BLOG DE NOTICIAS DE CARAI

Notícias e Assuntos de Interesse da Cidade



Cavalera Conspiracy: "não vivemos do passado", diz Iggor O que está acontecendo hoje, eu e meu irmão tocando juntos, é do caralho, não tem preço ... Cavalera Conspiracy: veja participaçã o de Jairo Guedz em BH Cavalera: Max e Iggor curtem turnê sem tempo para "mimimis" Sepultura x Sarcófago: o maior ...
Técnico do Atlético, Levir Culpi, dispara palavrões ao vivo no Sportv para explicar diferença entre Japão e Brasil Questionado no programa “Bem, Amigos" desta segunda sobre a diferença que sentiu ao voltar ao futebol brasileiro após anos trabalhando no Japão, o técnico do Atlético-MG, Levir Culpi ... porra, foda e caralho. Então, isso demonstra a diferença ...

Últimas notícias de CARAI MG:

Obituário - 8 de setembro Natural de São João da Boa Vista (SP). Dia 7. Cemitério de Vila Mariana, Capital. Aliria Ramos Vieira, 86. Natural de Carai (MG). Dia 4. Cemitério dos Casa. Maria Consoni de Matos, 84. Natural de Tabapuã (SP). Dia 5. Cemitério da Paulicéia. 
Lanterna América-MG desafia líder Joinville por "vingança" fora do tribunal Depois de uma série de resultados ruins, o América-MG voltou a vencer na Série B do Brasileiro, mas ainda segue na lanterna na competição. Nesta terça-feira, o Coelho terá verdadeira prova de fogo ao visitar o líder Joinville, às 19h30 (de ...


Helicóptero que caiu em MG não podia fazer voos panorâmicos, diz Cenipa O helicóptero que caiu no Lago de Furnas, em Fama (MG), na tarde do último sábado (20), não tinha autorização para fazer voos panorâmicos. A informação foi confirmada por uma equipe do Centro de Investigaçã o e Prevenção de Acidentes ...
Luan fratura duas costelas e fica fora de combate no Atlético-MG O departamento médico do Atlético-MG ganhou um novo integrante nesta segunda-feira. Trata-se do atacante Luan, que fraturou duas costelas em jogada com o cruzeirense Egídio. O árbitro da partida, Marcelo de Lima Henrique, não enxergou o lance e não ...
Atlético-MG não admite culpa na confusão no Mineirão, mas espera julgamento Cruzeiro não teme punição e culpa torcida rival por incidentes no clássico Atlético-MG analisa imagens de 'ataque' a ônibus na chegada ao Mineirão Kalil 'isenta' clubes e pede prisão de torcedores que atiram bombas Relato em súmula de violência ...

Tempo e Temperatura: Lanterna América-MG desafia líder Joinville por "vingança" fora do tribunal Depois de uma série de resultados ruins, o América-MG voltou a vencer na Série B do Brasileiro, mas ainda segue na lanterna na competição. Nesta terça-feira, o Coelho terá verdadeira prova de fogo ao visitar o líder Joinville, às 19h30 (de ...
Helicóptero que caiu em MG não podia fazer voos panorâmicos, diz Cenipa O helicóptero que caiu no Lago de Furnas, em Fama (MG), na tarde do último sábado (20), não tinha autorização para fazer voos panorâmicos. A informação foi confirmada por uma equipe do Centro de Investigaçã o e Prevenção de Acidentes ...
Aécio classifica programa de Marina como "colagem modificada ao sabor dos ventos" Com uma melhora em sua situação na corrida presidencial apontada pelas últimas pesquisas eleitorais, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) aumentou nesta segunda-feira (22) o tom das críticas à candidata do PSB no pleito, Marina Silva, na tentativa de ...
Atlético-MG analisa imagens de 'ataque' a ônibus na chegada ao Mineirão Kalil 'isenta' clubes e pede prisão de torcedores que atiram bombas Relato em súmula de violência no Mineirão ameaça rivais mineiros de punição Após vencer Goiás e Cruzeiro, Atlético mira série inédita para chegar ao G4 O Atlético-MG já ...
Cavalera Conspiracy: "não vivemos do passado", diz Iggor O que está acontecendo hoje, eu e meu irmão tocando juntos, é do caralho, não tem preço ... Cavalera Conspiracy: veja participaçã o de Jairo Guedz em BH Cavalera: Max e Iggor curtem turnê sem tempo para "mimimis" Sepultura x Sarcófago: o maior ...
Técnico do Atlético, Levir Culpi, dispara palavrões ao vivo no Sportv para explicar diferença entre Japão e Brasil Questionado no programa “Bem, Amigos" desta segunda sobre a diferença que sentiu ao voltar ao futebol brasileiro após anos trabalhando no Japão, o técnico do Atlético-MG, Levir Culpi ... porra, foda e caralho. Então, isso demonstra a diferença ...
Obituário - 8 de setembro Natural de São João da Boa Vista (SP). Dia 7. Cemitério de Vila Mariana, Capital. Aliria Ramos Vieira, 86. Natural de Carai (MG). Dia 4. Cemitério dos Casa. Maria Consoni de Matos, 84. Natural de Tabapuã (SP). Dia 5. Cemitério da Paulicéia. 
Lanterna América-MG desafia líder Joinville por "vingança" fora do tribunal Depois de uma série de resultados ruins, o América-MG voltou a vencer na Série B do Brasileiro, mas ainda segue na lanterna na competição. Nesta terça-feira, o Coelho terá verdadeira prova de fogo ao visitar o líder Joinville, às 19h30 (de ...
Caminhoneiro morre em acidente na MG-447 em Guiricema, MG Um motorista de 49 anos morreu em um acidente na noite deste domingo (21) no Km 42 da MG-447, em Guiricema, na Zona da Mata. Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMR) de Dona Euzébia, a vítima dirigia um caminhão baú com placas de Espírito Santo ...
Presidente do Atlético-MG ironiza o rival Cruzeiro: ‘Não é nem freguês, é cliente’ A vitória do Atlético-MG sobre o Cruzeiro fez o presidente do Galo debochar do rival após o 3 a 2 no clássico, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Alexandre Kalil não perdeu a oportunidade de ironizar a Raposa e preferiu trocar o velho termo ...
Tupi-MG goleia, garante vaga e complica São Caetano na Série C O primeiro objetivo do Tupi-MG foi conquistado. Na tarde deste domingo, o Galo Carijó goleou o São Caetano por 4 a 0 no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora, e garantiu presença nas quartas de final da Série C do Campeonato ...
América-MG ganha do Vila Nova no duelo dos lanternas Com o técnico Christian Lauria efetivado no cargo, time goiano desperdiça chance de conseguir a segunda vitória consecutiva No duelo dos dois últimos colocados da Série B, o América-MG levou a melhor e, mesmo jogando fora de casa, venceu o Vila Nova ...

CARAI MG tspan:3m CARAI MG

A comida na mira do consumidor: Atenção aos preços e a qualidade

Mesmo ao tomar um refrigerante ou comer um sanduíche, o consumidor deve exigir seus direitos.

Por isso, a atenção deve ser redobrada na hora de comprar e consumir alimentos para evitar complicadores, principalmente doenças e intoxicações alimentares.

Algumas precauções iniciais são: verificar as condições de higiene e limpeza dos estabelecimentos e dos atendentes.

Bares, lanchonetes e restaurantes devem afixar uma cópia do cardápio, com o preço dos serviços e refeições ofertados, em uma das portas de entrada do estabelecimento, como determina o Código de Defesa do Consumidor.

Na hora de pagar a conta, conferir o valor total dos itens consumidos e verificar se o “couvert” artístico está incluído.

Este só pode ser cobrado por estabelecimentos que tenham música ao vivo ou apresentações artísticas a cada quatro horas de funcionamento.

Os cuidados valem igualmente na hora das compras de alimentos.

Aqui é preciso observar, além das condições de higiene, o armazenamento dos produtos nos pontos de venda e as condições em que ele se encontra.

  O alimento estragado ou deteriorado tem gosto e cheiro diferentes do normal.

O consumidor deve se habituar a ler as comunicações nas embalagens antes de fazer sua compra.

É nos rótulos, que devem conter os dados em letras legíveis, que estão dados como a data de fabricação, prazo de validade, composição, peso, carimbos de inspeção, origem e fabricante/produtor, entre outros.

Estas comunicações devem constar em todos os tipos de alimentos: in natura, industrializados e congelados.

Produtos industrializados que apresentem embalagens estufadas, enferrujadas, amassadas, furadas, rasgadas, violadas ou com vazamento não devem ser adquiridos.

Se o consumidor só notar o problema quando chegar em casa, deve retornar ao estabelecimento onde efetuou a compra a exigir a sua troca.

Quanto aos congelados, a existência de uma névoa sobre eles indica a baixa temperatura do balcão e boa condição de refrigeração, já o acúmulo de água ou umidade nos balcões frigoríficos significa que a temperatura de conservação está incorreta.

  A aquisição destes produtos deve ser feita no final das compras.

Exigir a nota fiscal ou ticket de caixa, pois sem este documento não há como trocar o produto ou abrir reclamações junto aos órgãos de defesa do consumidor.

[10]




 Saiba como a dengue pode chegar até você

A dengue pode ser transmitida por duas espécies de mosquitos (Aedes aegypti e Aedes albopictus), que picam tanto durante o dia como à noite. Os transmissores, principalmente o Aedes aegypti, se reproduzem dentro ou nas proximidades de habitações, em recipientes onde se acumula água limpa (vasos de plantas, pneus velhos, cisternas, etc.). A transmissão pelo Aedes albopictus não é comum porque o mosquito não costuma freqüentar o domicílio como o Aedes aegypti.

COMO ELE SE COMPORTA? COMO ATACA?

O Aedes aegypti mede menos de um centímetro, tem cor café ou preta e listras brancas no corpo e nas pernas. O mosquito costuma picar nas primeiras horas da manhã e nas últimas da tarde, evitando o sol forte, mas, mesmo nas horas quentes, pode atacar à sombra, dentro ou fora de casa.

O Aedes aegypti se caracteriza por ser um inseto de comportamento estritamente urbano, sendo raro encontrar amostras de seus ovos ou larvas em reservatórios de água nas matas. Em média, cada Aedes aegypti vive em torno de 30 dias e a fêmea chega a colocar entre 150 e 200 ovos de cada vez. Ela é capaz de realizar inúmeras posturas no decorrer de sua vida, já que copula com o macho uma única vez, armazenando os espermatozóides em suas espermatecas (reservatórios presentes dentro do aparelho reprodutor). Uma vez com o vírus da dengue, a fêmea torna-se vetor permanente da doença e calcula-se que haja uma probabilidade entre 30 e 40% de chances de suas crias já nascerem também infectadas.

Os ovos não são postos na água, e sim milímetros acima de sua superfície, em recipientes tais como latas e garrafas vazias, pneus, calhas, caixas dágua descobertas, pratos de vasos de plantas ou qualquer outro que possa armazenar água de chuva. Quando chove, o nível da água sobe, entra em contato com os ovos que eclodem em pouco mais de 30 minutos. Em um período que varia entre cinco e sete dias, a larva passa por quatro fases até dar origem a um novo mosquito.

MODO DE TRANSMISSÃO

A fêmea do mosquito pica a pessoa infectada, mantém o vírus em sua saliva e o retransmite em novas picadas. A transmissão ocorre pelo ciclo homem-Aedes aegypti-homem. Após a ingestão de sangue infectado pelo inseto fêmea, transcorre nesta fêmea um período de incubação. Após esse período, o mosquito torna-se apto a transmitir o vírus e assim permanece durante toda a vida. O mosquito transmitirá o vírus em todas as picadas que realizar a partir dali.

QUAL O AMBIENTE IDEAL?

As fêmeas e os machos (que geralmente acompanham as fêmeas) ficam dentro das casas. A temperatura mais favorável para o desenvolvimento da larva é entre 25 a 30ºC. Abaixo e acima destas temperaturas o Aedes diminui sua atividade. Acima de 42ºC e abaixo de 5ºC ele morre. [11]

Quando um parente saca aposentadoria de morto está cometendo crime de estelionato

Sempre que um segurado da Previdência Social – que recebe algum tipo de benefício, como aposentadoria, pensão por morte, amparo social, entre outros – vem a  falecer, é responsabilidade da família e dos cartórios civis, que emitem a certidão de óbito, informar a morte ao INSS, para que haja suspensão do pagamento do benefício.

Caso o segurado falecido recebesse uma Aposentadoria ou um Auxílio Doença  e tenha dependentes (esposa/o, companheiro/a, filhos menores de idade ou inválidos, ou, na falta destes, o pais), a família deve  agendar o pedido de Pensão por Morte, pela Central 135 ou pela página eletrônica da Previdência Social, www.previdencia.gov. br.

No entanto, se o segurado que falecer não tiver dependentes, o óbito deve ser comunicado à Previdência Social e os valores depositados pelo INSS na instituição pagadora, em nome do segurado, não devem ser retirados. Em quaisquer das situações acima, sacar o valor do benefício pago à outra pessoa caracteriza crime de estelionato.

Portanto, se na sua família acontecer o óbito de alguém que recebia benefício do INSS, a orientação é entrar em contato com a Central 135 para se informar sobre a maneira correta de proceder, de acordo com a Lei.

O recebimento de benefício pós-óbito costuma acontecer quando o segurado passa a alguém de sua confiança o cartão bancário e a senha, para realizar o saque do benefício, seja por motivos de dificuldade de deslocamento ou por comodidade. Quando a família não comparece ao cartório para registrar a ocorrência do óbito, mesmo de posse da Declaração fornecida pela rede de saúde, e continua realizando as operações bancárias em nome do segurado, está cometendo uma irregularidade e terá que devolver aos cofres do INSS todos os valores que recebeu indevidamente.

A Previdência Social tem um setor, chamado Monitoramento Operacional de Benefícios (MOB), encarregado de fazer o acompanhamento dos benefícios concedidos, e detectar os casos em que haja indícios de irregularidade.

No caso do recebimento de benefício por terceiros, após o óbito do segurado, esse setor atua em conjunto com o Tribunal de Contas da União, os Sistemas Públicos de Saúde e Cartórios, para acompanhar os benefícios. Após fazer o levantamento das informações e as averiguações necessárias, comprovado o fato, o INSS convoca a família para prestar esclarecimentos e devolver os valores recebidos em nome do falecido.

Caso a pessoa que sacou o benefício se negue a ressarcir à Previdência Social, o processo é encaminhado ao Departamento da Polícia Federal, onde passa a ser tratado como crime de estelionato.

Somente em 2012, no Paraná, cerca de R$10 milhões retornaram aos cofres da instituição, pagos por familiares ou terceiros que receberam, irregularmente, os valores de benefícios de segurados já falecidos. (Maria Cristina Pires/SCS PR)

[5]

O número de mortos em acidentes de trânsito no país cresceu 38,3% no período de 2002 a 2012, de acordo com dados do Mapa da Violência 2014.

Mapa da Violência 2014Brasil registrou em 2012 o maior número absoluto de assassinatos e a taxa mais alta de homicídios desde 1980. Nada menos do que 56.337 pessoas foram mortas naquele ano, num acréscimo de 7,9% frente a 2011. A taxa de homicídios, que leva em conta o crescimento da população, também aumentou 7%, totalizando 29 vítimas fatais para cada 100 mil habitantes. É o que revela a mais nova versão do Mapa da Violência, que será lançada nas próximas semanas com dados que vão até 2012.

 

O levantamento é baseado no Sistema de Informações de Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, que tem como fonte os atestados de óbito emitidos em todo o país. O autor do mapa, o sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, diz que o sistema do Ministério da Saúde foi criado em 1979 e que produz dados confiáveis desde 1980. As estatísticas referentes a homicídios em 2012, portanto, são recordes dentro da série histórica do SIM.

 

Trânsito

 

Já o número de mortos em acidentes de trânsito no país cresceu 38,3% no período de 2002 a 2012, de acordo com dados do Mapa.

 

Considerando o aumento populacional no período, o crescimento foi de 24,5%.

 

O crescimento das mortes por acidentes de transporte no país em 2012 frente a 2011 foi de 2,5%. A taxa vem crescendo gradativamente desde o ano 2000.

 

Os Estados de Paraíba, Pará, Maranhão e Rondônia tiveram crescimento superior a 10% em 2012, enquanto que Amapá e Distrito Federal conseguiram reduzir suas taxas em 18% e 13%, respectivamente.

 

Roraima tem a maior taxa de mortes no trânsito por 100 mil habitantes: 42,4, frente 23,7 da média nacional. O Amazonas possui o menor índice, com 14,2.

 

Veja a prévia do Mapa da Violência 2014, clique aqui.


[4]

Qual o plano de saúde ideal para a sua família?

Vamos mostrar todas as informações necessárias para selecionar o melhor plano para você e sua família.


Conheça as formas de contratação de planos de saúde

É importante saber esta distinção porque algumas regras mudam de acordo com tipo de contratação.

Plano de saúde individual/familiar

Se você contratar o seu plano de saúde diretamente com a operadora que vende planos, o seu plano de saúde é do grupo dos planos individuais ou familiares.

Clique aqui para conhecer o que você deve saber antes de adquirir um plano de saúde individual ou familiar.

Plano de saúde coletivo

Existem dois tipos de planos coletivos: os empresariais, que prestam assistência aos funcionários da empresa contratante devido ao vínculo empregatício ou estatutário; e os coletivos por adesão, que são contratados por pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial, como conselhos, sindicatos e associações profissionais.

Tenha em mente que, ao aderir a um contrato de plano de saúde coletivo, é como se você dissesse: “Estou de acordo com as regras desse contrato e essa empresa/sindicato/associação tem legitimidade para representar meus interesses, definir o que é melhor para mim e está autorizada a falar em meu nome sobre esse assunto.” Assim, o que for negociado entre a empresa contratante do plano e a operadora do plano valerá como regra a ser seguida por você.

Ao adquirir um plano de saúde coletivo, saiba que, em geral, as regras para esse tipo de contrato são mais flexíveis. Assim, por exemplo, no caso dos planos de saúde individuais ou familiares, a ANS limita o percentual de reajuste das mensalidades. Já no caso dos planos de saúde coletivos, a ANS apenas acompanha os reajustes de preços, que são negociados diretamente entre a operadora que comercializa o plano e a empresa, conselho, sindicato ou associação profissional que contratou o plano de saúde.

Se, após aderir ao plano, você discordar de alguma das decisões tomadas pela empresa contratante, você tem duas opções:

  • conversar com essa empresa, conselho, sindicato ou associação profissional, para que ela represente melhor seus interesses; ou
  • procurar um novo plano de saúde e desligar-se desse contrato, se possível, através da portabilidade de carências, para evitar ter que aguardar prazos de carência no novo plano. Saiba como fazer aqui.

Se quem contratou o seu plano de saúde foi o seu empregador, sindicato ou associação, aqui estão as principais informações que você deve conhecer.


O que você deve saber antes de contratar um plano

Após refletir sobre suas necessidades e selecionar o melhor plano de saúde para você e sua família, confira informações importantes antes contratar o plano.

Clique aqui para acessar as dicas para contratação de planos.

[23]


*blogsbrasil.com - todos os direitos reservados.