BLOG DE NOTICIAS DE AGUA BOA

Notícias e Assuntos de Interesse da Cidade


Moradores realizam ritual de f√© para atrair chuva em Guiricema, MG Os pastos e algumas minas estão secos, e, com isso, o rebanho sofre com a falta d'água. Mas na Comunidade de Vilas Boas uma tradição antiga é preservada por uma moradora: jogar água na cruz e rezar para pedir chuva. Um grupo de crianças, durante ...
Moacir J√ļnior n√£o √© mais t√©cnico do Am√©rica e acabou demitido do comando A derrota do América diante do Boa Esporte, por 2 a 0, neste sábado, foi a gota d'água para a diretoria do clube em relação à continuidade do trabalho de Moacir Júnior. Depois da partida disputada no Independência ...

Últimas notícias de AGUA BOA MG:

ÔĽŅ Ap√≥s derrota contra o Boa, Moacir J√ļnior √© demitido do Am√©rica-MG BELO HORIZONTE - O técnico Moacir Júnior não resistiu a mais uma derrota do América-MG, e perdeu o emprego ... A gota de água foi à atitude do time, que tomou um gol logo no início do duelo contra o Boa Esporte e não conseguiu reagir, e ainda ...
Cantareira s√≥ tem 9,5% de √°gua para abastecer Grande S√£o Paulo e interior. O tempo seco dos últimos dias na Região Sudeste manteve o movimento de baixa gradual do nível das águas do Sistema Cantareira ... Entre essas nascentes estão as que ficam no sul de Minas Gerais e deságuam nos rios Jaguari e Jacareí, passando ...

Codau diz que h√° possibilidade de racionamento de √°gua em Uberaba “Todos deveriam fazer o mesmo. Os rios estão secando, a água está acabando e todos deveriam seguir o bom exemplo de não desperdiçar” , disse. Ela faz um apelo à população para que a água não chegue a faltar. “Pelo amor de Deus, vamos economiza
Wilson Dias enche os olhos d‚Äô√°gua quando canta as belezas do sert√£o de MG O violeiro e compositor Wilson Dias, aniversariante de setembro, reforça uma característica que historicamente se verifica em Minas Gerais: o de ser um estado ... à nação gente que pode ser muito boa quando faz música, literatura, pintura, escultura ...
T√©cnicos vistoriam qualidade da √°gua na Bahia A equipe técnica do Programa de acesso à água de boa qualidade para o consumo humano ... Abrange os nove estados do Nordeste e Minas Gerais e já beneficiou, até agora, mais de 100 mil pessoas. O programa prioriza as regiões em situações mais ...

Tempo e Temperatura:

Cantareira s√≥ tem 9,5% de √°gua para abastecer Grande S√£o Paulo e interior. O tempo seco dos últimos dias na Região Sudeste manteve o movimento de baixa gradual do nível das águas do Sistema Cantareira ... Entre essas nascentes estão as que ficam no sul de Minas Gerais e deságuam nos rios Jaguari e Jacareí, passando ...
Codau diz que h√° possibilidade de racionamento de √°gua em Uberaba “Todos deveriam fazer o mesmo. Os rios estão secando, a água está acabando e todos deveriam seguir o bom exemplo de não desperdiçar” , disse. Ela faz um apelo à população para que a água não chegue a faltar. “Pelo amor de Deus, vamos economiza
Pimentel esquenta debate ao governo de Minas com falta d`√°gua em BH Segundo o candidato, a Prefeitura de Pará de Minas abriu licitação para contratação de empresa de água e esgoto. Oito companhias estariam participando da concorrência, o que, para o candidato, é prova de que o serviço é “um bom negócio”.
Liminar obriga prefeitura e Copasa a garantirem fornecimento de √°gua. Uma liminar da Justiça, concedida a pedido do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), obriga o município de Pará de Minas, na região Central do Estado, e a Copasa a garantir o abastecimento regular e contínuo de água potável para a população ...
Moradores realizam ritual de f√© para atrair chuva em Guiricema, MG Os pastos e algumas minas estão secos, e, com isso, o rebanho sofre com a falta d'água. Mas na Comunidade de Vilas Boas uma tradição antiga é preservada por uma moradora: jogar água na cruz e rezar para pedir chuva. Um grupo de crianças, durante ...
Moacir J√ļnior n√£o √© mais t√©cnico do Am√©rica e acabou demitido do comando A derrota do América diante do Boa Esporte, por 2 a 0, neste sábado, foi a gota d'água para a diretoria do clube em relação à continuidade do trabalho de Moacir Júnior. Depois da partida disputada no Independência ...
Ap√≥s derrota contra o Boa, Moacir J√ļnior √© demitido do Am√©rica-MG BELO HORIZONTE - O técnico Moacir Júnior não resistiu a mais uma derrota do América-MG, e perdeu o emprego ... A gota de água foi à atitude do time, que tomou um gol logo no início do duelo contra o Boa Esporte e não conseguiu reagir, e ainda ...
Cantareira s√≥ tem 9,5% de √°gua para abastecer Grande S√£o Paulo e interior. O tempo seco dos últimos dias na Região Sudeste manteve o movimento de baixa gradual do nível das águas do Sistema Cantareira ... Entre essas nascentes estão as que ficam no sul de Minas Gerais e deságuam nos rios Jaguari e Jacareí, passando ...
Produtores de √Āgua Boa (MT) e regi√£o recebem amanh√£ (3) orienta√ß√£o gratuita sobre nematoides na soja O evento será em Água Boa (MT) nesta quarta-feira (3), às 19h ... Encontros Gratuitos em outros Estados Outros Estados também recebem o mesmo evento como Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Bahia e Rio Grande do Sul, entre julho ... ÔĽŅ
Jogadores do Atl√©tico-MG lamentam empate com o Gr√™mio no Horto O empate sem gols com o Grêmio não foi comemorado pelos atleticanos. Para eles, empatar jogando em casa não pode ser considerado um placar aceitável, mesmo o adversário sendo um concorrente direto na tabela. Os jogadores alvinegros lamentaram as ...
Atl√©tico-MG e Gr√™mio ficam no 0 a 0 em Belo Horizonte Atlético-MG e Grêmio encerraram a 21ª rodada do Brasileirão com uma partida movimentada, mas que terminou sem gols no Estádio Independência, na noite deste domingo, em Belo Horizonte. O resultado não foi bom para nenhuma dos lados. Uma vitória ...
na MG-050 em Passos, MG Um mulher de 23 anos foi atropelada na tarde deste domingo (14) no KM-356 da MG-050, saída de Passos (MG) para Itaú de Minas (MG). Segundo a Polícia Rodoviária, a mulher sofreu escoriações nos braços e nas pernas e foi atendida no pronto-socorro de ...
Cl√°udio Prates assume o Am√©rica-MG na partida contra o Bragantino, em BH O América-MG iniciou na manhã deste domingo a preparação para enfrentar o Bragantino na próxima terça-feira, às 19h30 (de Brasília), na Independência. Antes do treino, o auxiliar técnico Cláudio Prates foi oficializado como técnico interino ...
Brasileir√£o 2014: Atl√©tico-MG x Gr√™mio ao vivo neste domingo (14), pela 21¬™ rodada, em MG Brigando para se aproximar do G4, Atlético Mineiro e Grêmio entram em cena para fechar este fim de semana do Brasileirão. Alvinegros e tricolores estarão em campo em um dos últimos jogos da noite deste domingo (14), pela 21ª rodada do torneio, a 2ª ...
Viaduto que desabou parcialmente na Copa √© implodido em MG Vista do Viaduto Batalha dos Guararapes, na Avenida Pedro I, em Belo Horizonte (MG) (Flávio Tavares/Hoje em Dia/Futura Press) Foi implodida na manhã deste domingo a alça norte do Viaduto Batalha dos Guararapes, na região da Pampulha, em Belo Horizonte.
Atl√©tico-MG e Gr√™mio duelam em busca do G-4 do Brasileir√£o ÁRBITRO: O Árbitro será Jailson Freitas (BA) auxiliado por Alessandro de matos (BA) e Adson Leal. INCIDENCIAS: Atlético-MG x Grêmio se enfrentam em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014 na Árena Independência. Atlético-MG e ...

AGUA BOA MG tspan:3m AGUA BOA MG
Selecionamos as principais not√≠cias da cidade de AGUA BOA MG. Os acontecimentos pol√≠ticos, acidentes de tr√Ęnsito nas rodovias, fatos do centro, dos bairros e do interior. Pesquisamos tamb√©m os jornais locais e as redes sociais, bem como o site da prefeitura.

O trabalho jornal√≠stico consiste em capta√ß√£o e tratamento escrito, oral, visual ou gr√°fico, da informa√ß√£o em qualquer uma de suas formas e variedades. O trabalho √© normalmente dividido em quatro etapas distintas, cada qual com suas fun√ß√Ķes e particularidades: pauta, apura√ß√£o, reda√ß√£o e edi√ß√£o.A pauta √© a sele√ß√£o dos assuntos que ser√£o abordados. √Č a etapa de escolha sobre quais ind√≠cios ou sugest√Ķes devem ser considerados para a publica√ß√£o final. A apura√ß√£o √© o processo de averiguar informa√ß√£o em estado bruto (dados, nomes, n√ļmeros etc.). A apura√ß√£o √© feita com documentos e pessoas que fornecem informa√ß√Ķes, chamadas de fontes. A intera√ß√£o de jornalistas com suas fontes envolve freq√ľentemente quest√Ķes de confidencialidade.A reda√ß√£o √© o tratamento das informa√ß√Ķes apuradas em forma de texto verbal. Pode resultar num texto para ser impresso (em jornais, revistas e sites) ou lido em voz alta (no r√°dio, na TV e no cinema). A edi√ß√£o √© a finaliza√ß√£o do material redigido em produto de comunica√ß√£o, hierarquizando e coordenando o conte√ļdo de informa√ß√Ķes na forma final em que ser√° apresentado. Muitas vezes, √© a edi√ß√£o que confere sentido geral √†s informa√ß√Ķes coletadas nas etapas anteriores. No jornalismo impresso (jornais e revistas), a edi√ß√£o consiste em revisar e cortar textos de acordo com o espa√ßo de impress√£o pr√©-definido. A diagrama√ß√£o √© a disposi√ß√£o gr√°fica do conte√ļdo e faz parte da edi√ß√£o de impressos. No radiojornalismo, editar significa cortar e justapor trechos sonoros junto a textos de locu√ß√£o, o que no telejornalismo ganha o adicional da edi√ß√£o de imagens em movimento.

Tags: √öltimas Not√≠cias, AGUA BOA MG, Cidade, Interior, Segunda, Ter√ßa, Quarta, Quinta, Sexta, S√°bado, Domingo, Carro, Elei√ß√Ķes, Crime, Estrada, Rodovia, Acesso, Greve, Elei√ß√Ķes, Festa, Granizo, Chuva, Enchente,Anivers√°rio, Pr√™mio, M√™s, Fim de Semana, Hoje, Ontem, Anteontem, Hora, Pouco Tempo, Agora h√° Pouco, Mulher, Homem, Fam√≠lia, Crian√ßa, Portal,Pessoas, Como saber, Onde eu Acho, Site, Blog, Di√°rio,Protesto,Inaugura√ß√£o, Cassa√ß√£o, Cassado, Show, Apresenta√ß√£o, Espet√°culo, Fotos, V√≠deos, Imagens, Previs√£o, Caminh√£o, V√≠timas, Situa√ß√£o, Oposi√ß√£o, Elei√ß√Ķes, Enquete, Votos, Apura√ß√£o, Tr√Ęnsito, Opera√ß√£o, PF, Delegacia, Praia, Localidade, Animais, Ver Fotos.

Quem é de Minas tem de conhecer as belezas das Minas Gerais

Estar em Diamantina √© voltar no tempo. Declarada Patrim√īnio cultural da Humanidade pela Unesco, o Centro Hist√≥rico da localidade se desenvolveu por ser uma regi√£o muito rica em ouro e diamantes. Suas ruas e becos √≠ngremes d√£o um ar de romantismo a localidade, que ficou conhecida como a "cidade das serenatas".

Possui, entre os paralelep√≠pedos que decoram toda a localidade, um patrim√īnio arquitet√īnico bastante preservado. As festas religiosas - Festa do Divino e Nossa Senhora do Ros√°rio - tamb√©m s√£o atra√ß√Ķes bastante buscadas.

Atra√ß√Ķes, Artesanato, Gastronomia e Informa√ß√Ķes

Atra√ß√Ķes

Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos Igreja mais antiga de Diamantina, construída por escravos em 1731 para ser a sede da Irmandade dos Pretos. A fachada é em estilo rococó. Praça Dom Joaquim. Terça a sábado, 8h às 12h e 14h às 18h; domingo e feriados, 9h às 12h.

Igreja de São Francisco de Assis Em estilo rococó, com pinturas no forro e talhas adornadas a ouro, foi erguida entre 1766 e 1772. Rua São Francisco de Assis. (interior em reforma, sem previsão de abertura à visitação).

Passadi√ßo Casa da Gl√≥ria O passadi√ßo suspenso que liga os dois casar√Ķes, um de cada lado da rua, √© um dos cart√Ķes-postais da localidade. A passarela foi constru√≠da por volta de 1890 para que freiras e internas do col√©gio vicentino pudessem atravessar a rua protegidas dos olhares alheios. Hoje funciona no local o Instituto de Geologia Eschwege. Rua da Gl√≥ria, 298. Segunda a sexta, 9h √†s 12h e 13h √†s 18h.

Casa de Chica da Silva A imponência da casa mostra o poder alcançado pela ex-escrava que seduziu o homem mais rico da Diamantina colonial, o contratador de diamantes João Fernandes de Oliveira. As janelas têm treliças de madeira que, de acordo com a lenda, permitiam que Chica da Silva enxergasse a rua sem ser percebida. Praça Lobo de Mesquita, 266. Horário de Funcionamento: Terça a Sábado, das 12h às 17h30; Domingo, das 9h às 12h.

Museu da Mem√≥ria do P√£o de Santo Ant√īnio Instalado dentro do Asilo do P√£o de Santo Ant√īnio, √© um museu da imprensa, onde est√£o expostos velhos equipamentos gr√°ficos utilizados para a impress√£o do jornal da localidade, entre outros objetos.

Igreja Nossa Senhora do Carmo Conclu√≠da em 1765, √© a igreja mais rica da localidade, com talha ornada a ouro, pinturas no forro e um √≥rg√£o velho. Teve sua constru√ß√£o financiada por Jo√£o Fernandes de Oliveira, o homem que vivia com a ex-escrava Chica da Silva. A torre fica nos fundos, n√£o na frente do templo, como era usual (diz o folclore local que tal mudan√ßa foi motivada por uma exig√™ncia de Chica da Silva, que n√£o queria ter seu sono perturbado pelo badalar dos sinos). Rua do Carmo, s/ n¬į. Ter√ßa a s√°bado, 8h √†s 12h e 14h √†s 18h; domingo, 8h √†s 12h.

Artesanato

Um dos produtos mais difundidos do artesanato de Diamantina s√£o os tapetes arraiolos, vendidos na Cooperativa Artesanal da localidade. J√≥ias e bonecos de palha tamb√©m se destacam. Na localidade podem ser encontradas, ainda, as famosas cer√Ęmicas do Vale do Jequitinhonha.  

Gastronomia

A gastronomia de Diamantina √© tipicamente mineira, com direito a forno √† lenha em alguns restaurantes da localidade. O destaque vai para o tutu de feij√£o, o frango com quiabo, o angu, o arroz e a couve mineira, e o feij√£o tropeiro. Como n√£o poderia deixar de faltar, cacha√ßa mineira tamb√©m entra no card√°pio, para os que apreciam degustar aguardente para abrir o apetite.  

Informa√ß√Ķes

Secretaria de Turismo
(38) 3531-9527
www.diamantina.mg.gov.br
Central de Turismo
(38) 3531-8060
(38) 3531-9532
Clima:
A localidade est√° situada a uma altitude de 1.280 m, na regi√£o do Alto Rio Jequitinhonha. Possui um clima ameno e esta√ß√Ķes bastante definidas.
Acessos:
Por via rodovi√°ria:
De Belo Horizonte: BRs 040, 135 e 259.
De S√£o Paulo: BRs 381, 040, 135 e 259.
Por via aérea:
A localidade tem um aeroporto regional, que recebe v√īos regulares a partir de Belo Horizonte √†s sextas- feiras e aos domingos.
Dist√Ęncias de Diamantina:
Belo Horizonte: 285 km
S√£o Paulo: 868 km
Melhores √Čpocas
As esta√ß√Ķes n√£o s√£o muito regulares no Vale dos Jequitinhonha, onde est√° localizada Diamantina. Os ver√Ķes s√£o mais chuvosos, notadamente Janeiro, portanto √© preciso verificar a previs√£o antes de acessar as estradas de terra. Por causa das chuvas freq√ľentes, as vesperatas n√£o acontecem entre Novembro e Fevereiro. O calor √© intenso nesta √©poca do ano. No inverno n√£o chega a fazer muito frio. O c√©u fica mais limpo e bonito, √≥timo para belas fotografias. Geralmente as noites s√£o bem agrad√°veis.
[15]


A Central de Atendimento √† Mulher atingiu 532.711 registros no ano passado, totalizando quase 3,6 milh√Ķes de liga√ß√Ķes desde que o servi√ßo foi criado em 2005.

Dados e estatísticas sobre violência contra as mulheres

Gráfico Balanço 2013 Disque 180 relação entre vítima e agressor (SPM-PR)

O ¬†√öltimo Balan√ßo ¬†da Central de Atendimento √† Mulher ¬Ė Disque 180, servi√ßo¬†prestado pela Secretaria de Pol√≠ticas para as Mulheres da Presid√™ncia da Rep√ļblica (SPM-PR),¬†aponta que¬†os autores das agress√Ķes relatadas s√£o, em 81% dos casos, pessoas que t√™m ou tiveram v√≠nculo afetivo com as v√≠timas.

Foi constatada uma queda no total de liga√ß√Ķes em 2013, por falta de uma campanha massiva e esgotamento do sistema frente √† demanda. Do total de 106.860 encaminhamentos para a rede de atendimento, 62% foram direcionados ao sistema de seguran√ßa e justi√ßa.

O levantamento aponta que em 2013 subiu de 50% para 70% o percentual de munic√≠pios de origem das chamadas. Cresceu tamb√©m ¬Ėem 20%¬Ė a porcentagem de mulheres que denunciou a viol√™ncia logo no primeiro epis√≥dio.

Os registros indicam tamb√©m que a viol√™ncia f√≠sica representa 54% dos casos relatados e a psicol√≥gica, 30%. No ano, houve 620 den√ļncias de c√°rcere privado e 340 de tr√°fico de pessoas. Foram registradas ainda 1.151 den√ļncias de viol√™ncia sexual em 2013, o que corresponde √† m√©dia de tr√™s liga√ß√Ķes por dia sobre o tema.¬†Leia mais sobre o Balan√ßo 2013 do Disque 180.

Pesquisa apoiada pela¬†Campanha Compromisso e Atitude, em parceria com a¬†Secretaria de Pol√≠ticas para as Mulheres da Presid√™ncia da Rep√ļblica, revela¬†98% da popula√ß√£o brasileira j√° ouviu falar na Lei Maria da Penha e 70% consideram que a mulher sofre mais viol√™ncia dentro de casa do que em espa√ßos p√ļblicos no Brasil. Saiba mais:¬†Pesquisa Percep√ß√£o da Sociedade sobre Viol√™ncia e Assassinatos de Mulheres (Data Popular/Instituto Patr√≠cia Galv√£o, 2013)

[16]

Quando a oferta é demais, desconfie. Ninguém vai sair pela rua oferecendo dinheiro a troco de nada ou quase nada. A arma do estelionatário é o poder de convencimento, a persuasão. Abaixo, algumas dicas para ficar longe das tentativas de golpistas:



BILHETE PREMIADO: Caso apare√ßa algu√©m com um bilhete de loteria premiado, desconfie. √Č um golpe. O golpista diz que est√° precisando de dinheiro de maneira r√°pida, e, com a ajuda de outras pessoas (tamb√©m estelionat√°rios), enganam a v√≠tima, que por sua vez d√° uma quantia em dinheiro e fica com o suposto bilhete, que de premiado n√£o tem nada.

TORPEDO PREMIADO: A v√≠tima recebe mensagens de celular informando que ganhou um pr√™mio. Ela entra em contato com o n√ļmero e acaba colocando cr√©dito para algum n√ļmero de celular ou mesmo depositando dinheiro em determinada conta. Os estelionat√°rios tamb√©m utilizam nomes de programas de televis√£o para enganar as v√≠timas.

FALSO SEQUESTRO: A v√≠tima recebe uma liga√ß√£o. Do outro lado da linha algu√©m diz que est√° em poder de seu filho e exige dinheiro para libert√°-lo. A pessoa n√£o pode se apavorar, devendo fazer contato com a suposta v√≠tima do sequestro. Outra dica: pe√ßa para o ¬ďsequestrador¬Ē perguntar ao ¬ďsequestrado¬Ē algo que s√≥ ele saiba, como o nome do seu cachorro, o n√ļmero do seu celular, time de futebol preferido.

CARRO QUEBRADO: O estelionat√°rio se passa por parente ou conhecido da v√≠tima, dizendo que est√° com o carro quebrado e que precisa de dinheiro para o guincho ou para pagar o mec√Ęnico. Acreditando que o parente ou conhecido est√° com dificuldades, a v√≠tima realiza o dep√≥sito banc√°rio ou ainda coloca cr√©dito de celular para supostamente realizar contato com a seguradora.

ENVELOPE VAZIO: t√≠pico golpe realizado em transa√ß√Ķes comerciais, como na compra e venda de produtos (por exemplo, carros e celulares). O estelionat√°rio faz a compra de determinado produto, realizando o pagamento via dep√≥sito em um envelope sem o dinheiro. Ele apresenta o suposto comprovante de pagamento, a v√≠tima entrega o produto, descobrindo mais tarde que sofreu um golpe, pois o envelope estava vazio. Dica para n√£o cair neste golpe: confirme junto √† institui√ß√£o financeira se o valor depositado foi devidamente descontado ou se est√° bloqueado. Se estiver bloqueado, trata-se de golpe.

CONFIRMA√á√ÉO DE DADOS: O estelionat√°rio liga para a v√≠tima passando-se por funcion√°rio de determinada empresa, dizendo que precisa que a v√≠tima confirme alguns dados para fins de atualiza√ß√£o do sistema. A v√≠tima passa os dados e o estelionat√°rio os utiliza para transa√ß√Ķes comerciais em nome da v√≠tima. Dica para n√£o cair neste golpe: nunca passe seus dados por telefone.

FALSA CASA DA PRAIA: t√≠pico golpe realizado no final de ano. O estelionat√°rio coloca an√ļncio em algum site, ofertando uma casa para alugar na praia, com fotos e pre√ßo atrativo. A v√≠tima entra em contato com o estelionat√°rio, d√° uma entrada (sinal) e depois o estelionat√°rio some. Para n√£o cair no golpe, n√£o alugue um im√≥vel de quem n√£o √© profissional na √°rea (corretor de im√≥veis).[13]

Comer bem durante a gravidez vai influenciar durante toda a vida do bebê

Alimenta√ß√£o deve ser equilibrada durante a gravidezA alimenta√ß√£o equilibrada √© um h√°bito recomendado para toda a vida. Durante a gesta√ß√£o, a responsabilidade quanto √† alimenta√ß√£o aumenta, uma vez que implica diretamente no perfeito desenvolvimento do feto. As nutricionistas da Coordena√ß√£o T√©cnica de Nutri√ß√£o do Instituto Nacional de Sa√ļde da Mulher, da Crian√ßa e do Adolescente, Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) Daniele Marano, Marcela Knibel e Roseli Costa, explicam como o consumo dos alimentos saud√°veis durante a gravidez influencia a sa√ļde dos beb√™s.

Qual a import√Ęncia de uma boa alimenta√ß√£o na gravidez?

A alimentação adequada ao longo do período gestacional exerce papel determinante sobre os desfechos relacionados à mãe e ao bebê. Contribui para prevenção de uma série de ocorrências negativas, assegura reservas biológicas necessárias ao parto e pós-parto, garante substrato para o período da lactação, como também favorece o ganho de peso adequado de acordo com o estado nutricional pré-gestacional. Ressalta-se que a inadequação do ganho de peso durante a gestação tem sido apontada como fator de risco tanto para a mãe quanto para a criança, contribuindo para a elevação da prevalência de uma série de problemas.

O que n√£o pode faltar no prato?

As refei√ß√Ķes devem contemplar todos os grupos alimentares existentes. A gestante dever√° ingerir vegetais (folhosos e legumes), frutas, carne bovina, frango, f√≠gado (uma vez por semana), ovos e peixes (sardinha, salm√£o, atum, pescada, cavalinha), leguminosas (feij√£o, gr√£o de bico, lentilha, ervilha), cereais (arroz integral, batata, milho, entre outros), azeites (de prefer√™ncia extra virgem), leite e derivados do leite (fora do hor√°rio do almo√ßo e jantar).

As carnes dever√£o ser assadas, grelhadas, ensopadas ou cozidas, evitando as frituras. Recomenda-se n√£o ingerir gordura vegetal hidrogenada, que pode comprometer o crescimento e o desenvolvimento fetal.

Como devem ser distribu√≠das as refei√ß√Ķes ao longo dos dias?

As refei√ß√Ķes devem ser distribu√≠das em seis vezes ao dia: desjejum, cola√ß√£o, almo√ßo, lanche, jantar e ceia. Os intervalos em m√©dia s√£o de tr√™s horas entre uma e outra refei√ß√£o.

Há uma estimativa de quantos quilos a mulher deve engordar durante a gestação?  

O ganho de peso na gesta√ß√£o deve ser suficiente para promover o desenvolvimento fetal completo e tamb√©m para armazenar nutrientes adequados no organismo materno para o aleitamento. Nenhuma mulher deve perder peso durante a gravidez, independente do seu √ćndice de Massa Corporal (IMC) antes de engravidar. O Institute of Medicine (IOM) recomenda as faixas de ganho de peso ideal durante a gesta√ß√£o.

No caso de gesta√ß√£o de feto √ļnico, o ganho de peso (Kg) recomendado √©:

- Gestantes com baixo peso pré-gestacional: 15,0kg (média); - Gestantes com peso adequado pré-gestacional (eutróficas): 12,5Kg (média); - Gestantes com sobrepeso pré-gestacional: 9,0Kg (média); - Gestantes com obesidade pré-gestacional: 7,0Kg (média).

No caso de gesta√ß√£o m√ļltipla (dois ou mais fetos), o ganho de peso tamb√©m depender√° do estado nutricional pr√©-gestacional, podendo variar de 11,0 Kg (obesidade pr√©-gestacional) a 27,9 Kg (baixo peso pr√©-gestacional).

A gestante dever√° ter acompanhamento nutricional no pr√©-natal, para avalia√ß√£o do estado nutricional, detec√ß√£o de poss√≠veis inadequa√ß√Ķes diet√©ticas, desmistifica√ß√£o de mitos e realiza√ß√£o da educa√ß√£o alimentar e nutricional. As consultas devem ser iniciadas, preferencialmente, no primeiro trimestre da gesta√ß√£o.

Algumas mulheres, especialmente com gêmeos, perdem bastante peso durante e após a gestação por causa dos filhos. Nesses casos, é recomendada a utilização de suplementos nutricionais?

Tanto em mulheres com gesta√ß√£o de feto √ļnico quanto nas gravidezes gemelares pode ocorrer diminui√ß√£o de peso devido √†s adapta√ß√Ķes hormonais. A a√ß√£o do estrog√™nio pode causar n√°useas, v√īmitos e anorexia, principalmente, no primeiro trimestre. A perda de peso ap√≥s o parto ocorre, geralmente, em maior intensidade nos primeiros tr√™s meses e naquelas que amamentam exclusivamente. Os suplementos nutricionais s√£o recomendados nas situa√ß√Ķes em que a demanda nutricional n√£o √© atendida por meio da dieta.


Conceitos de Educação Ambiental

   
"Entendem-se por educa√ß√£o ambiental os processos por meio dos quais o indiv√≠duo e a coletividade constroem valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e compet√™ncias voltadas para a conserva√ß√£o do meio ambiente, bem de uso comum do povo, essencial √† sadia qualidade de vida e sua sustentabilidade." Pol√≠tica Nacional de Educa√ß√£o Ambiental - Lei n¬ļ 9795/1999, Art 1¬ļ. ¬ďA Educa√ß√£o Ambiental √© uma dimens√£o da educa√ß√£o, √© atividade intencional da pr√°tica social, que deve imprimir ao desenvolvimento individual um car√°ter social em sua rela√ß√£o com a natureza e com os outros seres humanos, visando potencializar essa atividade humana com a finalidade de torn√°-la plena de pr√°tica social e de √©tica ambiental.¬Ē Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educa√ß√£o Ambiental, Art. 2¬į. ¬ďA educa√ß√£o ambiental √© a a√ß√£o educativa permanente pela qual a comunidade educativa tem a tomada de consci√™ncia de sua realidade global, do tipo de rela√ß√Ķes que os homens estabelecem entre si e com a natureza, dos problemas derivados de ditas rela√ß√Ķes e suas causas profundas. Ela desenvolve, mediante uma pr√°tica que vincula o educando com a comunidade, valores e atitudes que promovem um comportamento dirigido a transforma√ß√£o superadora dessa realidade, tanto em seus aspectos naturais como sociais, desenvolvendo no educando as habilidades e atitudes necess√°rias para dita transforma√ß√£o.¬Ē Confer√™ncia Sub-regional de Educa√ß√£o Ambiental para a Educa√ß√£o Secund√°ria ¬Ė Chosica/Peru (1976) ¬ďA educa√ß√£o ambiental √© um processo de reconhecimento de valores e clarifica√ß√Ķes de conceitos, objetivando o desenvolvimento das habilidades e modificando as atitudes em rela√ß√£o ao meio, para entender e apreciar as inter-rela√ß√Ķes entre os seres humanos, suas culturas e seus meios biof√≠sicos. A educa√ß√£o ambiental tamb√©m est√° relacionada com a pr√°tica das tomadas de decis√Ķes e a √©tica que conduzem para a melhora da qualidade de vida¬Ē Confer√™ncia Intergovernamental de Tbilisi (1977) ¬ďA Educa√ß√£o Ambiental deve proporcionar as condi√ß√Ķes para o desenvolvimento das capacidades necess√°rias; para que grupos sociais, em diferentes contextos socioambientais do pa√≠s, intervenham, de modo qualificado tanto na gest√£o do uso dos recursos ambientais quanto na concep√ß√£o e aplica√ß√£o de decis√Ķes que afetam a qualidade do ambiente, seja f√≠sico-natural ou constru√≠do, ou seja, educa√ß√£o ambiental como instrumento de participa√ß√£o e controle social na gest√£o ambiental p√ļblica.¬Ē QUINTAS, J. S., Salto para o Futuro, 2008 ¬ďA Educa√ß√£o Ambiental nasce como um processo educativo que conduz a um saber ambiental materializado nos valore s√©ticos e nas regras pol√≠ticas de conv√≠vio social e de mercado, que implica a quest√£o distributiva entre benef√≠cios e preju√≠zos da apropria√ß√£o e do uso da natureza. Ela deve, portanto, ser direcionada para a cidadania ativa considerando seu sentido de pertencimento e co-responsabilidade que, por meio da a√ß√£o coletiva e organizada, busca a compreens√£o e a supera√ß√£o das causas estruturais e conjunturais dos problemas ambientais.¬Ē¬† SORRENTINO et all, Educa√ß√£o ambiental como pol√≠tica p√ļblica, 2005 ¬ďA Educa√ß√£o Ambiental, apoiada em uma teoria cr√≠tica que exponha com vigor as contradi√ß√Ķes que est√£o na raiz do modo de produ√ß√£o capitalista, deve incentivar a participa√ß√£o social na forma de uma a√ß√£o pol√≠tica. Como tal, ela deve ser aberta ao di√°logo e ao embate, visando √† explicita√ß√£o das contradi√ß√Ķes te√≥rico-pr√°ticas subjacentes a projetos societ√°rios que est√£o permanentemente em disputa.¬Ē¬† TREIN, E., Salto para o Futuro, 2008 ¬ďA EA deve se configurar como uma luta pol√≠tica, compreendida em seu n√≠vel mais poderoso de transforma√ß√£o: aquela que se revela em uma disputa de posi√ß√Ķes e proposi√ß√Ķes sobre o destino das sociedades, dos territ√≥rios e das desterritorializa√ß√Ķes; que acredita que mais do que conhecimento t√©cnico-cient√≠fico, o saber popular igualmente consegue proporcionar caminhos de participa√ß√£o para a sustentabilidade atrav√©s da transi√ß√£o democr√°tica¬Ē.¬† SATO, M. et all, Insurg√™ncia do grupo-pesquisador na educa√ß√£o ambiental sociopoi√©tica, 2005 ¬ďUm processo educativo eminentemente pol√≠tico, que visa ao desenvolvimento nos educandos de uma consci√™ncia cr√≠tica acerca das institui√ß√Ķes, atores e fatores sociais geradores de riscos e respectivos conflitos socioambientais. Busca uma estrat√©gia pedag√≥gica do enfrentamento de tais conflitos a partir de meios coletivos de exerc√≠cio da cidadania, pautados na cria√ß√£o de demandas por pol√≠ticas p√ļblicas participativas conforme requer a gest√£o ambiental democr√°tica.¬Ē¬† LAYRARGUES; P.P. Crise ambiental e suas implica√ß√Ķes na educa√ß√£o, 2002. "Processo em que se busca despertar a preocupa√ß√£o individual e coletiva para a quest√£o ambiental, garantindo o acesso √† informa√ß√£o em linguagem adequada, contribuindo para o desenvolvimento de uma consci√™ncia cr√≠tica e estimulando o enfrentamento das quest√Ķes ambientais e sociais. Desenvolve-se num contexto de complexidade, procurando trabalhar n√£o apenas a mudan√ßa cultural, mas tamb√©m a transforma√ß√£o social, assumindo a crise ambiental como uma quest√£o √©tica e pol√≠tica." MOUSINHO, P. Gloss√°rio. In: Trigueiro, A. (Coord.) Meio ambiente no s√©culo 21.Rio de Janeiro: Sextante. 2003.
[0]

AGUA BOA MG tspan:3m AGUA BOA MG

E o cadastramento escolar deste ano?

O cadastro escolar é realizado anualmente pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), em conjunto com as prefeituras municipais. Devem se inscrever crianças com seis anos completos ou a completar até 30 de junho do ano em que vão começar a estudar, candidatos às vagas nos demais anos do ensino fundamental que estão se transferindo de outros Estados, municípios ou escolas particulares e, ainda, alunos que vão retomar seus estudos.

Em 2014, a inscrição para o Cadastro Escolar será realizada no período de 21/07/2014 a 25/07/2014, nas agências dos Correios em Belo Horizonte e nos Postos de Inscrição definidos pela Comissão Municipal de Cadastramento, nas cidades do interior. Os documentos necessários ao cadastramento estão listados abaixo. Os alunos já matriculados no ensino fundamental de escolas públicas não precisam se cadastrar.

Documentos necessários: Certidão de nascimento (original e cópia); Conta de luz recente (original e cópia); Comprovante de escolaridade, em caso de transferência para a rede pública ou retorno aos estudos. Valor: Gratuito


Já pensou em fazer carreira militar?

As Forças Armadas Brasileiras não são compostas apenas por militares originários do serviço militar obrigatório. É possível ingressar no Exército, Marinha ou Aeronáutica e seguir carreira nos níveis escolares fundamental, médio ou superior e em diversas áreas de atuação, como medicina, comunicação e engenharia, entre outras.

Cada uma das Forças Armadas possui peculiaridades no processo de seleção, porém, homens e mulheres têm a possibilidade de ingressar no serviço militar a partir da adolescência, mediante aprovação em concurso público, de âmbito nacional, em alguma das Escolas de Formação específicas de cada Força.

A situação do jovem que presta o serviço militar obrigatório, cumprindo o que determina a Lei do Serviço Militar, é diferente da situação do jovem que se inscreve para prestar concurso para uma das Escolas da Força. O primeiro, por força da lei, permanece em alguma das Forças Armadas por um período temporário de no máximo oito anos, diferentemente do jovem aprovado em concurso, que poderá seguir a carreira das Armas e permanecerá na Força até passar para a Reserva Remunerada (uma espécie de aposentadoria militar).



*noticiasdeminas.net - todos os direitos reservados.