√ß√£o de feto √ļnico quanto nas gravidezes gemelares pode ocorrer diminui√ß√£o de peso devido √†s adapta√ß√Ķes hormonais. A a√ß√£o do estrog√™nio pode causar n√°useas, v√īmitos e anorexia, principalmente, no primeiro trimestre. A perda de peso ap√≥s o parto ocorre, geralmente, em maior intensidade nos primeiros tr√™s meses e naquelas que amamentam exclusivamente. Os suplementos nutricionais s√£o recomendados nas situa√ß√Ķes em que a demanda nutricional n√£o √© atendida por meio da dieta.


Conceitos de Educação Ambiental

   
"Entendem-se por educa√ß√£o ambiental os processos por meio dos quais o indiv√≠duo e a coletividade constroem valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e compet√™ncias voltadas para a conserva√ß√£o do meio ambiente, bem de uso comum do povo, essencial √† sadia qualidade de vida e sua sustentabilidade." Pol√≠tica Nacional de Educa√ß√£o Ambiental - Lei n¬ļ 9795/1999, Art 1¬ļ. ¬ďA Educa√ß√£o Ambiental √© uma dimens√£o da educa√ß√£o, √© atividade intencional da pr√°tica social, que deve imprimir ao desenvolvimento individual um car√°ter social em sua rela√ß√£o com a natureza e com os outros seres humanos, visando potencializar essa atividade humana com a finalidade de torn√°-la plena de pr√°tica social e de √©tica ambiental.¬Ē Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educa√ß√£o Ambiental, Art. 2¬į. ¬ďA educa√ß√£o ambiental √© a a√ß√£o educativa permanente pela qual a comunidade educativa tem a tomada de consci√™ncia de sua realidade global, do tipo de rela√ß√Ķes que os homens estabelecem entre si e com a natureza, dos problemas derivados de ditas rela√ß√Ķes e suas causas profundas. Ela desenvolve, mediante uma pr√°tica que vincula o educando com a comunidade, valores e atitudes que promovem um comportamento dirigido a transforma√ß√£o superadora dessa realidade, tanto em seus aspectos naturais como sociais, desenvolvendo no educando as habilidades e atitudes necess√°rias para dita transforma√ß√£o.¬Ē Confer√™ncia Sub-regional de Educa√ß√£o Ambiental para a Educa√ß√£o Secund√°ria ¬Ė Chosica/Peru (1976) ¬ďA educa√ß√£o ambiental √© um processo de reconhecimento de valores e clarifica√ß√Ķes de conceitos, objetivando o desenvolvimento das habilidades e modificando as atitudes em rela√ß√£o ao meio, para entender e apreciar as inter-rela√ß√Ķes entre os seres humanos, suas culturas e seus meios biof√≠sicos. A educa√ß√£o ambiental tamb√©m est√° relacionada com a pr√°tica das tomadas de decis√Ķes e a √©tica que conduzem para a melhora da qualidade de vida¬Ē Confer√™ncia Intergovernamental de Tbilisi (1977) ¬ďA Educa√ß√£o Ambiental deve proporcionar as condi√ß√Ķes para o desenvolvimento das capacidades necess√°rias; para que grupos sociais, em diferentes contextos socioambientais do pa√≠s, intervenham, de modo qualificado tanto na gest√£o do uso dos recursos ambientais quanto na concep√ß√£o e aplica√ß√£o de decis√Ķes que afetam a qualidade do ambiente, seja f√≠sico-natural ou constru√≠do, ou seja, educa√ß√£o ambiental como instrumento de participa√ß√£o e controle social na gest√£o ambiental p√ļblica.¬Ē QUINTAS, J. S., Salto para o Futuro, 2008 ¬ďA Educa√ß√£o Ambiental nasce como um processo educativo que conduz a um saber ambiental materializado nos valore s√©ticos e nas regras pol√≠ticas de conv√≠vio social e de mercado, que implica a quest√£o distributiva entre benef√≠cios e preju√≠zos da apropria√ß√£o e do uso da natureza. Ela deve, portanto, ser direcionada para a cidadania ativa considerando seu sentido de pertencimento e co-responsabilidade que, por meio da a√ß√£o coletiva e organizada, busca a compreens√£o e a supera√ß√£o das causas estruturais e conjunturais dos problemas ambientais.¬Ē¬† SORRENTINO et all, Educa√ß√£o ambiental como pol√≠tica p√ļblica, 2005 ¬ďA Educa√ß√£o Ambiental, apoiada em uma teoria cr√≠tica que exponha com vigor as contradi√ß√Ķes que est√£o na raiz do modo de produ√ß√£o capitalista, deve incentivar a participa√ß√£o social na forma de uma a√ß√£o pol√≠tica. Como tal, ela deve ser aberta ao di√°logo e ao embate, visando √† explicita√ß√£o das contradi√ß√Ķes te√≥rico-pr√°ticas subjacentes a projetos societ√°rios que est√£o permanentemente em disputa.¬Ē¬† TREIN, E., Salto para o Futuro, 2008 ¬ďA EA deve se configurar como uma luta pol√≠tica, compreendida em seu n√≠vel mais poderoso de transforma√ß√£o: aquela que se revela em uma disputa de posi√ß√Ķes e proposi√ß√Ķes sobre o destino das sociedades, dos territ√≥rios e das desterritorializa√ß√Ķes; que acredita que mais do que conhecimento t√©cnico-cient√≠fico, o saber popular igualmente consegue proporcionar caminhos de participa√ß√£o para a sustentabilidade atrav√©s da transi√ß√£o democr√°tica¬Ē.¬† SATO, M. et all, Insurg√™ncia do grupo-pesquisador na educa√ß√£o ambiental sociopoi√©tica, 2005 ¬ďUm processo educativo eminentemente pol√≠tico, que visa ao desenvolvimento nos educandos de uma consci√™ncia cr√≠tica acerca das institui√ß√Ķes, atores e fatores sociais geradores de riscos e respectivos conflitos socioambientais. Busca uma estrat√©gia pedag√≥gica do enfrentamento de tais conflitos a partir de meios coletivos de exerc√≠cio da cidadania, pautados na cria√ß√£o de demandas por pol√≠ticas p√ļblicas participativas conforme requer a gest√£o ambiental democr√°tica.¬Ē¬† LAYRARGUES; P.P. Crise ambiental e suas implica√ß√Ķes na educa√ß√£o, 2002. "Processo em que se busca despertar a preocupa√ß√£o individual e coletiva para a quest√£o ambiental, garantindo o acesso √† informa√ß√£o em linguagem adequada, contribuindo para o desenvolvimento de uma consci√™ncia cr√≠tica e estimulando o enfrentamento das quest√Ķes ambientais e sociais. Desenvolve-se num contexto de complexidade, procurando trabalhar n√£o apenas a mudan√ßa cultural, mas tamb√©m a transforma√ß√£o social, assumindo a crise ambiental como uma quest√£o √©tica e pol√≠tica." MOUSINHO, P. Gloss√°rio. In: Trigueiro, A. (Coord.) Meio ambiente no s√©culo 21.Rio de Janeiro: Sextante. 2003.
[0]

Cuidados na hora de deixar o cabelo liso!!!!!

 
Risco de alisantes clandestinos √† sa√ļde
Aos desavisados freq√ľentadores de sal√Ķes de beleza, o que pode parecer uma solu√ß√£o milagrosa para p√īr fim aos cabelos crespos, para a sa√ļde √© uma grande amea√ßa. Em rela√ß√£o √†s den√ļncias envolvendo os riscos de alisantes clandestinos, produzidos a partir de concentra√ß√Ķes elevadas de formol, principalmente no Rio de Janeiro, a Anvisa alerta sobre a necessidade de o consumidor tomar alguns cuidados b√°sicos na escolha e uso desses produtos, considerados de risco potencial, por conter subst√Ęncias t√≥xicas que exigem controle rigoroso.
 

Telma Piacesi, t√©cnica da Vigil√Ęncia Sanit√°ria do Rio de Janeiro, a partir das amostras recolhidas e analisadas, atestou que os alisantes s√£o mesmo caseiros, n√£o sendo fabricados por nenhum laborat√≥rio. "Confirmamos que nos pr√≥prios sal√Ķes as pessoas estavam misturando formol, queratina e cremes e aplicando nas clientes", afirma.

Em primeiro lugar, o usu√°rio deve verificar se o produto √© registrado na Anvisa/Minist√©rio da Sa√ļde, como determina a¬†Lei 6.360/76. Para a obten√ß√£o do registro, o respons√°vel deve apresentar √† Anvisa uma s√©rie de documentos e informa√ß√Ķes t√©cnicas referentes √† composi√ß√£o, para assegurar a seguran√ßa e a efic√°cia, segundo a finalidade pretendida. As informa√ß√Ķes s√£o ent√£o analisadas pela Ger√™ncia-Geral de Cosm√©ticos da Anvisa, com base em regulamenta√ß√£o espec√≠fica. Outro ponto importante diz respeito √† formula√ß√£o do produto, que somente ser√° registrado caso atenda √†s exig√™ncias estabelecidas na legisla√ß√£o sanit√°ria, sendo que o seu uso correto, em geral, n√£o implica em danos para a sa√ļde.

A gerente-geral de Cosm√©ticos da Anvisa, Josineire Sallum, esclarece: "quando o produto n√£o est√° registrado, sua composi√ß√£o n√£o foi avaliada e o produto pode conter subst√Ęncias proibidas ou de uso restrito, em condi√ß√Ķes e concentra√ß√Ķes inadequadas ou n√£o permitidas acarretando riscos √† sa√ļde da popula√ß√£o. Nesse caso, o consumidor n√£o deve utilizar o produto e deve acionar o √≥rg√£o de Vigil√Ęncia Sanit√°ria de sua cidade".

Quanto √† incid√™ncia da subst√Ęncia formalde√≠do em cosm√©ticos, a legisla√ß√£o permite sua utiliza√ß√£o apenas como conservante ou endurecedor de unhas e prote√ß√£o de cut√≠culas, em condi√ß√Ķes espec√≠ficas a partir de concentra√ß√Ķes baix√≠ssimas e contendo as devidas advert√™ncias na rotulagem nos produtos.

A utiliza√ß√£o indevida do formol na composi√ß√£o de alisantes, conforme foi detectado pela Vigil√Ęncia Municipal do Rio de Janeiro nas f√≥rmulas apreendidas e segundo a literatura t√©cnico-cient√≠fica atual, representa s√©rios riscos. Os vapores dessa subst√Ęncia s√£o altamente agressivos √†s mucosas, olhos e aparelho respirat√≥rio, podendo provocar asma. Al√©m de irrita√ß√£o e dermatites, o uso t√≥pico - em solu√ß√Ķes concentradas - causa branqueamento e endurecimento da pele, originando rea√ß√Ķes de sensibiliza√ß√£o, aumento de rigidez e perda de sensibilidade no local exposto ao contato da f√≥rmula clandestina.

[3]



E o cadastramento escolar deste ano?

O cadastro escolar é realizado anualmente pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), em conjunto com as prefeituras municipais. Devem se inscrever crianças com seis anos completos ou a completar até 30 de junho do ano em que vão começar a estudar, candidatos às vagas nos demais anos do ensino fundamental que estão se transferindo de outros Estados, municípios ou escolas particulares e, ainda, alunos que vão retomar seus estudos.

Em 2014, a inscrição para o Cadastro Escolar será realizada no período de 21/07/2014 a 25/07/2014, nas agências dos Correios em Belo Horizonte e nos Postos de Inscrição definidos pela Comissão Municipal de Cadastramento, nas cidades do interior. Os documentos necessários ao cadastramento estão listados abaixo. Os alunos já matriculados no ensino fundamental de escolas públicas não precisam se cadastrar.

Documentos necessários: Certidão de nascimento (original e cópia); Conta de luz recente (original e cópia); Comprovante de escolaridade, em caso de transferência para a rede pública ou retorno aos estudos. Valor: Gratuito


Já pensou em fazer carreira militar?

As Forças Armadas Brasileiras não são compostas apenas por militares originários do serviço militar obrigatório. É possível ingressar no Exército, Marinha ou Aeronáutica e seguir carreira nos níveis escolares fundamental, médio ou superior e em diversas áreas de atuação, como medicina, comunicação e engenharia, entre outras.

Cada uma das Forças Armadas possui peculiaridades no processo de seleção, porém, homens e mulheres têm a possibilidade de ingressar no serviço militar a partir da adolescência, mediante aprovação em concurso público, de âmbito nacional, em alguma das Escolas de Formação específicas de cada Força.

A situação do jovem que presta o serviço militar obrigatório, cumprindo o que determina a Lei do Serviço Militar, é diferente da situação do jovem que se inscreve para prestar concurso para uma das Escolas da Força. O primeiro, por força da lei, permanece em alguma das Forças Armadas por um período temporário de no máximo oito anos, diferentemente do jovem aprovado em concurso, que poderá seguir a carreira das Armas e permanecerá na Força até passar para a Reserva Remunerada (uma espécie de aposentadoria militar).



*noticiasdeminas.net - todos os direitos reservados.