BLOG DE NOTICIAS DE CARAI

Notícias e Assuntos de Interesse da Cidade

Últimas notícias de CARAI MG:

Corinthians presta solidariedade a Aranha; Kalil ironiza torcedora gremista


Mais Humilde do que Nunca.



ÔĽŅ Zine √© Compromisso: Arthur Dantas, do Velotrol Sempre fui muito gregário e transitei em diferentes rodas, era curioso pra caralho - até hoje sou ... Você fez parte de um coletivo chamado União Libertária de Minas Gerais? Você estava junto com o Tiago Mesquita quando ele foi preso? ÔĽŅ
Atlético-MG tenta superar síndrome de 'Robin Hood' para chegar ao G-4 Levir Culpi vê potencial para Atlético-MG brigar pelo título brasileiro Atlético-MG encerra preparação em Curitiba com Marion e Pedro Botelho Impasse sobre tempo do novo contrato pode fazer Guilherme deixar Atlético Para voltar a vencer fora ...

Consiga um emprego AGORA MESMO em CARAI MG:

Empregos Manager Online
De virada, Am√©rica-MG vence o Atl√©tico-MG e leva a Ta√ßa BH de Futebol J√ļnior O América-MG é o campeão da 30ª edição da Taça BH de Futebol Júnior. De virada, o Coelho, comandado pelo ex-goleiro Milagres, derrotou o Atlético-MG, por 3 a 2, na noite deste sábado, na Arena Independência, levando a competição pela segunda ...

Jogadores do Am√©rica-MG festejam t√≠tulo da Ta√ßa BH de Futebol J√ļnior Os jogadores do América-MG comemoram muito o título da Taça BH de Futebol Júnior, conquistado sobre o Atlético-MG, após uma vitória de 3 a 2, de virada, na noite de sábado, no estádio Independência (veja os gols da partida no vídeo ao lado).
Atl√©tico-MG tenta findar jejum de cinco partidas como visitante no Brasileir√£o O Atlético-MG disputou cinco partidas fora de seus domínios no Campeonato Brasileiro desde o último resultado positivo nestas condições. Neste domingo, às 16h, no Couto Pereira, pela 18ª rodada, os comandados de Levir Culpi podem encerrar o jejum ...

Tempo e Temperatura:

Atlético-MG tenta superar síndrome de 'Robin Hood' para chegar ao G-4 Levir Culpi vê potencial para Atlético-MG brigar pelo título brasileiro Atlético-MG encerra preparação em Curitiba com Marion e Pedro Botelho Impasse sobre tempo do novo contrato pode fazer Guilherme deixar Atlético Para voltar a vencer fora ...
De virada, Am√©rica-MG vence o Atl√©tico-MG e leva a Ta√ßa BH de Futebol J√ļnior O América-MG é o campeão da 30ª edição da Taça BH de Futebol Júnior. De virada, o Coelho, comandado pelo ex-goleiro Milagres, derrotou o Atlético-MG, por 3 a 2, na noite deste sábado, na Arena Independência, levando a competição pela segunda ...
Am√©rica-MG empata com Sampaio Corr√™a e fica no G4 O América-MG conseguiu segurar a pressão do Sampaio Corrêa e terminar o primeiro turno no G4, a zona de acesso, da Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, pela 19.ª rodada, o time mineiro tomou duas bolas na trave e empatou sem gols, no ...
Atl√©tico-MG renova com Pierre e tenta acordo para manter Guilherme Além do trabalho constante para reforçar a equipe, o Atlético-MG tem se esforçado para não perder jogadores. A diretoria do clube acertou a renovação de contrato do volante Pierre, que agora vai até o fim de 2015. O vínculo anterior do atleta ...
Corinthians presta solidariedade a Aranha; Kalil ironiza torcedora gremista o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil também se pronunciou sobre o caso no Twitter. Ele chamou o caso de 'bobagem' e ironizou a torcedora que foi filmada chamando Aranha de 'macaco': “Feia para c…'' Que bobagem, uma babaca feia pra caralho ...
Mais Humilde do que Nunca. E o Atlético-MG se conseguir entrar no G4 ou se aproximar muito do G4 ... Times menores a caçamba do caralho a quatro. Tanto Grêmio quanto Cruzeiro conquistaram suas CB na raça, na vontade e contra tudo, fazendo suas casas segurarem marcadores a ...
Zine √© Compromisso: Arthur Dantas, do Velotrol Sempre fui muito gregário e transitei em diferentes rodas, era curioso pra caralho - até hoje sou ... Você fez parte de um coletivo chamado União Libertária de Minas Gerais? Você estava junto com o Tiago Mesquita quando ele foi preso? ÔĽŅ
Atlético-MG tenta superar síndrome de 'Robin Hood' para chegar ao G-4 Levir Culpi vê potencial para Atlético-MG brigar pelo título brasileiro Atlético-MG encerra preparação em Curitiba com Marion e Pedro Botelho Impasse sobre tempo do novo contrato pode fazer Guilherme deixar Atlético Para voltar a vencer fora ...
300x250 Am√©rica-MG empata com Sampaio Corr√™a e dorme l√≠der da S√©rie B Resultado na 19ª rodada leva clube aos 33 pontos, soma que pode ser superada por Vasco e Ceará, que ainda não jogaram O América-MG conseguiu segurar a pressão do Sampaio Corrêa e terminar o primeiro turno na liderança do G-4, a zona de acesso ...
Pol√≠cia Civil apreende maconha e coca√≠na ap√≥s opera√ß√£o em Ub√°, MG Mais de três quilos de maconha foram apreendidas nesta sexta-feira (29) em Ubá, pela equipe da Delegacia Especializada de Investigaçã o Antidrogas e Homicídios. A operação de combate ao tráfico aconteceu no Bairro Corte Grande após mais de um mês ...
Am√©rica-MG corre o risco de perder 21 pontos na S√©rie B Clube usou irregularmente o lateral Eduardo, que já atuou em outros dois times neste ano, e por isso, também pode defender um terceiro Caminhando a passos largos rumo ao retorno à elite do Campeonato Brasileiro, o América-MG poderá perder 21 pontos na ...
MG participa de congresso mineiro dos corretores O Clube de Seguros de Pessoas de Minas Gerais (CSP-MG) participou do 8º Congresso Estadual de Corretores de Seguros de Minas Gerais, realizado de 21 a 23 de agosto, no Tauá Resort, há 50 km de Belo Horizonte. Compareceram o presidente da entidade ...
300x250
CARAI MG tspan:3m CARAI MG
Selecionamos as principais not√≠cias da cidade de CARAI MG. Os acontecimentos pol√≠ticos, acidentes de tr√Ęnsito nas rodovias, fatos do centro, dos bairros e do interior. Pesquisamos tamb√©m os jornais locais e as redes sociais, bem como o site da prefeitura.

O trabalho jornal√≠stico consiste em capta√ß√£o e tratamento escrito, oral, visual ou gr√°fico, da informa√ß√£o em qualquer uma de suas formas e variedades. O trabalho √© normalmente dividido em quatro etapas distintas, cada qual com suas fun√ß√Ķes e particularidades: pauta, apura√ß√£o, reda√ß√£o e edi√ß√£o.A pauta √© a sele√ß√£o dos assuntos que ser√£o abordados. √Č a etapa de escolha sobre quais ind√≠cios ou sugest√Ķes devem ser considerados para a publica√ß√£o final. A apura√ß√£o √© o processo de averiguar informa√ß√£o em estado bruto (dados, nomes, n√ļmeros etc.). A apura√ß√£o √© feita com documentos e pessoas que fornecem informa√ß√Ķes, chamadas de fontes. A intera√ß√£o de jornalistas com suas fontes envolve freq√ľentemente quest√Ķes de confidencialidade.A reda√ß√£o √© o tratamento das informa√ß√Ķes apuradas em forma de texto verbal. Pode resultar num texto para ser impresso (em jornais, revistas e sites) ou lido em voz alta (no r√°dio, na TV e no cinema). A edi√ß√£o √© a finaliza√ß√£o do material redigido em produto de comunica√ß√£o, hierarquizando e coordenando o conte√ļdo de informa√ß√Ķes na forma final em que ser√° apresentado. Muitas vezes, √© a edi√ß√£o que confere sentido geral √†s informa√ß√Ķes coletadas nas etapas anteriores. No jornalismo impresso (jornais e revistas), a edi√ß√£o consiste em revisar e cortar textos de acordo com o espa√ßo de impress√£o pr√©-definido. A diagrama√ß√£o √© a disposi√ß√£o gr√°fica do conte√ļdo e faz parte da edi√ß√£o de impressos. No radiojornalismo, editar significa cortar e justapor trechos sonoros junto a textos de locu√ß√£o, o que no telejornalismo ganha o adicional da edi√ß√£o de imagens em movimento.

Tags: √öltimas Not√≠cias, CARAI MG, Cidade, Interior, Segunda, Ter√ßa, Quarta, Quinta, Sexta, S√°bado, Domingo, Carro, Elei√ß√Ķes, Crime, Estrada, Rodovia, Acesso, Greve, Elei√ß√Ķes, Festa, Granizo, Chuva, Enchente,Anivers√°rio, Pr√™mio, M√™s, Fim de Semana, Hoje, Ontem, Anteontem, Hora, Pouco Tempo, Agora h√° Pouco, Mulher, Homem, Fam√≠lia, Crian√ßa, Portal,Pessoas, Como saber, Onde eu Acho, Site, Blog, Di√°rio,Protesto,Inaugura√ß√£o, Cassa√ß√£o, Cassado, Show, Apresenta√ß√£o, Espet√°culo, Fotos, V√≠deos, Imagens, Previs√£o, Caminh√£o, V√≠timas, Situa√ß√£o, Oposi√ß√£o, Elei√ß√Ķes, Enquete, Votos, Apura√ß√£o, Tr√Ęnsito, Opera√ß√£o, PF, Delegacia, Praia, Localidade, Animais, Ver Fotos.

Estrangeiros aumentaram busca pelo Brasil para viagens após a Copa de 2014

Os executivos respons√°veis pelos Escrit√≥rios Brasileiros de Turismo (EBTs) estiveram na sede da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) para apresentar resultados e planejar o trabalho para o restante deste ano, a partir das primeiras impress√Ķes dos pa√≠ses onde est√£o instalados e a identifica√ß√£o do perfil dos mercados, os executivos, ap√≥s a realiza√ß√£o da Copa do Mundo 2014.

Segundo a chefe de gabinete do Instituto, Kátia Bitencourt, o trabalho desenvolvido pelos profissionais nos mercados que atuam foi fundamental para a Embratur obter dados da demanda turística após a realização do Mundial.

¬ďO Brasil ganhou 1 milh√£o de estrangeiros no per√≠odo da Copa, um n√ļmero expressivo que ajudou na divulga√ß√£o do Pa√≠s como sede de grandes eventos. Os consultores reportaram o grande interesse pela comercializa√ß√£o do Brasil ap√≥s a megaexposi√ß√£o que o Mundial gerou nos mercados onde est√£o instalados¬Ē, destacou K√°tia, que participou do encerramento do encontro com os profissionais das Am√©ricas.

Durante os eventos, os consultores destacaram as tend√™ncias e as oportunidades nos mercados onde operam e refor√ßaram o aumento nas solicita√ß√Ķes de comunica√ß√Ķes por novos destinos devido √† grande exposi√ß√£o do Pa√≠s no periodo de a Copa do Mundo. Com as comunica√ß√Ķes, a Embratur est√° trabalhando para a manuten√ß√£o do fluxo tur√≠stico ap√≥s o mundial de futebol, focando suas a√ß√Ķes na diversifica√ß√£o de destinos e na inclus√£o do Brasil em operadores que ainda n√£o ofertam o Pa√≠s.

¬ďIsso demonstra que o trade tur√≠stico est√° atendendo a forte demanda do p√ļblico final interessado em visitar o Brasil ap√≥s o grande evento¬Ē, informou a chefe de gabinete. Para o segundo semestre, j√° se planejou uma agenda intensa de capacita√ß√£o da rede de distribui√ß√£o dos maiores operadores internacionais, assim como a continuidade de a√ß√Ķes de inclus√£o de destinos brasileiros em cat√°logos desses profissionais. ¬ďA Embratur entende que cada mercado de atua√ß√£o se comporta de forma distinta. Com os dados demonstrados, o Instituto ir√° trabalhar a estrat√©gia de atua√ß√£o nos mercados para atender as demandas espec√≠ficas¬Ē, finalizou.

A reuni√£o contou com a presen√ßa dos consultores da Am√©rica do Norte I, com base em Nova York; Am√©rica do Norte II, sediado em Los Angeles; Am√©rica do Norte III, fixado em Chicago; Am√©rica do Sul I, com base em Buenos Aires, que atende Argentina, Uruguai e Chile; Am√©rica do Sul II, com base em Lima, respons√°vel pela Col√īmbia, Peru, Bol√≠via, Paraguai, Equador e Venezuela. Os respons√°veis pelos escrit√≥rios na Espanha, It√°lia e Portugal tamb√©m estiveram reunidos no Instituto.

Aumento de voos entre junho e julho

De acordo com levantamento realizado pela Embratur, o n√ļmero de voos estrangeiros para o Brasil aumentou 14% em junho e julho de 2014, na compara√ß√£o com igual per√≠odo do ano passado. Por regi√£o, o maior crescimento foi registrado nos voos com origem na Am√©rica Latina, com alta de 20% - passaram de 1.226 para 1.472 voos no per√≠odo.

¬ďO aumento do n√ļmero de voos em pa√≠ses vizinhos refor√ßa nossa estrat√©gia de investir no turismo intrarregional para elevar o receptivo de visitantes internacionais do Brasil a um novo patamar¬Ē, comemorou o presidente do Instituto, Vicente Neto, que participou da abertura do encontro com executivos da Europa, promovido no √ļltimo dia 4, na sede da Embratur.

Neto destacou que o Instituto est√° em fase de planejamento de novas a√ß√Ķes. ¬ďEntramos em um novo ciclo, com desafios diferentes, e queremos permanecer contribuindo para que o turismo internacional cres√ßa de forma sustent√°vel, atingindo assim a meta dos 10 milh√Ķes de visitantes estrangeiros em 2020, e a atua√ß√£o de voc√™s, executivos dos Escrit√≥rios Brasileiros de Turismo, √© fundamental para esse alcance¬Ē, disse. Segundo ele, uma nova campanha publicit√°ria dever√° ser lan√ßada e novos eventos exclusivos sobre o Brasil, com foco nas Olimp√≠adas de 2016, tamb√©m est√£o previstos para este semestre.

Os EBTs

Os Escritórios Brasileiros de Turismo (EBTs) são unidades avançadas de promoção, marketing e apoio à comercialização de produtos, serviços e destinos turísticos brasileiros no mercado internacional. Têm como principal atribuição promover e divulgar o turismo brasileiro nos mercados-alvo, oferecendo alternativas que contribuam para a consolidação da imagem do País como um destino turístico atraente e competitivo.

O Minist√©rio do Turismo, por meio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), iniciou essa pol√≠tica em janeiro de 2004 com a instala√ß√£o do EBT Portugal. De l√° para c√°, os EBTs conquistaram a confian√ßa tanto dos mercados em que atuam quanto dos √≥rg√£os oficiais e das empresas brasileiras do setor. O planejamento das atividades dos EBTs √© focado na parceria e no relacionamento com os principais agentes econ√īmicos respons√°veis pelo turismo emissivo em cada pa√≠s, dentre eles operadores e agentes de viagens, companhias a√©reas, formadores de opini√£o e entidades de classe.

[17]


Como fazer para registrar um boletim de ocorrência em Minas?

1. O que é a Delegacia Virtual?

A Delegacia Virtual √© um servi√ßo de solicita√ß√£o de registros de ocorr√™ncia disponibilizado ao cidad√£o pela internet.  

2. Quais são os tipos de ocorrências cujo registro pode ser solicitado pela Delegacia Virtual?

Atualmente √© poss√≠vel solicitar o registro de ocorr√™ncia para a natureza de Acidente de Tr√Ęnsito Sem V√≠tima e Perda de Documentos e Objetos Pessoais. Em breve tamb√©m ser√£o disponibilizadas as seguintes naturezas: Pessoa Localizada, Pessoa Desaparecida e Danos.  

3. O que é preciso para solicitar um registro de ocorrência pela Delegacia Virtual?

Para solicitar um registro de ocorr√™ncia pela Delegacia Virtual √© preciso, no m√≠nimo, fornecer as seguintes informa√ß√Ķes do solicitante: Nome Completo, Documento de Identidade, Passaporte ou RNE, Data De Nascimento, Escolaridade, Sexo, Estado Civil, Nacionalidade, Endere√ßo Completo, Telefone Celular e E-mail. Os demais dados solicitados v√£o depender do tipo da ocorr√™ncia.  

4. A solicitação de registro pela Delegacia Virtual tem o mesmo valor que o registro feito presencialmente em uma Unidade Policial?

Sim. A sua solicita√ß√£o ser√° analisada por uma equipe da Delegacia Virtual e, assim que for validada, torna-se um Boletim de Ocorr√™ncia e possui o mesmo valor que um registro realizado presencialmente em uma Unidade Policial.  

5. Por que é necessário informar o e-mail e telefone celular para solicitar um registro de ocorrência na Delegacia Virtual?

√Č necess√°rio fornecer um e-mail e telefone celular para confirmar a autoria do registro ap√≥s a valida√ß√£o de preenchimento das informa√ß√Ķes da Solicita√ß√£o de Registro de Ocorr√™ncia, visando evitar fraudes.  

6. Como fazer uma solicitação de registro por meio da Delegacia Virtual?

A solicita√ß√£o de registro deve ser iniciada pela escolha do tipo da ocorr√™ncia na p√°gina inicial da Delegacia Virtual. Os procedimentos de registro de informa√ß√Ķes pessoais e da ocorr√™ncia buscam ser de f√°cil compreens√£o. Ser√° disponibilizado ainda um manual passo a passo¬†clicando aqui.  

7. Em qual horário posso solicitar o registro de uma ocorrência na Delegacia Virtual?

A solicita√ß√£o pode ser realizada na Delegacia Virtual, pela internet, 24 horas por dia.  

8. A solicitação de registro de ocorrência pela Delegacia Virtual pode não ser validada?

Caso a equipe da Delegacia Virtual verifique que os dados informados n√£o conferem com as informa√ß√Ķes cadastradas nos sistemas de informa√ß√Ķes policiais ou se as informa√ß√Ķes sobre a natureza da ocorr√™ncia solicitada n√£o forem compat√≠veis para atendimento na Delegacia Virtual, a solicita√ß√£o n√£o ser√° validada, portanto n√£o haver√° o registro da ocorr√™ncia. Nestas situa√ß√Ķes o Solicitante dever√° verificar as pend√™ncias para que o registro possa ser confirmado.  

9. Outras naturezas de registros tais como furto ou roubo, podem ser registradas na Delegacia Virtual?

N√£o. Estes registros dever√£o ser realizados junto √†s Unidades Policias Civil e Militar, indicadas no portal da Delegacia Virtual.  

10. √Č poss√≠vel fazer uma den√ļncia an√īnima no site da Delegacia Virtual?

N√£o. As den√ļncias an√īnimas dever√£o ser comunicadas atrav√©s do Disque Den√ļncia, pelo telefone 181. Se voc√™ tem conhecimento de algum crime que esteja sendo praticado e que ainda n√£o foi denunciado, fa√ßa a sua parte, denuncie.  

11. Menores de 18 anos podem solicitar um registro de ocorrência pela Delegacia Virtual?

N√£o. Para solicitar um registro de ocorr√™ncia, √© obrigat√≥rio que o solicitante seja maior de 18 anos de idade. Caso o fato tenha ocorrido com um menor de 18 anos, √© preciso que o respons√°vel legal fa√ßa o registro.  

12. √Č poss√≠vel um terceiro, parente, amigo ou interessado solicitar o registro de uma ocorr√™ncia via Delegacia Virtual?

N√£o. A Solicita√ß√£o de Ocorr√™ncia dever ser feita pelo pr√≥prio solicitante ou seu representante legal.  

13. Posso alterar a minha solicitação de registro criada na Delegacia Virtual após tê-la finalizado no sistema?

Sim, caso a solicita√ß√£o ainda n√£o tenha sido validada pela equipe da Delegacia Virtual, o solicitante poder√° alter√°-la. √Č poss√≠vel verificar a situa√ß√£o da solicita√ß√£o por meio da consulta do¬†link  

14. Ao finalizar a solicitação de registro, posso imprimir o Boletim de Ocorrência?

A impress√£o do Boletim Eletr√īnico de Ocorr√™ncia/REDS - Registro de Evento de Defesa Social somente poder√° ser realizada ap√≥s sua valida√ß√£o pela equipe da Delegacia Virtual, que comunicar√° o solicitante pelo e-mail informado durante a solicita√ß√£o do registro. √Č poss√≠vel verificar a situa√ß√£o da solicita√ß√£o por meio da consulta do link (adicionar link).  

15. Em quanto tempo estar√° pronto o meu Boletim Eletr√īnico de Ocorr√™ncia ou REDS - Registro de Evento de Defesa Social?

Assim que a solicita√ß√£o de registro de Boletim de Ocorr√™ncia for validada, ser√° enviado um e-mail informando sua disponibiliza√ß√£o.  

16. Em caso de não recebimento da validação da solicitação de registro da ocorrência via email, como devo proceder?

Primeiramente, verifique em seu email se a mensagem n√£o foi direcionada como lixo eletr√īnico ou "spam". Caso n√£o tenha sido, entre em contato com a equipe da Delegacia Virtual pela op√ß√£o¬†"Fale Conosco"¬†e relate o problema.  

17. Que tipo de acidente de tr√Ęnsito pode ser registrado na Delegacia Virtual?

Na Delegacia Virtual, somente √© poss√≠vel registrar acidentes de tr√Ęnsito sem v√≠timas. As demais ocorr√™ncias que envolverem v√≠timas, ainda que seja o pr√≥prio condutor, dever√£o ser realizadas em uma unidade da Pol√≠cia Civil ou da Pol√≠cia Militar.  

18. Não possuo ou perdi meu telefone celular. Para criar uma solicitação de registro na Delegacia Virtual, como proceder?

Voc√™ deve fornecer o celular, preferencialmente, de uma pessoa com quem conviva, ou de uma pessoa pr√≥xima que possa receber o SMS e informar o c√≥digo de verifica√ß√£o (token) recebido.  

19. Qual a diferença entre a Solicitação de Registro de Ocorrência e o Boletim de Ocorrência?

A Solicita√ß√£o de Registro de Ocorr√™ncia precede o Boletim de Ocorr√™ncia e ainda n√£o possui validade legal. Ap√≥s a an√°lise e valida√ß√£o pela equipe da Delegacia Virtual, a solicita√ß√£o se torna um Boletim de Ocorr√™ncia e passa a ter a mesma validade de um registro realizado em uma Unidade Policial.  

20. Recebi um e-mail de validação da minha Solicitação de Ocorrência, com a qual eu não concordo ou fui mal entendido. Como proceder?

Nesses casos, compare√ßa a uma Unidade Policial com o n√ļmero de protocolo da Solicita√ß√£o de Ocorr√™ncia em quest√£o.  

21. Fiz a Solicitação de ocorrência na Delegacia Virtual, mas também pretendo fazê-lo na Unidade Física. Isso é possível?

A Delegacia Virtual √© uma alternativa de solicita√ß√£o de registro, n√£o h√° necessidade de buscar uma Delegacia F√≠sica para o registro da ocorr√™ncia, pois esta ser√° disponibilizada via e-mail ao solicitante.  

22. Não quero abrir uma Solicitação de Ocorrência na Delegacia Virtual. Posso ir a uma Unidade Policial?

Sim. O Portal da Delegacia Virtual disponibiliza uma lista com as unidades policiais de cada cidade, caso o cidad√£o opte por fazer o relato presencial.  

23. Sou de outro estado ou de outro país. Posso abrir uma Solicitação de Ocorrência na Delegacia Virtual de Minas Gerais?

Sim, desde que o fato a ser registrado tenha acontecido no Estado de Minas Gerais e o solicitante tenha os dados necess√°rios para efetuar a solicita√ß√£o.  

24. Desejo dar uma sugest√£o, fazer uma cr√≠tica ou retirar uma d√ļvida sobre a Delegacia Virtual, como proceder?

Entre em contato com a equipe da Delegacia Virtual pela op√ß√£o¬†"Fale Conosco"¬†e registre a d√ļvida, cr√≠tica ou sugest√£o.  

25. Perdi meu Protocolo de Solicitação de Ocorrência. Como consultá-la?

As Solicita√ß√Ķes de Ocorr√™ncia podem ser consultadas fornecendo as seguintes informa√ß√Ķes: Data de Solicita√ß√£o, RG, CPF, Nome da M√£e e Telefone Celular. A mensagem √© reenviada ao e-mail cadastrado no Registro de Dados Pessoais e a Chave de Acesso √© gerada novamente.  

26. Recebi um e-mail da Delegacia Virtual e n√£o fiz nenhum registro. √Č v√≠rus?

Primeiramente, certifique-se que o e-mail recebido √© de fato da Delegacia Virtual (o √ļnico e-mail de contato que utilizamos √© o contato@delegaciavirtual.mg.gov.br). Se n√£o for este o caso, √© poss√≠vel que algu√©m tenha usado seu endere√ßo de e-mail para registro. Colabore e nos avise atrav√©s da op√ß√£o¬†"Fale Conosco".  

27. Quero registrar um Acidente de Tr√Ęnsito Sem V√≠tima com mais de um envolvido, por√©m n√£o tenho as informa√ß√Ķes do outro condutor ou do outro ve√≠culo. Como proceder?

Caso o outro envolvido tenha evadido do local sem prestar esclarecimentos, nem prover informa√ß√Ķes para o registro da ocorr√™ncia, √© necess√°rio que o registro seja efetuado presencialmente em uma Unidade Policial.  

28. Perdi meu animal de estimação. Posso registrá-lo como desaparecido?

N√£o. O registro disponibilizado na Delegacia Virtual √© apenas para Pessoas Desaparecidas.  
[18]

Revise estes importantes conselhos de segurança para quem tem CRIANÇAS:

Crianças Para os Pais 1 - Nos passeios manter-se atento e não descuidar das crianças;

2 - Procurar conversar todos os dias com os filhos, observar a roupa que vestem e se apresentam comportamento diferente;

3 - Procurar conhecer todos os amigos do seu filho, onde moram e com quem moram;

4 - Acompanhá-los a escola, na ida e na volta, e avisar o responsável da escola quem ira retirar a criança;

5 - Colocar na crian√ßa bilhetes ou cart√Ķes de identifica√ß√£o com nome da crian√ßa e dos pais, endere√ßo e telefone;

orientar a crian√ßa quanto ao uso do cart√£o telef√īnico, bem como fazer chamadas a cobrar para pelo menos tr√™s n√ļmeros de parentes, e avis√°-los desta orienta√ß√£o;

6 - N√£o deixar as crian√ßas com pessoas desconhecidas, nem que seja por um breve per√≠odo de tempo, pois muitos casos de desaparecimento ocorrem nestas circunst√Ęncias;

7 - Fazer o mais cedo o possível a carteira de identidade no Instituto de Identificação do Paraná;

8 - Manter em local seguro, trancado e distante do alcance das crianças arma de fogo, facas, qualquer objeto ou produto que possa colocar a vida delas ou outras pessoas em risco;

9 - Orientar as crianças a não se afastar dos pais e fiscalizá-las constantemente;

10- Ensin√°-las a sempre que estiverem em dificuldade a procurar uma viatura policial, ou um policial fardado (PM ou Guarda Municipal), e pedir ajuda;

11- Evitar lugares com aglomeração de pessoas;

12- Perdendo a criança de vista, pedir imediatamente ajuda a populares para auxiliar nas buscas e avisar a polícia. Meu filho desapareceu, o que devo fazer? 1 - Em primeiro lugar, manter a calma;

2 - Caso esteja sozinho, peça auxílio para que acionem imediatamente a polícia. Não existe prazo para comunicar o desaparecimento, faça-o imediatamente;

3 - Manter algu√©m no local onde a crian√ßa foi vista pela √ļltima vez, pois ele poder√° retornar ao local;

4 - Deixar algu√©m no telefone indicado no cart√£o de identifica√ß√£o da crian√ßa, at√© para centralizar informa√ß√Ķes;

5 - Avisar amigos e parentes, o mais rápido possível, principalmente os de endereço conhecido da criança, para onde ela possa se dirigir;

6 - Percorrer os locais de preferência da criança;

7 - Ter sempre a mão foto da criança;

8 - Ter em mente a vestimenta da criança para descrevê-la, procurando vesti-la com roupas detalhadas, de fácil visualização e identificação (cores berrantes, desenhos, etc...). Motivos 1 - Castigos excessivos e exagerados, desproporcionais ao fato. Ex: a criança comete uma pequena falta e leva uma surra;

2 - Repress√£o excessiva, excesso de controle;

3 - Desleixo dos pais, a criança sente-se rejeitada e desprezada e foge para chamar a atenção;

4 - Muitas das fugas do lar têm por motivos o mau desempenho escolar, as responsabilidades domésticas que são atribuídas a elas e até mesmo pequenos ofícios, como venda de doces e salgados;

5- O espírito aventureiro também é um dos grandes responsáveis pela fuga de crianças. Nunca elogie demais seus filhos, afirmando que eles são bastante espertos, pois isto lhes proporciona uma falsa sensação de segurança e auto-afirmação;

6 - Fique atento à mudança de comportamento de seu filho, pois isto pode indicar que o mesmo poderá fugir de casa;

7 - Uma boa conversa com seu filho, pode livrar voc√™ de momentos de ang√ļstia e desespero. [12]

Com o objetivo de aumentar o acesso da população brasileira ao sistema de transporte aéreo brasileiro, foi criado o Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional (Pdar)

. A Medida Provisória 652 foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (28) e vai atender aeroportos regionais de pequeno ou médio porte.

O programa deve elevar o n√ļmero de frequ√™ncias das rotas regionais operadas regularmente e aumentar o n√ļmero de cidades e rotas atendidas por transporte a√©reo regular de passageiros. A ideia √© facilitar o acesso a regi√Ķes com potencial tur√≠stico.

Segundo um estudo feito pelo Tribunal de Contas da Uni√£o (TCU) em 2012, o desenvolvimento da avia√ß√£o regional representa um importante fator para diminui√ß√£o das desigualdades no Brasil, j√° que contribui com a inclus√£o econ√īmica e social da popula√ß√£o atendida e ajuda na integra√ß√£o de localidades remotas por meio a√©reo.

A pesquisa apontou que um dos principais entraves da avia√ß√£o regional √© a dificuldade de diluir os custos entre o limitado n√ļmero de passageiros, especialmente em locais com menor renda. Nessas cidades, a divis√£o dos gastos deixa os pre√ßos das passagens muito mais caro.

A MP autoriza a Uni√£o a conceder subven√ß√£o econ√īmica nos servi√ßos oferecidos pelos aeroportos regionais, como o pagamento dos custos relativos √†s tarifas aeroportu√°rias e de navega√ß√£o a√©rea em aeroportos regionais. A uni√£o poder√° tamb√©m intervir no pagamento de parte dos custos de voos em rotas regionais e no pagamento dos custos correspondentes ao Adicional de Tarifa Aeroportu√°ria.

As empresas interessadas em aderir ao programa deverão assinar contrato com a União, que conterá as cláusulas mínimas previstas no regulamento. Para a habilitação ao programa, será exigida dos interessados documentação relativa à regularidade jurídica e fiscal.

O pagamento da subven√ß√£o econ√īmica ser√° efetuado mediante a utiliza√ß√£o de recursos do Fundo Nacional de Avia√ß√£o Civil, alocados nos or√ßamentos da Uni√£o, observada a dota√ß√£o or√ßament√°ria destinada a essa finalidade.

Regulamentação

A regulariza√ß√£o do programa ser√° de responsabilidade do Poder Executivo, especialmente em rela√ß√£o √†s condi√ß√Ķes gerais para concess√£o da subven√ß√£o e aos crit√©rios de aloca√ß√£o dos recursos disponibilizados. O executivo ficar√° respons√°vel ainda pelos crit√©rios complementares de distribui√ß√£o dos recursos e √†s condi√ß√Ķes operacionais para pagamento e controle da subven√ß√£o.

- See more at: http://www.noticiasdacidade.org/noticias/prefeito-Betim-MG#sthash.yCxrqsEo.dpuf [6]

CARAI MG tspan:3m CARAI MG

E o cadastramento escolar deste ano?

O cadastro escolar é realizado anualmente pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), em conjunto com as prefeituras municipais. Devem se inscrever crianças com seis anos completos ou a completar até 30 de junho do ano em que vão começar a estudar, candidatos às vagas nos demais anos do ensino fundamental que estão se transferindo de outros Estados, municípios ou escolas particulares e, ainda, alunos que vão retomar seus estudos.

Em 2014, a inscrição para o Cadastro Escolar será realizada no período de 21/07/2014 a 25/07/2014, nas agências dos Correios em Belo Horizonte e nos Postos de Inscrição definidos pela Comissão Municipal de Cadastramento, nas cidades do interior. Os documentos necessários ao cadastramento estão listados abaixo. Os alunos já matriculados no ensino fundamental de escolas públicas não precisam se cadastrar.

Documentos necessários: Certidão de nascimento (original e cópia); Conta de luz recente (original e cópia); Comprovante de escolaridade, em caso de transferência para a rede pública ou retorno aos estudos. Valor: Gratuito


Já pensou em fazer carreira militar?

As Forças Armadas Brasileiras não são compostas apenas por militares originários do serviço militar obrigatório. É possível ingressar no Exército, Marinha ou Aeronáutica e seguir carreira nos níveis escolares fundamental, médio ou superior e em diversas áreas de atuação, como medicina, comunicação e engenharia, entre outras.

Cada uma das Forças Armadas possui peculiaridades no processo de seleção, porém, homens e mulheres têm a possibilidade de ingressar no serviço militar a partir da adolescência, mediante aprovação em concurso público, de âmbito nacional, em alguma das Escolas de Formação específicas de cada Força.

A situação do jovem que presta o serviço militar obrigatório, cumprindo o que determina a Lei do Serviço Militar, é diferente da situação do jovem que se inscreve para prestar concurso para uma das Escolas da Força. O primeiro, por força da lei, permanece em alguma das Forças Armadas por um período temporário de no máximo oito anos, diferentemente do jovem aprovado em concurso, que poderá seguir a carreira das Armas e permanecerá na Força até passar para a Reserva Remunerada (uma espécie de aposentadoria militar).



*noticiasdeminas.net - todos os direitos reservados.